Por que você deveria começar uma especialização logo após a graduação

cursos livres unopar

Com um mercado de trabalho cada vez mais competitivo e exigente, desde cedo precisamos tomar a decisão de qual carreira seguir, mesmo que depois esse caminho possa sofrer um pequeno desvio de curso. Mas engana-se quem pensa que, hoje em dia, somente uma graduação é o suficiente para entrar na área entre as melhores empresas. Um currículo completo, que apresenta uma especialização, interesse e comprometimento do candidato é essencial para aumentar as chances da contratação.

Não importa a idade: a entrevista para qual você estudou e se dedicou sempre é um momento de insegurança e estresse, principalmente porque a quantidade e a qualidade dos candidatos para as grandes companhias tendem a ganhar destaque na hora da seleção. Por isso, a escolha de cursar uma pós-graduação não depende do tempo de formação do profissional, mas da necessidade que ele enxerga na busca de emprego ou de uma melhor colocação no trabalho.

A especialização faz a diferença

Muitos recrutadores enxergam a união do fim da graduação com a pós-graduação a capacidade do candidato em manter-se em um estudo constante, interessado na área e em busca de novos conhecimentos. Por isso, além de impressionar no momento da entrega do currículo, o candidato ainda traz uma boa impressão sobre as qualidades que pode vir a agregar em uma futura equipe.

Durante o curso de especialização, o profissional entra em contato com diversas pessoas do mesmo setor, entre recém-formados, pessoas que já estão no mercado há algum tempo e professores especializados. Essa diversidade de contatos proporciona uma maior riqueza de conhecimento e também uma forma de enxergar o mercado de uma maneira única. Afinal, muitas dicas podem ser ditas no meio da aula.

Existem muitos professores que trabalham como docente universitário, mas também continuam fazendo parte de outros trabalhos em períodos diferentes. Portanto, o fato de você demonstrar interesse em continuar seus estudos também pode ser uma ferramenta para ser indicado para trabalhar em algum lugar ou prestar serviços para ter um portfólio ainda maior.

Tenha consciência e respeite seu momento pessoal e profissional

Mais do que uma necessidade profissional, um recém-formado precisa tirar alguns dias (mesmo que sejam poucos) para refletir alguns aspectos da sua vida antes de embarcar na especialização. Por exemplo, caso você se forme em algo que não te entusiasmou tanto, investir tempo e dinheiro em uma pós-graduação na área somente para poder ingressar logo em uma empresa pode ser a continuidade de uma frustração profissional.

Ao se formar, é importante começar com os questionamentos mais comuns: o que eu fiz, onde eu estou agora e para onde eu vou. Analise como foi a sua graduação, as aulas que te chamaram mais a atenção, os assuntos que despertaram o seu interesse e o tipo de atividade que você gostava de fazer (seminários, trabalhos em grupo, provas, estudo na biblioteca, etc). Tudo isso vai te ajudar a se conhecer profissionalmente. 

Pessoas que gostam de participar de seminários, por exemplo, tendem a ter uma oralidade melhor. Já os que apreciam o trabalho em grupo também vão fazê-lo bem com os colegas de empresa, enquanto aqueles que gostam de provas tendem a gostar de ser desafiados e estarem preparados para esse momento. Já as pessoas que gostam da experiência de estudar em uma biblioteca se expressam de uma forma mais individual e com respaldo para suas atividades e defesas.

Outro ponto importante é entender o caminho que se quer seguir fora do ambiente profissional. Tudo isso pode ser um complemento ou um empecilho para os estudos. Respeite o período de cada uma dessas escolhas e mergulhe de cabeça na especialização quando você entender que está no momento certo.

Você também precisa analisar se o seu momento profissional é o ideal. Para aqueles que estão deixando as aulas e partindo para o primeiro emprego, é uma ótima chance de destaque. Já para os que já começaram a trilhar essa jornada, vale a pena observar se a pós-graduação poderá trazer as oportunidades de promoção ou aumento de salário, por exemplo.

Considere os cursos de extensão e nanodegrees

Muitas instituições de ensino também oferecem cursos de extensão e nanodegrees em sua rede de ensino, que têm uma duração mais curta (entre 1 e 2 meses) e também podem acrescentar ainda mais no seu conhecimento e te ajudar a escolher uma especialização que combine com os seus planos futuros. Lembramos também que nada impede de um aluno resolver fazer uma pós-graduação e, no meio do processo, desejar completar com um desses cursos de curtíssima duração.

Você também pode escolher um curso de pós-graduação EAD com duração entre seis a dez meses, assim você conta com a independência de fazer sua própria grade de horários, gerenciar o seu tempo de estudo, assistir as aulas de onde você estiver e tirar dúvidas virtualmente com professores disponíveis. Inscreva-se!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.8 / 5. Número de votos: 6

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Skip to content