Faculdade de Relações Internacionais: tudo sobre o curso

Faculdade de Relações Internacionais

O mundo é um lugar grande e mediado por relações de cooperação entre países com interesses quase sempre diferentes — e muitas vezes opostos. As pessoas que se interessam em entender como esses relacionamentos funcionam em detalhes podem seguir carreira no curso de Relações Internacionais.

Se os últimos acontecimentos do mundo têm algo para nos ensinar é que existe uma necessidade urgente de uma visão global para entender os conflitos atuais. Com o diploma de Bacharelado em Relações Internacionais, você pode expandir seus horizontes e aprender a criar perspectivas de futuro pacíficas para nações e empresas estrangeiras.

Essa é a função de um profissional formado em Relações Internacionais. Quer entender mais sobre como funciona o curso? Acompanhe o nosso guia completo a seguir.

Afinal, o que são Relações Internacionais?

As Relações Internacionais apresentam para você o mundo dos impactos políticos, sociais, geográficos, comerciais e históricos das relações diplomáticas entre governos e países, populações e instituições.

Como você pode perceber, é uma área abrangente. Os profissionais que atuam com Relações Internacionais também são chamados de internacionalistas. Eles precisam se adaptar conforme as questões mais urgentes que surgem nas suas operações de trabalho.

Não é à toa que os internacionalistas lidam de forma séria com os estudos e precisam dominar mais de uma língua estrangeira. Os profissionais se envolvem em negociações e disputas que giram em torno de sistemas políticos, direitos humanos, mudanças climáticas, ética, economia ou geopolítica.

O que se aprende no curso de Relações Internacionais?

O curso superior de Relações Internacionais introduz os alunos na compreensão de como acontecem as transações políticas, comerciais e empresariais entre diferentes nações. Também exige leituras frequentes e a disposição do estudante para discutir os assuntos com os colegas e articular conceitos.

Na Unopar, o curso surge para atender a demanda de profissionais internacionalistas com elevado grau de flexibilidade, com perfil crítico, analítico e propositivo, capaz de atuar com liderança e planejamento estratégico.

O curso de Bacharelado Relações Internacionais tem duração de 4 anos. Ao longo desse período, o aluno tem o suporte necessário para desenvolver as seguintes competências:

  • planejar, gerir e avaliar estratégias em relação ao intercâmbio e a cooperação entre Estados e instituições;
  • fomentar relações no âmbito internacional entre Estados, organizações internacionais, organizações não governamentais (ONGs) e empresas;
  • negociar e executar projetos internacionais de cooperação e captação de financiamento;
  • elaborar análises e projetos, de forma a construir um posicionamento independente frente aos desafios da realidade.

Como é a grade curricular da faculdade de Relações Internacionais?

A grade curricular de Relações internacionais oferece uma formação profissional múltipla. O foco está em assuntos que envolvem Política, Economia e Direito, para ajudar o aluno a articular conhecimentos e habilidades de diferentes áreas.

Confira a seguir as principais matérias do curso de Relações Internacionais na Unopar:

  • Ciência Política Contemporânea;
  • Comércio Internacional;
  • Direito Internacional;
  • Direitos Humanos;
  • Economia Brasileira;
  • Economia Internacional;
  • Economia Política Internacional;
  • Finanças Internacionais;
  • Geografia Política;
  • História das Relações Internacionais;
  • Inglês Instrumental para Comércio Exterior;
  • Integração Regional e Blocos Econômicos;
  • Negociação e Gestão de Conflitos;
  • Negócios Internacionais;
  • Organizações Internacionais;
  • Política de Defesa e Estudos Estratégicos;
  • Política Externa;
  • Política Externa Brasileira;
  • Relações Internacionais Contemporâneas – América;
  • Relações Internacionais Contemporâneas – Europa;
  • Relações Internacionais Contemporâneas – Ásia, Oriente Médio e África;
  • Segurança Internacional;
  • Teoria das Relações Internacionais.

