Afinal, quanto ganha um professor de Educação Física?

profissional de educação física

Talvez pela relação com saúde e qualidade de vida, esta é uma das carreiras mais procuradas atualmente. Mas será que ela é mesmo uma boa opção? Afinal, quanto ganha um professor de Educação Física?

Embora a maioria dos professores nessa área ainda trabalhem em escolas públicas e particulares, o campo de atuação do profissional é muito amplo. A remuneração, por sua vez, pode variar muito, a depender do local de trabalho, da especialização e do tipo de serviço prestado por ele.

Para ajudar você a entender melhor como é o mercado dessa área e quais são as possibilidades de carreira, nós da Unopar elaboramos este post. Continue lendo e descubra os objetivos da graduação e o salário em Educação Física!

Qual é o objetivo da graduação em Educação Física?

A graduação em Educação Física habilita o profissional a planejar, coordenar e supervisionar atividades físicas e recreativas para os mais variados públicos e objetivos. Para isso, ele pode atuar em diversos ambientes, como escolas, academias, clubes etc.

O curso da Unopar, regulamentado pelo MEC, é oferecido em duas vertentes, ambas com 4 anos de duração. A Educação Física Licenciatura é destinada àqueles que desejam atuar como professores da disciplina em escolas ou seguir a carreira acadêmica e realizar pesquisas na área.

Já a Educação Física Bacharelado é o melhor caminho para quem busca um campo de atuação mais amplo: em academias, clubes, spas, hotéis, empresas etc. O treinador físico, como é chamado o profissional com essa formação, pode trabalhar também na promoção e reabilitação da saúde por meio da atividade física, além de esportes, turismo e eventos.

Dessa maneira, o curso aborda assuntos gerais da área de saúde e também matérias mais específicas ligadas ao esporte, em uma grade curricular completa com disciplinas como:

  • Nutrição;
  • Anatomia;
  • Fisiologia;
  • Biomecânica;
  • Atletismo;
  • Ginástica;
  • Dança;
  • Esportes Aquáticos.

Aqui na Unopar, oferecemos a Graduação em Educação Física EAD para os dois graus de formação. As aulas nessa modalidade de ensino acontecem em ambiente virtual, sendo mescladas com encontros presenciais que ocorrem em polos de apoio.

O aluno ainda tem a Avaliação Continuada, que dá aquela força a mais na motivação para estudar.

Quais são as áreas de atuação disponíveis?

Depois de formado, o profissional de Educação Física  deve se registrar no Conselho Regional de Educação Física (CREF), tornado-se apto a exercer suas atividades em diversas áreas:

  • escolas: a disciplina é obrigatória para a Educação Básica — fundamental e médio. Por isso, a demanda por professores é alta, e essa área concentra a maioria dos profissionais;
  • academias: nesse caso, o educador físico pode se especializar em musculação, atividades, aquáticas, desenvolvimento motor ou ginástica, além de atuar como personal training;
  • treinador esportivo: atua na preparação física ou treinamento de atletas profissionais e amadores em clubes e times das mais diversas modalidades;
  • assessoria esportiva: como instrutor de grupos em atividades específicas, como corrida, natação no mar, ciclismo e outras;
  • ginástica laboral: diversas empresas, especialmente de grande porte, contratam profissionais da área para comandar programas de atividades físicas oferecidos aos colaboradores no ambiente de trabalho;
  • reabilitação de movimentos: faz parte de uma equipe multidisciplinar em clínicas e hospitais de reabilitação no atendimento de pacientes que sofreram lesões que levaram à perda de movimento. O educador físico trabalha com médicos e fisioterapeutas para auxiliar na reabilitação motora e física;
  • turismo e eventos: é cada vez mais comum encontrar instrutores físicos em hotéis, resorts, spas e até navios. Eles planejam e propões atividades lúdicas e de recreação para hóspedes de qualquer idade;
  • esportes de aventura: modalidades como montanhismo, escalada, trilhas, rafting e mergulho ganham cada vez mais adeptos, abrindo uma oportunidade para os profissionais da área trabalharem como instrutores em eventos, empresas de turismo de aventura etc.

Como vimos, o campo de atuação é bastante amplo, e o salário do professor de Educação Física pode variar muito de acordo com local de trabalho e a forma que o serviço é prestado. Um personal training, por exemplo, pode receber bem mais atendendo em casa do que na academia. Há ainda a possibilidade de escalar os ganhos ao investir em tecnologia, elaborando treinos e dando aulas online para aplicativos.

Quais são as possíveis especializações da área?

Além da área de atuação, outros fatores influenciam em quanto ganha um professor de Educação Física — por exemplo, o tempo de experiência e o nível de especialização.

Como qualquer outra carreira, a Educação Física exige contante atualização e aprendizado. Assim, após a graduação, é importante investir em cursos de especialização e até no mestrado e doutorado.

Entre as áreas de pós-graduação mais badaladas temos:

  • Administração e Marketing Esportivo;
  • Psicologia do Esporte;
  • Biomecânica do Exercício;
  • Acupuntura;
  • Treinamento Desportivo.

O mercado de trabalho costuma oferecer oportunidades ainda melhores aos profissionais especialistas. Ao cursar um mestrado, por exemplo, você se habilita a dar aula para o ensino superior, com remuneração superior à do professor de educação básica.

Como é o mercado de trabalho para esse profissional?

De maneira geral, o mercado de trabalho para todas as áreas está cada vez mais competitivo. No entanto, a empregabilidade na área de Educação Física vem crescendo bastante, graças ao aumento do interesse das pessoas por um estilo de vida mais saudável.

Seja pelo envelhecimento da população, seja pela maior conscientização sobre prevenção de saúde, os brasileiros estão praticando mais atividades físicas. Essa procura gera um mercado em pleno desenvolvimento. Além disso, a educação básica sofre com a escassez de professores de todas as disciplinas, garantindo a oferta de empregos na área escolar.

De acordo com o site Catho, durante os meses de janeiro e maio de 2019, o curso esteve em sétimo lugar entre as áreas com mais contratações formais. Para saber como anda a oferta de trabalho para profissionais de Educação Física no seu município, acesse o Canal Conecta e faça uma pesquisa.

Quanto ganha um professor de educação física?

A média salarial do professor de Educação Física de ensino médio é de R$ 2.272,42. Porém, o salário varia com o tempo de experiência e o porte da escola. Uma vantagem é que, muitas vezes, é possível conciliar mais de um emprego na área.

Em outras áreas de atuação, o salário em Educação Física pode ser de:

Vimos que a carreira nessa área oferecer inúmeras possibilidades que interferem diretamente em quanto ganha um professor de Educação Física. Além de escolher bem o seu campo de atuação e especialização, é fundamental contar com uma formação consistente, escolhendo uma faculdade de qualidade que ajude você a se destacar no mercado. 

Então, se você ficou animado para cursar Educação Física, mas ainda falta passar para a faculdade, que tal saber mais sobre o Vestibular Online Unopar: como funciona e como fazer?

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.3 / 5. Número de votos: 6

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.