O que é o intraempreendedorismo e como atuar na área?

estudantes de intraempreendedorismo

Está buscando alternativas para impulsionar os resultados obtidos com a sua carreira? Deseja se destacar no mercado e obter melhores oportunidades profissionais? Então, este post foi feito especialmente para você! Nele, discutiremos o que é o intraempreendedorismo e quais são as suas características e sua importância para a vida profissional.

O nome pode parecer um tanto quanto complicado, mas, na verdade, o intraempreendedorismo é um conceito relativamente simples de ser compreendido. Ele é, por definição, a estratégia de empreender dentro de um empreendimento que já existe.

Opa, espera aí! Como assim? Calma, explicaremos tudo para você, nos seguintes tópicos:

  • O que é o intraempreendedorismo?
  • O que é preciso para atuar nessa área?
  • Quais são os benefícios dele para o crescimento dentro da empresa?
  • Como se tornar um intraempreendedor?
  • Como uma faculdade de Empreendedorismo pode ajudar nesse contexto?

Além disso, você vai conferir algumas dicas para que o intraempreendedorismo seja aplicado no dia a dia de sua vida profissional de forma segura e realmente eficiente. Vamos lá?

O que é o intraempreendedorismo?

De forma simples e direta, o intraempreendedorismo é o ato de empreender dentro de uma empresa que não foi criada por você. Mas, afinal, o que esse conceito significa na prática? Com exemplos, fica mais fácil de entender.

Pense que você encontrou um emprego superbacana naquela área que você sempre sonhou. Imagine que seja, por exemplo, uma loja que vende artigos para o mercado pet.

Digamos que você tenha sido contratado para cuidar do caixa, mas que, um belo dia, mostrou ao seu chefe as incríveis roupinhas para cães que você mesmo fazia em sua casa. Ele adorou, e você passou a vendê-las dentro da empresa, gerando algo que foi benéfico para você e para o pet shop ao mesmo tempo.

O termo intraempreendedorismo surgiu em meados da década de 1980, mas ficou meio obscuro até quase recentemente. O seu boom nos últimos anos aconteceu devido ao crescimento estrondoso do empreendedorismo no Brasil e no mundo. Há, inclusive, estimativas que mostram que, em nosso país, esse número mais do que triplicou em apenas 10 anos.

O que é preciso para atuar nessa área?

Esse é, claro, foi apenas um exemplo de como o intraempreendedorismo funciona. Para algumas pessoas, esse contexto quer dizer que o colaborador passa a atuar como “dono” do negócio. Isso, na prática, não é bem verdade — ainda que essa seja uma interpretação válida. No entanto, é sempre fundamental respeitar a hierarquia daquela empresa e não ultrapassar linhas importantes.

No entanto, é possível se destacar e, assim, trazer benefícios para a empresa e para a própria vida profissional, demonstrando que você realmente está apto a aprender mais sobre aquele ofício, que está sempre ao lado de sua equipe e que realmente veste a camisa daquele negócio.

Para isso, você precisa ter algumas características de empreendedores de sucesso. Elas incluem:

  • ser criativo;
  • ser proativo;
  • ter iniciativa;
  • ser bastante curioso;
  • conhecer os processos internos daquele negócio;
  • entender sobre gestão e outros assuntos pertinentes ao funcionamento da empresa.

A seguir, descobriremos mais sobre os benefícios de praticar o intraempreendedorismo. Falaremos sobre as vantagens para o colaborador e para o negócio como um todo. Vamos prosseguir?

Quais são os benefícios dele para o crescimento dentro da empresa?

À primeira vista, pode parecer que o intraempreendedorismo é uma prática de alguém que está tentando passar por cima da palavra de seus superiores. Aqui, é importante ressaltar, novamente, que limites devem ser respeitados. Respeito é fundamental! Dito isso, podemos afirmar: fique tranquilo.

Quando bem executada, essa prática é super bem-vista pelos empregadores. Ela demonstra que o colaborador é proativo, colaborativo, interessado, ambicioso e que realmente entende o que está acontecendo naquela empresa. Além disso, bons intraempreendedores são uma adição essencial para qualquer negócio, pois trazem ideias inovadoras e interessantes que possibilitam o crescimento do negócio.

Dessa forma, é como se o empregador recebesse uma consultoria personalizada de alguém que vive o dia a dia daquele negócio. O colaborador, por sua vez, ganha destaque e oportunidades profissionais, além de mais conhecimento sobre o ofício. Nesse contexto, todos saem ganhando — especialmente você, que será valorizado por seus superiores.

Como se tornar um intraempreendedor?

A seguir, confira algumas dicas para se tornar um intraempreendedor de sucesso dentro de sua empresa:

  • pratique a inteligência emocional;
  • tenha proatividade e interesse;
  • esteja sempre disposto a aprender;
  • conheça bem a empresa;
  • tenha um bom relacionamento com toda a equipe;
  • seja criativo e desenvolva suas habilidades socioemocionais;
  • peça e dê feedbacks;
  • invista em uma boa graduação para ter todo o embasamento prático e teórico necessário.

Ao trabalhar com questões como essas, é bem provável que você consiga se destacar no intraempreendedorismo. Todas esses pontos, é claro, podem ser trabalhados no contexto de uma graduação que tenha a ver com esse cenário. É justamente sobre isso que falaremos no próximo tópico!

Como uma faculdade de Empreendedorismo pode ajudar nesse contexto?

Já que mencionamos a importância de uma faculdade para empreendedor para uma formação sólida e eficiente, chegou a hora de discutirmos um pouco sobre uma das melhores opções de graduação para atingir esse objetivo: a de Empreendedorismo, que conduz o estudante a lidar com questões como a inovação em seu dia a dia profissional.

Aqui na Unopar, faculdade referência em ensino superior, oferecemos o curso de Empreendedorismo na modalidade Tecnólogo, com duração de dois anos. Por fazer parte do ensino EAD, essa graduação permite muito mais autonomia e controle de sua rotina, possibilitando a conciliação dos estudos com outras esferas da vida.

Aqui, você terá acesso a toda a infraestrutura necessária para conduzir seus estudos, como salas de aula virtuais, biblioteca digital e muito mais. Venha conhecer mais sobre esse incrível curso que o preparará de modo direto, unindo teoria, técnica e prática, a ser um grande empreendedor, mesmo dentro de uma empresa que não foi criada por você.

O que você achou de aprender mais sobre o intraempreendedorismo? Esse é um conceito que, apenas recentemente, tem ganhado força nos meios profissionais. Por isso, você já saiu na frente ao conhecê-lo antes de que muita gente saiba que ele exista! Agora, basta se preparar bastante e colocá-lo em prática em seu dia a dia profissional.

Entusiasmou-se com a possibilidade de criar e se reinventar nos negócios? Então, saiba, agora, como abrir a sua própria empresa em 7 passos!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Skip to content