Quais são as modalidades de ensino disponíveis para Relações Internacionais?

Os cursos de Relações Internacionais, em geral, podem ser ofertados nas três principais modalidades de ensino: presencial, semipresencial ou 100% a distância. Logo abaixo, relembre como funciona cada uma delas.

Presencial

O ensino presencial permite que os alunos assistam às aulas em um dos polos presenciais da faculdade. As plataformas e ferramentas digitais podem ser usadas para facilitar o envio de avisos e a comunicação, mas todas as avaliações e atividades propostas no curso são feitas no campus.

Semipresencial

O curso de Relações Internacionais também pode ser encontrado na modalidade semipresencial. Nesse caso, as situações de aulas, avaliações e atividades acontecem de forma híbrida: uma parte presencial e outra online.

Na modalidade semipresencial, os alunos precisam comparecer à unidade física da faculdade algumas vezes por semana.

A distância

Na Unopar, o curso superior de Relações Internacionais é 100% online, o que dá mais flexibilidade e ajuda os alunos a ganhar tempo. Assim, dá para equilibrar os estudos da faculdade com outros compromissos da rotina.

Tornando-se aluno da graduação a distância, você pode assistir às aulas de onde quiser e no momento que for mais adequado para o seu dia a dia, desde que tenha conexão com a internet para acessar a plataforma da faculdade.

Com a flexibilidade do EAD, também existe a chance de encaixar os momentos de estudo nos períodos mais proveitosos, sem que ocorra choque de horários com outras atividades.

Como funciona o curso de Relações Internacionais?

Agora, você já sabe o que os alunos de Relações Internacionais aprendem durante o curso. A seguir, vamos explicar como funcionam as aulas e avaliações durante a formação na Unopar, 100% online!

Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA)

As aulas e atividades do curso são realizadas no Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) da Unopar. Por lá, você também tem acesso a videoaulas gravadas, materiais didáticos e conteúdos para continuar o aprimoramento das suas habilidades, além de oportunidades para participar de fóruns e interagir com colegas de turma.

Os docentes com os quais você terá contato no processo de aprendizagem são altamente qualificados. Eles preparam os materiais didáticos e estarão a disposição para garantir o apoio necessário na jornada do curso.

Tutores EAD

O tutor do curso a distância é o responsável por acompanhar o processo de ensino e aprendizagem e ser um mediador na articulação entre os alunos e professores. Esse profissional possui uma formação na área da graduação e pode colaborar na relação de atividades individuais e em grupo, solucionando dúvidas e procedimentos.

Biblioteca Digital

O acesso à Biblioteca Digital da Unopar vai permitir que você encontre livros didáticos das matérias da grade curricular. Isso sem falar de outros conteúdos que podem enriquecer sua formação e servir como fonte de pesquisa para as atividades, como artigos científicos, periódicos, revistas, videoaulas, entre outros documentos.

O acesso é restrito para a comunidade universitária. A Biblioteca Digital é um espaço importante de difusão do conhecimento e vai contribuir para o máximo aproveitamento do seu curso.

Como está o mercado de trabalho para a área de Relações Internacionais?

O mercado para quem se forma em Relações Internacionais é tão amplo quanto a quantidade de conhecimentos para ter uma carreira de sucesso na área. A oferta do curso é relativamente nova no Brasil, e o interesse de mais pessoas acontece por conta das excelentes oportunidades de trabalho que estão aparecendo.

Os concursos públicos no Brasil para internacionalistas oferecem salários na faixa dos R$ 10 mil ou até 20 mil. Desde 1996, quando o processo de globalização se intensificou no país e se começou a ser realizado Concurso de Admissão à Carreira de Diplomata (CACD) uma vez por ano, cada vez mais pessoas procuram a carreira.

