DevOps: veja tudo sobre a faculdade!

DevOps

DevOps não é mais um no arsenal de termos técnicos envolvidos no mundo da computação. Essa área se mostra cada vez mais útil em empresas que trabalham com processos automatizados para melhorar seus resultados. Por isso, é um item essencial no currículo e na rotina de trabalho dos novos profissionais de tecnologia!

Sabemos que nem sempre é fácil acompanhar as novas áreas e ferramentas do mercado de tecnologia. A área de DevOps está nessa esteira de novidades que surgiram nos últimos tempos. Mas o que era uma novidade já está se consolidando. Hoje, as empresas já estão dispostas a contratar um especialista e pagar um bom dinheiro por isso.

Considerando a importância desse profissional, separamos tudo que você precisa saber sobre o curso de DevOps Tecnólogo. Este artigo é o primeiro passo para quem deseja se tornar um especialista na área fazendo uma graduação. Confira e tire suas dúvidas!

Afinal, o que é DevOps?

“DevOps” é um termo usado para descrever o modelo de gestão que concilia a área de Desenvolvimento e Operações de uma empresa para otimizar o planejamento e a entrega de softwares. É uma solução criada para eliminar os obstáculos entre desenvolvedores e administradores de sistemas.

O termo se popularizou, principalmente nas redes sociais, em 2007, quando aconteceu o “DevOps Day”: o administrador de sistemas Patrick Debois se reuniu com outros profissionais desenvolvedores e engenheiros de sistema para discutir os desafios da integração entre as áreas de Desenvolvimento e Operações das empresas.

O evento foi bem aceito pela comunidade, e o termo ganhou popularidade nas redes. Daí por diante, ele se tornou um novo conceito na rotina dos profissionais de Tecnologia da Informação.

Em linhas gerais, a execução do DevOps se baseiam em aspectos tecnológicos e culturais de uma empresa. Em ambos os casos, a ideia é uma só: derrubar barreiras entre os setores de desenvolvimento e administração de sistemas.

De um lado, a eficiência do DevOps depende da constante automação de processos, ou seja, de tornar automáticas tarefas que são realizadas manualmente. Do outro, o modelo bem-sucedido depende da integração dos funcionários a esse novo paradigma, baseado na transparência e no trabalho em grupo durante o desenvolvimento de softwares.

Empresas já sentem a necessidade de investir no DevOps e procuram profissionais especializados na área. Por isso, surge a necessidade de profissionais da tecnologia se qualificarem para ingressar nesse mercado.

Qual é o objetivo da faculdade de DevOps?

Objetivo do curso superior Tecnólogo em DevOps é preparar profissionais que entendem o ciclo de vida do desenvolvimento de softwares, ou seja, como os setores de Desenvolvimento e Operações trabalham juntos. Assim, usam metodologias e ferramentas das duas áreas para resolver conflitos e acelerar a entrega de softwares.

O papel do profissional de DevOps demanda um bom conhecimento sobre as diversas linguagens da programação. A faculdade que oferece um curso na área deve proporcionar essa experiência, além de incentivar que o futuro especialista desenvolva competências comportamentais para trabalhar em grupo e procure experiências de atuação desde cedo.

O que vou aprender no curso de DevOps?

Veja quais são os principais assuntos que estão presentes na rotina do aluno e futuro profissional de DevOps.

Linguagens de programação

O domínio das linguagens de programação faz toda diferença para profissionais da área de DevOps. Isso porque eles precisam constantemente escolher bem a melhor de acordo com os tipos de projeto. Não é a toa que muitos especialistas também procuram cursos para programador.

Os tipos de linguagem de programação variam de acordo com vários indicadores, como portabilidade, alto desempenho e eficiência. Algumas das mais usadas no mercado são a Python, Go, Scala e a Ruby.

Banco de dados

Muitas empresas passam por dificuldades para gerenciar e fazer alterações do banco de dados. Adotar soluções temporárias para acabar com as lacunas pode resultar em defeitos que exigem tempo e a inatividade de um recurso tão valioso como esse.

Por isso, é tarefa do especialista em DevOps aumentar a velocidade das alterações do banco de dados, monitorar continuadamente essas mudanças e replicar a solução para outros locais.

Isso depende, é claro, de um profundo conhecimento sobre metodologias e ferramentas para formular, testar e liberar alterações de softwares com rapidez. Esse tipo de prática é desenvolvida pelo aluno da faculdade de DevOps, de modo que a execução nas empresas gere sempre o melhor resultado possível.

