C-Level: o que significa e como chegar lá?

profissional c-level

CEO, CFO, CMO… se você está em busca de uma oportunidade no mercado de trabalho ou quer dar um up na carreira, provavelmente já se deparou com algum desses termos, não é mesmo? Saiba que essas são algumas das nomenclaturas utilizadas para os chamados cargos C-Level — encaixados no contexto de uma estrutura de gestão inovadora, com objetivo de levar os negócios a novos patamares.

Mas o que exatamente é um cargo C-Level? Quais são as responsabilidades necessárias para assumir uma posição desse nível e como é possível chegar lá? Se você ainda não sabe a resposta para essas perguntas, continue por aqui. Foi pensando em tirar suas dúvidas sobre o assunto que preparamos este post aqui na Unopar. Vamos acompanhar?

O que é C-Level?

Assim como os demais segmentos, o universo corporativo também conta com suas nomenclaturas específicas. Em assuntos relacionados com Empreendedorismo ou Administração, é bem comum ouvirmos falar em CEOs, CFOs, entre outras posições. O Mark Zuckerberg, por exemplo, é o CEO do Facebook — inclusive, quem está por dentro da história dessa rede social lembra que o CFO do Facebook já foi um brasileiro, o Eduardo Saverin. O Bill Gates foi o fundador e mais famoso CEO da Microsoft, e assim por diante.

Esses são alguns dos famosos cargos C-Level: posições de liderança que iniciam sempre com a palavra chief(“chefe” ou “diretor”, em português). Em outras palavras, o termo C-Level é utilizado para designar os executivos seniores mais altos na hierarquia de um negócio. Eles podem tanto ser os próprios fundadores quanto profissionais contratados especialmente para ocupar tais cargos por conta de sua expertise e capacidade de liderança.

Quais são os principais cargos desse nível?

Acima, já citamos alguns exemplos de cargos C-Level. Entenda a seguir o que eles significam e conheça outras posições de destaque!

CEO (Chief Executive Officer)

O CEO ocupa a posição mais alta na hierarquia da empresa: a de diretor executivo. É ele o responsável por criar planos de ações efetivos, manter os colaboradores alinhados aos objetivos corporativos, levantar capital para aprimorar e expandir a atuação do negócio, entre outras funções relevantes.

Alguns exemplos de CEOs, além dos que já trouxemos, são Steve Jobs (Apple), Jeff Bezos (Amazon) e Indra Nooyi (PepsiCo) — um exemplo notório de atuação da mulher no mercado de trabalho. Nesse cargo, é possível ganhar remunerações superiores a R$ 100 mil*, a depender do tamanho da empresa e seu segmento.

CFO (Chief Financial Officer)

O CFO assume a posição de diretor financeiro. Ou seja, é ele o profissional que administra e gerencia todo o capital da organização, assumindo um relacionamento direto com os investidores, controlando metas, objetivos e o fluxo de caixa etc.

Por isso mesmo, trata-se de um dos principais pilares para qualquer empresa, já que tem visão estratégica e o conhecimento necessário para garantir a operação adequada do negócio no mercado. Seu salário médio é de R$ 18 mil*.

COO (Chief Operating Officer)

O COO é o braço direito do CEO dentro de um negócio, com salário médio de R$ 20 mil*. Como diretor de operações, esse profissional tem como função fazer com que a visão do CEO se concretize. Cuida dos fluxos e rotinas da empresa, verifica o andamento das atividades, confere a qualidade das entregas e os níveis de produtividade, motiva os times, entre outras questões estratégias que afetam os resultados e lucros corporativos.

CMO (Chief Marketing Officer)

Já pensou em ganhar a média de R$ 144 mil*? É possível com a atuação do CMO, ao conduzir e supervisionar as ações de marketing empresarial. Peça-chave para o sucesso do negócio, especialmente entre aquelas organizações que fazem parte de setores competitivos no mercado, o diretor tem como prioridade cuidar do gerenciamento de marca. Se o COO é o braço direito do CEO, podemos dizer que o CMO é o esquerdo.

E as principais responsabilidades no C-Level?

Como foi possível perceber, a contribuição dos cargos C-Level afeta diretamente o sucesso de uma organização, uma vez que a implantação de qualquer operação, plano de ação ou mudança, antes de chegar aos times de colaboradores, se inicia ou passa pela aprovação dessas lideranças.

A postura profissional para quem ocupa tais posições requer responsabilidades muito relevantes, como:

  • tomada frequente de decisões;
  • gestão estratégica de pessoas;
  • delegação de tarefas e atividades;
  • disseminação da visão e dos valores empresariais;
  • relacionamento com o alto escalão corporativo, entre outras.

Como criar uma carreira promissora para chegar no C-Level?

Agora, você certamente está curioso para saber como ser C-Level, não é? Antes de tudo, é importante destacar que não existe um caminho único ou direto a ser percorrido. A verdade é que profissionais dos mais diversos segmentos e trajetórias podem chegar lá, desde que busquem desenvolver e aperfeiçoar habilidades necessárias a essas posições.

São elas:

  • espírito de liderança;
  • boa comunicação interpessoal;
  • inteligência emocional;
  • visão estratégica para inovar;
  • conhecimento técnico e prático.

Além disso, existem dicas que podem ajudar você a se preparar da melhor maneira para conquistar um cargo C-Level. Veja!

Invista em conhecimento

Para estar no topo de um negócio, é imprescindível investir na educação continuada. Por meio de uma graduação e, posteriormente, de especializações (como pós-graduações, MBAs etc.), o profissional consegue obter e aprimorar os conhecimentos fundamentais para exercer funções C-Level. Além disso, desenvolve habilidades como as que listamos na prática.

Mantenha-se atualizado

Estar atualizado quanto às tendências da sua área de atuação é indispensável para os profissionais C-Level. Considerando que o mercado passa por mudanças constantes, conhecer as principais novidades no mundo dos negócios e estar apto a trazê-las para a organização são diferenciais muito importantes e avaliados em uma contratação para esse nível.

Além de participar de eventos, workshops etc., uma das maneiras mais eficientes para isso é justamente investir em formações que não só agregam ao seu currículo, como também colocam você em contato com tudo o que há de tendência em seu segmento.

Aqui na Unopar, temos as Trilhas de Carreira, atividades extracurriculares exclusivas para os alunos focadas no desenvolvimento de habilidades, na atualização e na preparação para o mercado. Isso sem falar no acompanhamento de professores que conhecem bem as grandes empresas e, é claro, o que fazer para chegar até elas.

Quer uma notícia melhor ainda? Fica fácil conquistar esses e outros benefícios aqui da Unopar com as formas de ingresso a partir do vestibular online ou uso da nota do Enem. Isso sem falar no Canal Conecta, plataforma exclusiva que ajuda você a buscar as melhores vagas de emprego e estágio no mercado.

Pronto! Agora você já sabe o que é C-Level e pode tirar suas dúvidas sobre o tema. Lembre-se de que esses cargos são vitais para o sucesso de um negócio. Sendo assim, estar preparado para lidar com todas as demandas que cercam tais posições é mais que necessário. Por isso, contar com uma formação adequada e considerar as informações que trouxemos pode fazer toda a diferença.

Se você gostou do conteúdo, que tal avaliar sua vida profissional e conferir se está no caminho certo para a conquista de seus objetivos, como chegar ao C-Level?

*Sujeito a alteração

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.