Por essa razão, para se qualificar e competir no mercado, é preciso encher a grade do curso de atividades extracurriculares. Além disso, busque atividades de extensão, palestras, cursos livres, experiências internacionais e, talvez o principal, o domínio de dois ou mais idiomas –– entre eles o inglês e o espanhol.

Após definir a área de atuação que deseja seguir, também é importante que o recém-formado em Relações Internacionais avalie a possibilidade de fazer uma pós-graduação, como um MBA ou mestrado.

A especialização em uma área capacita o formado com habilidades em gestão e visão estratégica no mundo dos negócio internacionais, a partir de conceitos específicos, práticas técnicas e administrativas para tomar decisões e desenvolver melhor competências de negociação.

Qual é o perfil do aluno de Relações Internacionais?

Algumas características comportamentais favorecem o percurso do aluno de Relações Internacionais e até sua atuação depois do curso. Se você gosta de línguas estrangeiras e tem aptidão para resolver problemas, é bem provável que goste da carreira como internacionalista.

Essas e outras habilidades o aluno acaba exercitando durante o curso em avaliações, atividades e principalmente estágio. Então, não precisa se preocupar caso ainda não tenha desenvolvido algumas das características descritas a seguir.

Interesse por culturas e línguas estrangeiras

Um internacionalista lida de forma frequente com outras culturas, idiomas e nações. Portanto, o domínio de línguas estrangeiras e o conhecimento da realidade social e cultural de outros países são características fundamentais para uma carreira de sucesso na área de Relações Internacionais.

Capacidade analítica

No futuro profissional, você se dedicará em boa parte do seu tempo de trabalho a analisar cenários mundiais, situações políticas e os riscos de conflitos entre os países –– além de avaliar possibilidades de negociações, parcerias e cooperações transnacionais para orientar projetos de empresas e governos no exterior.

Portanto, é fundamental que um aluno de Relações Internacionais aperfeiçoe suas habilidades de produzir informações e novos conhecimentos a partir da análise de dados, que nem sempre estão interligados de maneira óbvia.

Ler livros, aprender coisas novas e ser uma pessoa observadora são condutas que fazem parte do perfil do um aluno e profissional de Relações Internacionais.

Facilidade de relacionamento com pessoas

Pessoas com perfil comunicativo conseguem mediar e solucionar um problema antes que ele se torne um grande conflito.

A dificuldade de estabelecer vínculos é um empecilho que pode agravar ainda mais a negociação entre partes discordantes. Um internacionalista deve trabalhar para atenuar as situações de divergência que possam ocorrer.

Ao longo do curso de Relações Internacionais, as pessoas com o perfil mais tímido podem trabalhar simulações de comportamento ativo em negociações e, assim, desenvolver a capacidade de relações interpessoais.

Gosto pelo estudo e notícias do mundo

Um diplomata pode representar os interesses de um país, estado ou cidade no exterior com a finalidade de fazer negociações ou estratégias promocionais. Ações desse tipo exigem do profissional um conhecimento acima da média sobre geopolítica e os cenários mundiais. Então, é comum que o estudo seja uma prática diária na rotina de um diplomata.

Quem é formado em Relações Internacionais pode trabalhar com o que?

Me formei, e agora? Quem está pensando em seguir uma carreira em Relações Internacionais encontra várias possibilidades no mercado. O número de áreas de atuação cresce com o passar dos anos devido às expansões política e comerciais promovidas pela globalização.

Abaixo, confira as principais carreiras dentro das Relações Internacionais.

Diplomacia

Trabalhar como diplomata é a opção mais tradicional e disputada para aqueles que se formam no curso de Relações Internacionais. Quem ocupa esse cargo fica responsável por mediar relações entre governos e nações, buscando a convergência de interesses nos mais variados temas políticos e comerciais.

O profissional faz viagens de forma constante para representar seu país em consultados no exterior. Para trabalhar como diplomata, é preciso passar em um concurso público voltado ao cargo e passar pelo curso de formação de diplomatas do Instituto Rio Branco.

