O que é um servidor público e como se tornar um?

profissional servidora pública

A carreira de servidor público é uma das mais cobiçadas da atualidade. A função traz atrativos fortes, como altos salários, benefícios e, sobretudo, a estabilidade profissional. De modo geral, funcionários efetivados do estado têm direito a ocupar o cargo de maneira permanente.

Com tantas vantagens, você pode imaginar que a concorrência para esse tipo de vaga costuma ser intensa. Existem até pessoas que fazem disso uma meta de vida e acabam se tornando os chamados “concurseiros”.

Sendo assim, quem tem vontade de seguir uma trilha no serviço público precisa ter um plano eficiente. Neste post, você descobre exatamente o que é um servidor público e encontra dicas de como se tornar um. Continue a leitura e comece a organizar o seu futuro profissional!

O que é um servidor público?

Como vimos, essa profissão normalmente faz pensar logo na questão da estabilidade e no salário bom. Todavia, o sentido de servidor público vai além da segurança ou boa remuneração.

Então, o que é um servidor público? Como o próprio nome diz, é alguém serve, que presta serviços de determinado tipo. No caso, falamos do interesse público e de uma atuação dentro da estrutura do estado.

Servidor público é toda pessoa que trabalha para uma repartição da administração direta. Ela pode ter natureza federal, estadual ou municipal. Pessoas que estão integradas em cargos de prefeituras, assembleias ou tribunais podem receber esse título.

Mas as possibilidades se multiplicam, certo? Sabe o professorde escola estadual que se esforça em nome do conhecimento? Então, ele também é um servidor público.

E aquele funcionário do Banco do Brasil, o senhor simpático que sempre dá bom dia no atendimento do balcão? Sim, ele é um servidor público! Como também o são os funcionários do posto de saúde ao lado da sua casa, que dão vacinas e ajudam a preservar sua vida.

Portanto, o servidor público está presente nas mais diversas atividades que são administradas cotidianamente pelo estado. Mas é errado dizer que ele trabalha para o governo, pois ainda que os políticos eleitos mudem, o profissional vai continuar lá, zelando pelo bom funcionamento da sociedade.

Aliás, esse é um fator muito importante. Como veremos adiante, um dos motivos desse tipo de ocupação ser regulamentada por concursos é impedir que os cargos sejam usados como moeda de troca. Assim, os governantes podem se alternar, mas a base da administração pública permanece sólida.

O que faz um servidor público?

Essa talvez seja a questão mais difícil de responder. Como você já deve ter percebido, as tarefas dentro dos órgãos do estado podem variar bastante. Desse modo, o tipo de trabalho do servidor público também muda conforme o lugar.

A melhor definição do que faz um servidor público é servir à população. Dentro dessa missão ampla, ele pode exercer diferentes tipos de cargo. Os mais comuns são os comissionados, os efetivos, os vitalícios e os isolados.

Cargo comissionados

São cargos temporários, normalmente indicados por algum governante ou autoridade pública. Por exemplo, um Deputado Estadual tem direito a nomear um certo número de servidores para trabalharem em seu gabinete. Nesse caso, a duração máxima vai ser a mesma do mandato do político.

Os cargos comissionados também são conhecidos como cargos de confiança. Esse é um caso de função pública que dispensa a realização de concurso. Por esse motivo, é destinada quase sempre a preencher porções específicas da estrutura administrativa, como a comitiva de um legislador.

Cargos efetivos

Esse tipo de cargo é talvez o mais tipicamente associado à ideia de servidor público. Ele diz respeito àquelas posições ocupadas de maneira permanente, nas quais as pessoas adquirem estabilidade após cumprirem o estágio probatório.

Cargos vitalícios

Os cargos vitalícios são aqueles ocupados por magistrados, por servidores do Ministério Público, ministros do Tribunal de Contas da União ou outras atribuições correlatas. Trata-se sempre de cargos especiais que dão para a pessoa que ocupa um direito de permanência na sua função até se aposentar.

Cargos isolados

Por fim, existem cargos que não estão enquadrados de maneira precisa em nenhuma das categorias usuais. Assim, não preveem plano de carreira nem de salários, algo normalmente atribuído à responsabilidade assumida. O exemplo mais comum é o técnico de apoio administrativo.

Para finalizar este tópico, você sabe qual é a diferença entre cargo, emprego e função? Confira as definições para não ficar perdido:

  • cargo: atribuições previstas em lei na estrutura da Administração Direta, normalmente ocupadas por meio de concurso;
  • emprego: também é um encargo de trabalho dentro da estrutura administrativa. Mas, nesse caso, contratado no regime da CLT;
  • função: função pública significa apenas a atividade em si, isto é, a atribuição que o servidor deve assumir.

Qual é a média salarial de um servidor público?

Antes de abordarmos o salário, é importante ressaltar que os concursos públicos não contam com uma periodicidade estabelecida. Em geral, os diários oficiais de estados e municípios divulgam os editais assim que são liberados.

Existem várias áreas de atuação no setor público. Contudo, cada cargo dentro de um campo exige um concurso específico. A média salarial de um servidor público em diferentes especialidades inclui:

Como atuar no serviço público?

