Engenharia Elétrica é difícil? Nós esclarecemos!

engenharia elétrica é difícil

Optar por uma graduação não é tarefa fácil, concorda? Afinal, existem várias características que devem ser analisadas, como preferências pessoais, grade curricular, possibilidades de atuação no mercado de trabalho, salário médio da profissão etc. Outro ponto é a dificuldade em relação à formação.

Se você se dá bem na área de Exatas e quer seguir carreira como engenheiro, já deve ter se perguntado se o curso de Engenharia Elétrica é difícil. Por ser um campo focado nas fórmulas e nos cálculos matemáticos, é comum que quem vai prestar vestibular para essa especialidade fique com um pouco de medo. Mas saiba que, com empenho e vontade de aprender, é possível se dar bem na faculdade.

Pensando nisso, preparamos este post para tirar as suas dúvidas sobre a graduação e o nível de dificuldade de Engenharia Elétrica. Confira!

Por que muitas pessoas consideram o curso de Engenharia Elétrica difícil?

A faculdade de Engenharia Elétrica é responsável pela formação de profissionais aptos a trabalhar com sistemas de distribuição e geração de energia. Um diferencial é que a graduação se dedica ao estudo do eletromagnetismo.

Além disso, essa é uma das Engenharias que mais contam com aulas de cálculo e disciplinas da área de Ciências Exatas. Assim, o conhecimento é aplicado tanto dentro da sala de aula quanto no mercado de trabalho. Por essa razão, se o estudante não se dá muito bem com a Matemática e a Física, talvez ele sinta dificuldade durante o curso.

No entanto, apesar dessa fama, é possível ter uma base sólida de conhecimento ao estudar para Engenharia Elétrica com bastante dedicação. Por isso, é importante escolher uma faculdade conceituada e de qualidade para ajudar o aluno nesse processo.

Aqui na Unopar, você encontrará um corpo docente com ótima didática, ajudando a tirar todas as suas dúvidas. Além disso, temos laboratórios modernos e equipados, o que ajuda no entendimento da parte prática dessa graduação — só vantagens, não é mesmo?

O que você vai estudar no curso de Engenharia Elétrica?

Já ficou em dúvida entre Engenharia Mecânica ou Elétrica? Apesar das semelhanças entre as profissões, elas contam com muitas diferenças, principalmente em relação à grade curricular. A segunda tem como base as disciplinas da Computação, Química, Física e Matemática.

Após o ciclo básico, a escala de dificuldade aumenta e começam os assuntos específicos do ramo eletrônico. As principais matérias de Engenharia Elétrica que você vai estudar aqui na Unopar são:

  • Circuitos Elétricos;
  • Eletromagnetismo;
  • Eletrônica e Circuitos de Potência;
  • Automação de Processos Industriais;
  • Instalações Elétricas;
  • Máquinas Elétricas Avançadas.

O que um engenheiro eletricista faz?

Para que haja energia elétrica em indústrias, estabelecimentos e casas, o trabalho dos engenheiros eletricistas é fundamental. São eles quem desejam, projetam e orientam a instalação de circuitos elétricos de diversas construções.

A função principal do profissional é garantir que a energia chegue até o seu destino de modo seguro. Assim, ele é responsável pela administração dos sistemas de transmissão, geração e distribuição de energia elétrica.

Esse engenheiro também pode trabalhar na mediação de instrumentos eletroeletrônicos e na gestão de iluminação e de maquinários. Outra função importante é desenvolver e criar circuitos e equipamentos da indústria eletrônica.

Além disso, os profissionais executam projetos que avaliam a eficiência energética em determinados contextos e desenvolvem pesquisas direcionadas para a produção de energia renovável. Com todas essas responsabilidades no dia a dia, esse engenheiro é um dos mais bem-remunerados, sabia?

A média é de R$ 7.966,55* para uma jornada de trabalho de 41 horas semanais. Já um trainee em Engenharia Elétrica pode vir a ganhar até R$ 4.180,00*.

Vale a pena assumir o desafio do curso de Engenharia Elétrica?

Percebeu como o Bacharelado em Engenharia Elétrica da Unopar prepara os alunos para o mercado de trabalho por meio de disciplinas fundamentais para o seu aprendizado? Assim, independentemente do nível de dificuldade, saiba que essa graduação conta com excelentes remunerações e oportunidades de crescimento profissional.

Além disso, a concorrência da Engenharia Elétrica é grande e, por isso, é importante sempre fazer uma especialização e manter-se atualizado em relação à profissão e às novidades da área.

Como é o perfil do estudante de Engenharia Elétrica?

O engenheiro eletricista costuma ser contratado para solucionar problemas importantes dentro das corporações, lidando com assuntos complexos que precisam de saída. Nesse caso, é essencial que os estudantes saibam lidar com desafios, estando dispostos a buscar por soluções para os obstáculos.

Confira, a seguir, outras características pessoais importantes.

Trabalho em equipe

Os engenheiros que trabalham em uma empresa ou atuam por conta própria devem contar com a ajuda de outros profissionais. Assim, é essencial que o estudante comece a desenvolver a habilidade de trabalho em equipe, além de ser flexível e saber ouvir os outros colegas.

Boa comunicação

Os bons profissionais também devem melhorar a sua comunicação. Essa habilidade é fundamental para lidar com as situações do dia a dia, atender clientes e trabalhar bem em equipe.

É bom lembrar que essa característica auxilia no alinhamento entre as necessidades dos clientes e os projetos a serem executados. Por isso, durante a graduação, faça cursos de oratória e se disponha a apresentar os trabalhos das disciplinas.

Busca por aprendizado

A constante evolução do mercado de Engenharia e da tecnologia exige que os engenheiros eletricistas estejam sempre atualizados. Essa capacitação pode vir por meio de cursos de especialização e, principalmente, ao estudar em uma faculdade conceituada.

Na Unopar, o aluno já sai na frente da concorrência, pois contamos com uma grade curricular sempre atualizada e estimulamos a realização de estágios desde o início da graduação. Também é possível estudar Engenharia Elétrica EAD, na modalidade de ensino semipresencial e presencial, tendo flexibilidade no dia a dia.

Outro grande diferencial da nossa instituição de ensino é o corpo docente. Os professores são capacitados e atuantes no ramo. Isso ajuda a trazer ainda mais experiências positivas para dentro da sala de aula.

Não deixe de estudar Engenharia Elétrica!

Conseguimos tirar as suas dúvidas se Engenharia Elétrica é difícil? Saiba que o nível de dificuldade é muito relativo e, para vencer essas barreiras, é fundamental estudar em uma faculdade de qualidade e que tenha professores capacitados para auxiliar os alunos durante as aulas!

Gostou do conteúdo e quer complementar a sua leitura? Então, veja os mitos e verdades sobre o EAD que você precisa conhecer!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 4

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Skip to content