Um concurso recente lançado pelo Itamaraty ofereceu 25 vagas para diplomatas com um salário bruto de R$ 19.199,06. A remuneração para o cargo ainda pode aumentar e chegar a R$ 27,4 mil.

Comércio Exterior

O Comércio Exterior envolve práticas de mediação internacional para empresas que estão expandindo suas ofertas no mercado mundial e para o relacionamento de empresas com investidores estrangeiros.

Quem se forma em Relações Internacionais encontra ótimas oportunidades na área. Mas também existe a opção de cursar Comércio Exterior EAD, que é voltado para a formação de novos talentos comerciais. Esse curso está em nossa lista de faculdades para empreendedor!

Hoje, essa é uma das áreas que mais empregam diplomatas devido ao forte processo de internacionalização das empresas. O profissional que atua com comércio exterior atua constantemente com negociações e gerenciamento de conflitos. O domínio de uma ou mais línguas estrangeiras costuma ser exigido do profissional.

Boa parte das vagas para diplomatas no comércio exterior é oferecida por empresas privadas que têm filiais em outros países.

Organizações não governamentais (ONGs)

Depois ou até mesmo durante a graduação, você pode encontrar vagas de trabalho e estágio em ONGs nacionais ou internacionais que estão focadas nos mais diversos temas. Essas organizações formam o terceiro setor da economia e trabalham com missões humanitárias, ligadas à responsabilidade social de empresas e governos.

A remuneração não é o foco de quem realiza trabalhos em ONGS como internacionalista, pois elas estão em constante busca por financiamento. O compromisso nesse setor está mais ligado aos tópicos centrais de cada organização.

Consultoria

Já existe um número crescente de diplomatas formados que atuam em empresas de consultoria internacional e até mesmo acabam abrindo seu próprio negócio na área. Organizações nacionais e internacionais podem solicitar um serviço desse tipo.

Os profissionais que atuam nessa área analisam os fatores externos do projeto de uma empresa, as possibilidades de eliminar riscos e tudo que está envolvido em um planejamento estratégico para ação.

Por que estudar Relações Internacionais na Unopar?

Confira a seguir todas as vantagens de estudar na Unopar, principalmente para formar novos talentos para o mercado de Relações Internacionais.

Formas de ingresso diversificadas

Veja como é simples entrar na Unopar. Dá para conquistar a sua vaga por meio de:

  • vestibular tradicional;
  • vestibular online (100% a distância para todos os cursos da Unopar):
  • nota do Enem (sem precisar fazer o vestibular);
  • transferência externa (transfira sua graduação para uma das unidades da Unopar e receba descontos).

Agora, escolha a forma de ingresso que mais favorece sua entrada e realize o sonho de fazer uma faculdade.

Preparação para o mercado de trabalho

A Unopar leva a sério a empregabilidade dos novos talentos recém-formados. Conheça as vantagens exclusivas de investir na sua formação com a Unopar:

  • Aula Destaque: aulas 100% online com profissionais conceituados em suas áreas do mercado de trabalho. É uma chance de tirar dúvidas e absorver dicas de excelências de quem tem experiência;
  • Trilhas de Carreira: atividades extracurriculares para você desenvolver as habilidades profissionais que o mercado procura;
  • Canal Conecta: o aluno ganha acesso ao portal online de empregabilidade que oferece vagas de emprego e estágio espalhadas pelo país. A Unopar ajuda você a sair da graduação já empregado ou com boas expectativas para o mercado de trabalho.

Sistema de Ensino da Unopar

A Unopar tem um sistema de ensino baseado em situações reais da carreira que está no foco dos alunos, oferecendo apoio em todas as etapas da sua formação. Os professores levam para a sala de aula os problemas, os desafios, as vantagens e as soluções que o profissional vai encontrar assim que entrar no mercado de trabalho.