Em geral, os processos de seleção para o serviço público são regulamentados por concursos bem concorridos. Isso significa que o candidato depende, acima de tudo, dele mesmo e de sua capacidade de esforço. Não se esqueça da importância do ensino superior e de manter o conhecimento geral em dia para aumentar suas chances.

Teste Vocacional Rápido

É claro que você também pode ser nomeado para um cargo comissionado ou aprovado como empregado. Todavia, esse não deve ser o foco se quer alcançar a estabilidade e tentar encontrar o emprego dos sonhos.

Como se tornar um servidor público?

Quem sonha em ser um servidor público deve iniciar pelo concurso. Esse processo é essencial para selecionar os funcionários que atuarão nos órgãos e entidades públicas. Cada um é único, já que conta com benefícios, requisitos e regras que variam de cada instituição, além de se diferenciar dependendo do cargo disponível.

O candidato deve ficar atento ao edital, tendo em vista que esse documento apresenta todas as informações importantes sobre o concurso. Esse processo ocorre por meio de provas discursivas e objetivas, com questões abertas, estudos de caso e redação. Também pode fazer parte dessa etapa do exame a prova de títulos.

Nesse caso, os candidatos com qualificações mais elevadas receberão pontos extras na classificação. Para isso, é fundamental fazer um curso de graduação e especializações.

Vale a pena fazer faculdade antes de prestar concurso?

A formação superior é capaz de fornecer instrumentos e recursos que facilitam bastante a vida de quem vai prestar concurso público no futuro. O fato é que entrar em uma faculdade conceituada expande os horizontes e faz com que você identifique mais facilmente como reter os conhecimentos e como estudar.

Talvez você ainda não tenha percebido, mas uma graduação muda o jeito que você enxerga o mundo. Veja, a seguir, algumas vantagens de fazer faculdade antes de prestar concurso público!

Domínio do conteúdo

Cada prova exige um conhecimento específico ao preenchimento da vaga, o qual é distribuído nos assuntos listados no edital. Quem tem uma graduação no currículo se destaca, pois o entendimento das áreas é mais aprofundado.

Existe uma base comum de conteúdo que é cobrada na maior parte dos concursos, como interpretação de texto. Uma vez na faculdade, uma das atividades e requisitos é a leitura. Isso já conta com uma grande vantagem para os estudantes, que treinam suas habilidades discursivas e analíticas mesmo sem perceber.

Amplas opções de vagas

Alguns concursos são divididos em cargos de nível superior e médio. Quem tem um diploma em mãos pode tentar as duas opções, o que aumenta as chances de ser aprovado.

Lembre-se de que os de nível médio, por exigirem um conhecimento mais generalista, costumam ser mais concorrido do que os de nível superior, que são direcionados somente aos graduados em determinados cursos.

Percepção aguçada

Ao fazer um curso de graduação e entrar em contato com novas experiências e ideias, os alunos percebem como aperfeiçoar esses interesses para empregá-los na construção de uma carreira de sucesso. A faculdade consegue aguçar a percepção do estudante a respeito de si mesmo.

Ela proporciona um senso de propósito a todas as iniciativas que você toma, inclusive se tornar um servidor público. Tudo isso contribui para o alcance de um objetivo maior.

Quais são as faculdades mais procuradas para se tornar servidor público?

Muitos dos editais trazem vagas de servidor público especializadas. Por exemplo, determinada assembleia legislativa pode precisar preencher vagas tanto de Ciências Econômicas quanto de Análise e Desenvolvimento de Sistemas. Nesses casos, o concurso costuma exigir uma graduação específica no currículo.

Como a variedade das atividades é grande, qualquer área de graduação pode levar você ao serviço público quando for bem cursada. Você pode seguir sua vocação e fazer um curso de Engenharia Mecânica, de Psicologia ou de Arquitetura e Urbanismo.

Você vai encontrar tanto concurso para biomédicos quanto para historiadores. Seja qual for o caso, aUnoparoferece todos os saberes necessários para você atingir o seu objetivo. Ao estudar conosco, ainda pode conferir as melhores possibilidades na LFG e aprimorar os estudos.

Considere também dois fatores adicionais, dependendo do que estiver procurando. Primeiro, veja os cursos com mais vagas em aberto, como é o caso do Bacharelado em Direito. É uma especialidade que abre muitas portas nos setores do estado, desde tribunais até cartórios.

Depois, pense se você está mais interessado em algum setor específico ou na área pública como um todo. Se for na área em geral, o curso de Gestão Pública da Unopar é o mais adequado para você.

Invista na sua qualificação!

Agora que você já sabe o que é servidor público, saiba que essa opção traz muitas vantagens para a carreira, como estabilidade financeira e ocupação de bons cargos. Lembre que uma graduação ajuda a obter um bom cargo no serviço público e, por isso, é fundamental estudar em uma faculdade de qualidade e que dê todo o suporte aos alunos!

Gostou do post e quer estudar em uma das melhores faculdades do país? Então, inscreva-se já no nosso vestibular! Vamos juntos encontrar um caminho para seu sucesso profissional!

*Sujeito a alteração

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.1 / 5. Número de votos: 35

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Mudança de carreira: o guia prático para dar os primeiros passos

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Skip to content