Diploma EAD: existe diferença em relação ao presencial?

Ingressar em uma faculdade é uma excelente oportunidade de crescimento, tanto em nível pessoal quanto profissional. Uma graduação aumenta a empregabilidade, ajuda a ascender na carreira e abre muitas portas. Nesse contexto, fazer um curso com diploma EAD é uma ótima forma para conciliar o trabalho com os estudos.

Contudo, muitas pessoas se perguntam: será que o diploma EAD vale tanto quanto um diploma presencial? Se essa também é sua dúvida, saiba que não existe nenhuma diferença entre as duas modalidades. O estudante recebe o mesmo ensino, tem seu diploma reconhecido no mercado e torna-se qualificado para sua área de atuação.

Quer entender melhor por que não existe diferenciação alguma entre o diploma EAD e o presencial? Confira a seguir!

A diferença entre o diploma EAD e o presencial

Apesar da diferença entre os formatos à distância e presencial, o diploma das duas modalidades tem a mesma validade. Inclusive, vale mencionar que o fato de ser EAD nem chega a ser especificado no diploma. Entenda melhor como funciona!

Como é o diploma EAD?

Na graduação com diploma EAD, o ensino é realizado virtualmente, por meio de plataformas online e videoaulas. Apenas 20% das atividades requerem a presença física do aluno na instituição. Os demais requisitos para obter o diploma EAD seguem as regras do curso presencial, tendo a mesma validade e qualidade.

Reconhecimento do MEC

O Ministério da Educação utiliza os mesmos critérios de avaliação para os cursos presenciais e à distância. Para ofertar uma graduação em qualquer uma dessas modalidades, a instituição de ensino superior passa por um processo de credenciamento, autorização e reconhecimento do MEC.

Contudo, nem todas as instituições são reconhecidas pelo Ministério. Por isso, é importante verificar no site do MEC se o curso que você deseja fazer tem esse reconhecimento. Assim, você tem a garantia de que a faculdade é de qualidade e que o diploma terá validade legal.

Corpo docente

Na avaliação do MEC, muitos fatores são avaliados, como espaço físico da instituição, metodologia de ensino, infraestrutura e recursos oferecidos no curso. O corpo docente é um dos principais aspectos que são levados em consideração, a fim de garantir a boa qualificação dos professores nos cursos EAD.

O ideal é que os professores não só tenham uma boa formação acadêmica, mas que também estejam integrados ao mercado — o que faz com que seu ensino esteja atualizado e ligado às tendências do setor.

Grade curricular

A grade curricular e a carga horária mínima do curso EAD seguem padrões iguais aos do presencial. Ou seja, você aprenderá matérias equivalentes e fará um curso que segue as mesmas exigências do MEC.

Inclusive os estágios supervisionados e a aprovação no TCC (Trabalho de Conclusão de Curso) continuam sendo alguns dos requisitos para obter o diploma EAD.

Avaliação

Fazer uma graduação à distância não significa que será mais fácil do que um curso presencial. O aluno EAD também tem que cumprir suas obrigações, devendo realizar provas, exercícios, trabalhos e outras atividades. Isso mostra que o estudante é avaliado da mesma maneira, a fim de garantir uma formação de qualidade.

Interação com professor

Uma dúvida importante de quem opta pelo curso EAD é sobre a interação entre alunos e professores. Apesar de as aulas não serem realizadas em um espaço físico, como no curso presencial, no ensino à distância o estudante também tem oportunidade para tirar dúvidas.

Isso pode ser feito tanto em encontros marcados com o professor quanto no próprio ambiente online, que tem tutores para auxiliar os alunos.

A rotina de estudos e qualificação profissional

Para obter o diploma EAD, o aluno deve seguir uma rotina de estudos com determinação e disciplina. É preciso cumprir as atividades propostas, realizar avaliações e trabalhos, além de manter o bom desempenho.

Contudo, como a modalidade à distância é flexível, o aluno tem a liberdade para montar seus próprios horários de estudo, seguindo o curso de forma mais autônoma e independente.

Para acessar os materiais didáticos, os exercícios e outras atividades, basta que você tenha acesso à internet, podendo estudar os conteúdos a qualquer hora e de qualquer lugar. As instituições também disponibilizam um sistema de biblioteca online, o que facilita o acesso aos conteúdos e livros.

Isso é uma grande vantagem para quem mora longe da instituição ou leva uma vida corrida, tendo que conciliar trabalho, casa e estudos. Como você não precisa se deslocar até a faculdade, é possível economizar tempo e dinheiro.

Portanto, seguindo os requisitos do curso, é possível se graduar e atingir seus objetivos com mais praticidade. E, como as bases de ensino de uma graduação EAD são as mesmas de um curso presencial, você terá igualmente a qualificação profissional esperada.

A visão do mercado sobre os formados em EAD

A dúvida sobre a diferença entre o diploma EAD e o presencial se dá, em parte, por conta do preconceito que havia com a modalidade à distância. Contudo, já foi o tempo em que o mercado olhava com suspeitas para esse tipo de ensino.

Hoje em dia, muitas faculdades estão aderindo ao formato EAD, inclusive por meio de disciplinas interativas — isto é, matérias online, mesmo em cursos presenciais. Para se ter uma ideia, os dados do MEC divulgados no Censo da Educação Superior 2018 mostram que as vagas e o número de alunos EAD ultrapassaram os presenciais.

Além disso, existem instituições de excelência que ofertam cursos à distância, o que dá ao aluno a segurança de que ele está fazendo uma boa graduação. É o caso, por exemplo, da Unopar, uma das maiores referências em EAD, devido à sua credibilidade no mercado e à qualidade de ensino.

No que diz respeito ao mercado de trabalho, a valorização dos cursos EAD cresce cada vez mais. As próprias empresas utilizam a educação à distância para ofertar cursos e treinamentos. Além disso, pessoas com diploma EAD mostram boas qualidades profissionais, como autonomia, responsabilidade, proatividade e autogerenciamento.

O importante, portanto, não é o meio de aprendizado, mas o conhecimento assimilado no curso e a competência necessária para exercer a profissão, sejam eles adquiridos presencial ou virtualmente.

Como você viu, o diploma EAD tem tanta validade quanto o presencial, conferindo o mesmo peso e importância para a sua formação. Sem falar das vantagens de um curso superior à distância, como mensalidades mais acessíveis e economia de tempo. Por isso, se você precisa de flexibilidade e tem disciplina, essa pode ser a solução ideal!

E, se você gostou do conteúdo, que tal aproveitar a visita no blog para ler outros posts informativos sobre o tema?

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.3 / 5. Número de votos: 11

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

pep

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.