Por meio da avaliação continuada, os professores podem recompensar os alunos por cada esforço ao longo do semestre, prezando sempre por um retorno justo e construtivo.

Estudos Dirigidos de Habilidades Digitais

Os alunos da Unopar ganham acesso a atividades extracurriculares no formato de Estudos Dirigidos (EDs) de Habilidades Digitais. As atividades enriquecem a grade curricular do aluno, melhorando sua preparação para o mercado de trabalho.

Os EDs são acessados por meio do Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) da faculdade. Todas as aulas são online e abordam habilidades requeridas pelas empresas, como Design Thinking, Marketing Digital e Mindset Ágil.

Quais são as possibilidades de bolsas e descontos para a faculdade de Relações Internacionais na Unopar?

Quer estudar na Unopar pagando menos? Economize com oportunidades de bolsa de estudo e descontos na mensalidade! Conheça, a seguir, todos os benefícios.

Bolsa Enem

Os candidatos que escolheram a nota do Enem como forma de ingresso ganham uma bolsa de até 100%. Ou seja, dá para fazer a faculdade de Relações Internacionais sem pagar nada na mensalidade.

O desconto aumenta conforme a nota do candidato. Quanto maior é a sua pontuação, maior o percentual de desconto! Que tal fazer uma simulação? Use a calculadora da Unopar para saber quanto você teria de abatimento!

Bolsa Incentivo

Se você não pode pagar o valor integral da mensalidade, existe a opção de escolher a Bolsa de Incentivo na inscrição do vestibular da Unopar. Para solicitar o benefício, é preciso se encaixar nos critérios de renda definidos pela faculdade.

Bolsa Transferência Externa

Quer pagar menos na transferência do curso? A Unopar oferece uma bolsa na mensalidade para todos os alunos que realizam o processo de transferência externa para uma das unidades da faculdade.

Convênio com empresas parceiras da faculdade

Empresas conveniadas com a Unopar oferecem um desconto na mensalidade para que os funcionários realizem cursos de graduação e pós-graduação na faculdade.

O desconto vale até o final do curso! Para conhecer o regulamento completo do programa, o confira a seção sobre Parcerias e Convênios no site da Unopar.

Desconto pontualidade

É destinada a quem quita a mensalidade em dia. Esse abatimento é destinado aos alunos que estão matriculados em cursos EAD participantes da oferta. Ao pagar até o quinto dia último do mês de vencimento do cartão de crédito ou do boleto, você ganha o desconto.

Descontos para militares e servidores públicos

Desconto especial para os alunos da Unopar que atuam no setor militar ou como servidor público federal, estadual ou municipal.

O desconto na mensalidade se estende para o cônjuge ou filhos de até 24 anos do aluno. O percentual vale para todos os cursos da Unopar, presenciais e a distância.

Amigo Vale-Prêmio

O Amigo Vale-Prêmio oferece abatimentos para os alunos da Unopar que indicam a inscrição na faculdade para outras pessoas. Se estiver dentro do regulamento do programa, você ganha um percentual de desconto na mensalidade.

Isenção de matrícula

A isenção da taxa de matrícula é oferecida aos candidatos que participam do período de pré-matrícula da Unopar. Ou seja, você garante sua vaga em Relações Internacionais antes da maioria dos alunos e ainda não precisa pagar a matrícula, vai perder?

Faça sua inscrição de graça na Unopar!

As áreas de atuação são variadas para quem se forma na faculdade de Relações Internacionais. Como vimos, é uma área que exige um compromisso grande com os estudos e, principalmente, com a proficiência em uma ou mais línguas estrangeiras. Então, se você tem o sonho de seguir carreira como internacionalista, não perca tempo.

Estude em uma das melhores faculdades do país. Faça sua inscrição online no vestibular da Unopar de forma gratuita!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

[E-BOOK] EAD e empregabilidade: entenda a relação entre eles

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Skip to content