Mindset ágil

Você já ouviu falar sobre “mindset”? E “mindset ágil”? Caso ainda não sabe exatamente o que isso significa, pode ir se acostumando, pois essa é uma postura fundamental para a carreira de um especialista em DevOps. Não é por acaso que essa é uma das principais matérias do curso na Unopar.

A princípio, “mindset ágil” ou mentalidade ágil é a habilidade de trabalhar com metas e planos de ação para manter processos e competências em constante desenvolvimento. É um jeito de pensar com agilidade para identificar problemas, resolver conflitos, trabalhar em grupo e saber se comunicar com clareza.

Mas por que isso é importante para futuros especialistas em DevOps? Simples: o papel dele é um eixo por onde passa todo o desenvolvimento de softwares. Isso significa que o profissional lida constantemente com o trabalho realizado por outras pessoas: administradores de sistemas ou de bancos de dados, programadores etc.

Em suma, o mindset ágil é fundamental para o DevOps porque a palavra-chave para o sucesso do seu trabalho é a colaboração.

Infraestrutura ágil

A infraestrutura ágil é uma área diretamente relacionada com a popularidade do profissional especialista em DevOps. O conceito de “infraestrutura ágil” é parecido com “mindset ágil”, uma vez que ambos expressam a necessidade de apostar em processos interligados e frutos do trabalho em equipe.

A diferença é que infraestrutura ágil diz respeito ao desenvolvimento de softwares para atender as demandas de um negócio e garantir entregas contínuas. Para chegar a ela, os profissionais de tecnologia usam metodologias capazes de unir o trabalho de diferentes setores e deixar todo o processo mais transparente e rápido.

Especialistas em DevOps aproveitam a automação dos processos para investir em testes funcionais para comprovar a qualidade de funcionalidades e não entregar softwares com problemas operacionais. Essas e outras práticas ágeis são aprendidas e exercitadas durante uma formação de qualidade.

Monitoração

A definição de indicadores de desempenho e o constante monitoramento das operações de um software são preocupações centrais na rotina de um especialista em DevOps.

É por isso que esse é um dos principais assuntos estudados durante a graduação na área. O profissional deve entender como funcionam as ferramentas para aplicar e verificar os resultados dos softwares.

Quais são as principais matérias do curso de Devops?

Na Unopar, o curso de Tecnólogo em DevOps dura 2 anos, divididos em 4 semestres. A grade curricular é planejada para abarcar os principais desafios do especialista no mercado de trabalho. Veja quais são as principais disciplinas:

  • Arquitetura e Organização de Computadores;
  • Algoritmos e Programação Estruturada;
  • Modelagem de Bancos de Dados;
  • Entrega e Implantação Contínua;
  • Integração Contínua;
  • Infraestrutura Ágil;
  • Qualidade e Automação de Testes;
  • Monitoramento e Indicadores.

Esse são apenas alguns exemplos do que você vai estudar no curso de DevOps. Se gostou do que viu até agora, confira se tem o perfil para ingressar nessa área e comece uma carreira com boas chances de sucesso na tecnologia.

Qual é o perfil do aluno e profissional de DevOps?

Quem se interessa em ingressar no mercado de tecnologia geralmente tem algumas características em comum, como a paixão por computação e pelas novidades do mundo da tecnologia.

O gosto por tecnologia é, sem dúvidas, importante para o crescimento na área, mas o aluno de um curso de graduação como DevOps também deve apresentar outras habilidades. Veja quais são elas a seguir.

Familiaridade com a área de Exatas

O aluno de DevOps precisa colocar em práticas noções de Matemática e raciocínio lógico na maioria das disciplinas do curso. Depois de formado, o profissional lida com a rotina de trabalho que também depende de cálculos e noções matemáticas simples e complexas. Basta pensar, por exemplo, nas diferentes linguagens da programação.

Capacidade analítica

O especialista em DevOps trabalha diretamente com a gestão de projetos, às vezes, de diferentes naturezas. Além disso, o profissional precisa planejar e pensar como diferentes atividades podem colaborar entre si para contribuir com a entrega de um software. Tudo isso exige uma capacidade analítica acentuada, foco e muita disciplina.

Sem essa habilidade, fica difícil lidar com prazos para entregar projetos e manter os resultados de uma empresa. O olhar do especialista em DevOps deve estar sempre voltado para o planejamento do tempo de trabalho e para as diferentes fases de uma produção.

Disposição para trabalhar em equipe

Embora não seja uma exigência central da carreira de um DevOps, a disposição para trabalhar em equipe é uma das soft skills que diferenciam o profissional no mercado –– ao lado da boa comunicação, proatividade e capacidade de resolver conflitos. Afinal, como vimos, uma das características dessa profissão é a colaboração.

