Fisioterapia Ortopédica: o que é e como trabalhar na área?

fisioterapia ortopédica

A Fisioterapia Ortopédica é a parte da Fisioterapia que interfere nos males causados pelas disfunções do sistema osteomioarticular (responsável pelos movimentos e pela sustentação do corpo) e aquelas que aparecem nos tendões.

Essa modalidade da Fisioterapia é a mais famosa e procurada pelos pacientes brasileiros, tornando o mercado de trabalho vasto em termos de vagas. Porém, para ingressar na área, é necessário se graduar em um curso de Fisioterapia. Além disso, vale pensar se a atividade combina com seu perfil.

Afinal, essa profissão exige estudo, dedicação e paciência com os assistidos. Quer saber mais sobre a Fisioterapia Ortopédica? Então, venha com a gente!

O que é a Fisioterapia Ortopédica?

Quando pensamos sobre o que é a Fisioterapia Ortopédica, temos que ter em mente que o conceito é bem amplo. Dessa forma, todo distúrbio em ossos, músculos, ligamentos e tendões pode ser submetido a essa especialidade da área.

A seguir, preparamos um pequeno resumo das atividades do dia a dia dessa profissão:

  • amenizar o quadro álgico (quando o paciente sente dores);
  • reduzir e exterminar processos inflamatórios;
  • diminuir edemas;
  • recuperar a força dos músculos;
  • expandir a amplitude dos movimentos;
  • restaurar a mobilidade;
  • aperfeiçoar o alinhamento postural.

Em muitos casos, a Fisioterapia Ortopédica precisa andar de braços dados com a Fisioterapia Neurológica –– aquela que atua em pessoas com os movimentos afetados em razão de lesões no cérebro ou na medula.

Mesclando os dois tipos de conhecimento, o fisioterapeuta consegue ajudar consideravelmente no aumento da qualidade de vida desses pacientes. Mais uma boa notícia: ambas as vertentes são ensinadas na faculdade de Fisioterapia.

Então, essa versatilidade é mais um motivo para você correr atrás do seu sonho e descobrir como funciona a Fisioterapia Ortopédica em suas várias facetas. Vamos lá?

Como funciona a Fisioterapia Ortopédica?

Quase sempre, o paciente de Fisioterapia Ortopédica chega ao fisioterapeuta por meio de uma indicação do médico ortopedista. São situações como desgaste por esforço repetitivo, problemas antes e após cirurgias, enfermidades congênitas e até mesmo traumas.

O profissional aplica recursos como cinesioterapia (terapia por meio de exercícios físicos), intervenções manuais, práticas de alongamento e fortalecimento do músculo, procedimentos eletrotermofototerápicos, entre outras estratégias e técnicas.

Outro ponto importante dessa carreira: os processos de recuperação demoram em muitos casos, o que obriga fisioterapeuta e paciente a conviverem por longos períodos. Por isso, o estudante de Fisioterapia deve ser alguém com calma e que goste de lidar com o público. 

Como atuar com Fisioterapia Ortopédica?

Mas de nada adianta saber o que é a Fisioterapia Ortopédica sem descobrir o que fazer para chegar lá, não é mesmo? Para entrar nesse mercado, você vai precisar cursar Fisioterapia e obter o diploma.

Depois, é só se inscrever no CREFITO (Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional). A partir daí, você pode escolher vários lugares para trabalhar: clínicas, centros de reabilitação, ambulatórios, hospitais, clubes esportivos, home care e muito mais!

A carreira tem uma média salarial de R$ 3.025,69* no Brasil, com teto de R$ 5.883,62*. Veja a seguir algumas opções de áreas dentro desse nicho.

Fisioterapia Preventiva

Uma das modalidades da Fisioterapia Ortopédica é a Preventiva, que serve para corrigir vícios de postura e evitar as consequências desses maus hábitos. Dizemos que ela é preventiva porque reduz o risco de lesões, fraturas e traumas que possam afetar o paciente no futuro.

Teste Vocacional Rápido

Nesse caso, o profissional vai passar e supervisionar a realização de exercícios que vão ajustar todo o equilíbrio da mobilidade do corpo.

Fisioterapia do Trabalho

Entre as várias opções de como atuar com Fisioterapia Ortopédica podemos destacar também a Fisioterapia do Trabalho. Geralmente, o fisioterapeuta atua em grandes indústrias, nas quais o trabalho repetitivo pode afetar a saúde dos colaboradores.

Assim, são feitas intervenções antes, durante e depois do expediente para preservar músculos e ossos. Para as empresas, esse profissional é fundamental para reduzir afastamentos médicos e garantir a produtividade. