O que faz um analista de Marketing Digital? Como se tornar um?

marketing digital

Hoje, uma das coisas mais difíceis e raras que existem é um consumidor chegar em uma loja física e comprar um produto sem antes ter pesquisado na internet preços e opções de marcas. Inclusive, no Brasil, 97% das pessoas têm em esse costume, de acordo com pesquisa do CNDL/SPC. Por isso, ter uma estratégia digital é fundamental a uma marca que deseja crescer e se tornar mais relevante, o que faz com que um analista de Marketing Digital seja um profissional tão requisitado.

A tendência é que tanto a presença digital dos negócios quanto os e-commerce sigam evoluindo, o que faz com que o Marketing Digital seja uma profissão do futuro e também do presente. Dessa maneira, um curso na área, seja EAD, seja presencial, pode abrir muitas portas — as vagas em Marketing Digital são uma realidade crescente.

Mas, afinal, como é o trabalho de um analista de marketing? Quais as funções e como é o dia a dia desse profissional? A Unopar ajuda a entender se a profissão é mesmo um caminho profissional para você!

Analista de Marketing Digital: o que é

O analista de Marketing Digital é quem cuida das campanhas das marcas, ajudando-as a ganhar mais relevância na internet e também a melhorar a taxa de conversões. Para isso, o profissional trabalha com redes sociais, criação de conteúdo, estratégia de SEO (Search Engine Optimization, ou otimização para mecanismos de busca) e mensuração de resultados.

A rotina de um analista de Marketing Digital: entenda o que envolve

Quando você trabalha como analista de Marketing Digital, as tarefas são muito variadas, e a rotina depende muito da empresa. Por exemplo, agências menores precisam de pessoas com perfil multitarefa, como um profissional interdisciplinar que pode trafegar entre diversas áreas.

Ao mesmo tempo, em empresas maiores, as tarefas podem ser mais divididas e focadas, fazendo com que os analistas trabalhem de maneira mais direcionada. Entretanto, listamos as principais funções de um especialista em Marketing Digital abaixo. Acompanhe!

Checar a concorrência

Vamos supor que você trabalhe como analista de Marketing Digital para uma perfumaria. Sua campanha não vai se basear no que você acredita que é bom. É preciso identificar o que a concorrência faz, checar os pontos fracos dessas ações e sanar a falha que existe. Também é imprescindível entender os acertos e fazer até melhor.

Isso se chama benchmarking, que faz uma análise aprofundada das estratégias que empresas do mesmo segmento realizam. Funciona como um pontapé inicial para qualquer campanha de marketing.

Definir as personas

O Marketing Digital precisa da definição das personas para seguir com qualquer estratégia. Definir uma persona significa entender profundamente, por meio de dados, quem é o público do negócio.

A persona é um perfil bem completo de um cliente ideal — por exemplo, ainda pensando no nosso caso de perfumaria. Esta definição seria: Ana, 28 anos, solteira, trabalha como empreendedora no ramo da estética. Recebe cerca de R$ 3 mil ao mês, mora sozinha e, como hobby, gosta de correr e coleciona perfumes. É preciso olhar o banco de dados sempre para definir quem é a persona, evitando achismos que podem atrapalhar a estratégia.

Elaborar estratégias

Uma campanha de Marketing Digital envolve diversos canais, como redes sociais, blogs, e-mail marketing, links patrocinados, entre outros. Ainda no exemplo da perfumaria, é preciso verificar quais redes sociais são relevantes e vitais para o público. A partir disso, é preciso entender as necessidades do momento, ou seja, se o foco é converter ou melhorar o conhecimento da marca, e trabalhar para isso.

Quanto ao blog, é essencial trabalhar a estratégia de SEO para melhorar o tráfego orgânico ou buscar uma estratégia de Google AdWords (principal plataforma de links patrocinados) para conseguir leads (potenciais clientes) mais certeiros e que estejam em um estágio de conversão.

Também é fundamental fazer a nutrição dos leads e ainda trabalhar para gerar mais contatos — o e-mail marketing é a ferramenta ideal. Por isso, aprender a lidar com softwares de automação também é um pré-requisito para um profissional de Marketing Digital.

Ser criativo e relevante no marketing de conteúdo

O conteúdo, como vídeos, postagens para blogs ou redes sociais e e-books, é vital na estratégia de Marketing Digital, visto que é uma das formas de atrair o público até o seu negócio.

Por isso, cabe ao analista de Marketing Digital construir conteúdos relevantes e criativos, que vão ao encontro do que o público busca. É com bons conteúdos que as marcas constroem uma relação de confiança com os clientes.

Medir os resultados

Uma das características mais interessantes é que cada ação pode ser medida em tempo real por meio de ferramentas de automação, como Google Analytics e SEMRush. Então, é preciso verificar e fazer relatórios constantes para entender o quanto uma campanha está indo bem. Se os resultados estiverem aquém do esperado, o analista necessita ter jogo de cintura e iniciativa para reverter o quadro.

As competências para seguir a profissão: conheça quais são

Para se tornar um profissional bem requisitado no meio, preste atenção às características necessárias que você precisa desenvolver ao longo da sua jornada!

  • Boa comunicação: tanto oral quanto escrita. Também é interessante falar mais de uma língua.
  • Criatividade: é ela um dos ingredientes essenciais para uma campanha se sobressair. Lembrando que a criatividade pode vir com muita pesquisa de campo.
  • Organização: relatórios e estratégias devem ser planejados, e a organização ajuda o profissional a fazer as melhores entregas.
  • Olhar crítico: tanto para as suas campanhas quanto da concorrência, o que permite aprender com os erros.
  • Antecipação de tendências: ficar atento aos mercados estrangeiros garante ótimos insights.
  • Flexibilidade: o Marketing Digital inova a todo momento e pede que você esteja apto a desenvolver um trabalho flexível, aceitando novidades e refações.

Quanto ganha: veja a média salarial

De acordo com uma pesquisa da Glassdoor, o salário de um analista está, na média, acima dos R$ 2.900, podendo aumentar ou diminuir de acordo com o tempo de experiência. Lembrando que você pode trabalhar em empresas e ainda desenvolver atividades freelancers, aumentando o salário.

O que estudar: quais os cursos para se tornar analista de Marketing Digital

O curso de Marketing Digital da Unopar é uma ótima opção para quem quer seguir na carreira. A formação permite que o profissional esteja apto a se adaptar às mudanças tecnológicas e digitais, com senso crítico e inovação. As matérias dão ótimas noções de analytics, mídias sociais, marketing de conteúdo, e-mail marketing etc., o que garante que você esteja preparado para as necessidades do mercado!

A profissão de analista de Marketing Digital é dinâmica e pede profissionais que não tenham medo de mudanças e sintam-se instigados a sempre trazer novidades no dia a dia. Por isso, além do curso da Unopar, vale a pena ler muito sobre o assunto e seguir profissionais já consolidados!

Gostou das possibilidades da carreira de um analista de Marketing Digital e decidiu que o curso é para você? Entre em contato com a Unopar para entender melhor sobre a formação e agendar o seu vestibular! Vamos adorar conversar com você!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.1 / 5. Número de votos: 9

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.