O especialista em DevOps atua dentro um time formado por outros profissionais da tecnologia. A sua tarefa é unir, monitorar e avaliar as atividades feitas por cada um. Portanto, desenvolver habilidades para trabalhar em equipe só traz vantagens para o dia a dia de atuação desse profissional.

Como é o mercado de trabalho para DevOps?

Do que foi dito sobre a DevOps, deveria ficar evidente que não se trata apenas de uma profissão, e sim de uma mudança abrangente na gestão das empresas. O especialista na área é o representante disso. É ele quem coordena a integração entre diferentes setores, a transparência nas etapas de desenvolvimento e a automação de processos.

A procura por especialistas em DevOps cresce no mercado por conta desse processo de mudança mais profunda nas empresas de tecnologia. Recrutadores e gestores estão em busca de pessoas realmente qualificadas para gerenciar etapas de desenvolvimento de softwares.

Só em São Paulo, em 2020, o número de ofertas de trabalho para o cargo de DevOps aumentou em 460%. O estado registrou, de maneira geral, um crescimento de 671% na quantidade de vagas para o setor. Os dados são de uma pesquisa feita pela Catho entre março e agosto desse mesmo ano.

A altíssima demanda por especialistas em DevOps é reflexo da transformação digital pela qual muitas empresas estão passando. Com essa crescente busca por profissionais da área, também se amplia a concorrência por vaga. Nesse contexto, sai na frente quem investe em qualificação e permanece atentos às novas tendências do mercado de trabalho.

Quais são as possíveis atuações de um profissional formado em DevOps?

O recém-formado pode ir em busca de vagas no mercado de tecnologia para “analista DevOps” ou apenas “DevOp“. Esse é o cargo ocupado pelo profissional capaz de gerenciar as ferramentas de monitoramento, automação e coordenação entre infraestruturas.

O profissional formado também pode buscar vagas relacionadas com a sua formação no mercado de tecnologia, como: programador, administrador de banco de dados e administrador de sistemas. Tratam-se de cargos da área de sistemas e que estão envolvidos em diferentes etapas do ciclo de desenvolvimento de softwares.

O que você aprende no Tecnólogo em DevOps pode servir como excelente formação técnica para explorar o mercado de games. Afinal, você sabe o que faz um profissional de jogos digitais? Uma das suas funções é lidar com a parte que envolve programação e códigos completos que se aprende no curso de DevOps.

Quanto ganha um profissional da área?

A média salarial é de R$ 6.008* por mês. Essa remuneração de um especialista em DevOps pode variar bastante de acordo com o porte da empresa em que ele trabalha. Normalmente, as organizações costumam pagar valores acima da média a esse profissional, como vimos.

Quanto mais experiência o profissional tem na área, maior pode ser a sua chance de conquistar vagas de DevOps em grandes empresas. Isso garante remunerações mais altas e benefícios corporativos associados.

Quais são as vantagens de investir em uma faculdade tecnológica de DevOps?

Ainda está na dúvida se vale a pena entrar na faculdade de DevOps? Então, confira um breve resumo das vantagens se fazer esse curso e entrar para um mercado de trabalho em pleno crescimento.

Rápido ingresso no mercado de trabalho

A graduação em DevOps dura 4 semestres (2 anos) e permite que o futuro profissional lide com os principais desafios do mercado de trabalho. Isso acontece por esse ser um curso superior Tecnólogo, cuja principal característica é preparar os profissionais para um nicho específico do mercado e capacitá-los para entregar resultados técnicos excelentes.

Em 2 anos, você aprende o que precisa para ingressar rapidamente no mercado de trabalho, sem falar de todas as vantagens de ter um curso de nível superior.

Área em constante desenvolvimento

A atuação do profissional de DevOps nasceu e ganhou espaço no mercado de tecnologia de acordo com a sofisticação da infraestrutura de TI das empresas, além das metodologias inovadoras de gestão. A tendência é que novidades continuem surgindo ao longo dos anos, e o especialista continue evoluindo com o segmento.

Como vimos, o processo de transformação digital das empresas com o DevOps acontece por mudanças na infraestrutura de TI, mas também depende da disposição dos profissionais para mudar e se adaptar às novidades. Nesse ritmo, desenvolver soft skills continuará sendo importante para enfrentar as mudanças que virão nos próximos anos.

Por que estudar DevOps na Unopar?

Você pode cursar DevOps na Unopar na modalidade de ensino a distância 100% online e ainda aproveitar todas as vantagens que só os alunos da faculdade têm direito. Isso significa mais flexibilidade para sua rotina, de modo a conciliar os estudos com outros compromissos.

Na Academia tech Unopar, esse é uma das formações voltadas para quem vai ingressar no mercado de tecnologia. Confira, logo abaixo, as vantagens se preparar com a gente.

Várias formas de ingresso

O estudante que deseja estudar na Unopar pode escolher a forma de ingresso que preferir. As opções são:

  • uso da nota do Enem;
  • vestibular online;
  • vestibular agendado ou tradicional;
  • transferência externa.

No vestibular tradicional, você agenda o dia e comparece a uma unidade da Unopar para realizar a prova. Já no vestibular online, o processo seletivo é todo realizado pela internet. Dá para escolher uma dessas opções no momento de fazer a inscrição.

Os candidatos que fizeram o Enem podem entrar no curso que escolheram sem precisar prestar o vestibular. Nesse caso, a nota do exame substitui a prova. Para ter um desempenho válido, é preciso ter participado de alguma edição nos últimos 3 anos e alcançado pelo menos 200 pontos na média geral e na redação.

E se você já está fazendo um curso de graduação e quer estudar na Unopar, entre no processo de transferência externa e garanta sua vaga.

Descontos e bolsas de estudo

Os alunos da Unopar podem conquistar bolsas de estudo e descontos na mensalidade, desde que atendam aos critérios exigidos pela faculdade. Em todos os casos, o primeiro passo para aproveitar o benefício é fazer a inscrição online no vestibular.

Se você optar por usar a nota do Enem nesse momento, pode conseguir uma bolsa de estudo de até 100% da mensalidade. A outra bolsa é concedida aos alunos que entraram na Unopar por transferência externa.

Os alunos que não se encaixam nos critérios das bolsas precisam se preocupar! A Unopar também conta desconto para funcionários públicos e militares, por pontualidade e na pré-matrícula (isenção na taxa de inscrição para quem garante sua vaga no pré-vestibular).

Preparação para o mercado de trabalho

O aluno da Unopar tem acesso exclusivo ao Canal Conecta, um portal online com vagas de emprego e estágio em diferentes áreas, inclusive no mercado de tecnologia. Para que todos aprimorem suas habilidades durante a graduação, a gente também oferece uma série de certificados no programa Trilha de Carreira.

São treinamentos 100% online, gratuitos e exclusivos para o aluno da Unopar. Os temas são os mais diversos, como gestão de pessoas, tecnologia, investimentos e empreendedorismo.

Na Unopar, você ainda terá contato com profissionais conceituados no mercado de trabalho na Aula Destaque. O programa oferece aulas 100% online, gratuitas e exclusivas para os nossos alunos, ministradas por grandes nomes em diversas áreas de atuação.

E, aí gostou dos projetos? Venha estudar com a gente e se preparar para o mercado de trabalho! Você sai da graduação já trabalhando ou com ótimas perspectivas de emprego!

Unopar conta com boa avaliação no MEC

Talvez o maior risco de entrar em uma faculdade não reconhecida pelo MEC é perder todo o investimento depositado nos estudos. Esse é um risco que você não precisa correr estudando na Unopar!

Todos os nossos cursos são reconhecidos e bem-avaliados pelo Ministério, com médias da nota do MEC acima de 3 (ou seja, pontuação boa ou ótima!).

Mensalidade EAD mais acessível

O curso de DevOps oferecido pela Unopar é realizado na modalidade EAD. Além de toda a praticidade que você ganha para conciliar trabalho e faculdade, assistir às aulas quando puder e direcionar seu próprio ritmo de estudos, também paga mensalidades mais acessíveis comparadas às de uma graduação presencial.

Essa é uma das principais vantagens dos cursos a distância. Na Unopar, você faz a faculdade caber no bolso e ainda se preparar para o mercado de trabalho com todos os nossos programas de qualificação. Legal, não é?

Biblioteca virtual

biblioteca virtual da Unopar é um espaço composto por obras digitalizadas, e-books, arquivos de multimídia, documentos e guias importantes para os alunos, como regras para trabalhos científicos e documentos da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas).

Tornando-se aluno da Unopar, você pode consultar o nosso acervo online, renovar, pegar emprestado, reservar e registrar a devolução de livros.

Agora é com você!

As empresas buscam especialistas em DevOps, e a tendência é que os campos de atuação para esse profissional seja cada vez maior. Por isso, a graduação é destinada a todos que buscam ingressar no mercado de tecnologia ou que já trabalham no segmento e querem evoluir na carreira.

E você, ainda não garantiu sua vaga no curso superior de DevOps? Faça sua inscrição online no vestibular da Unopar e dê o primeiro passo na sua carreira profissional!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 4

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Skip to content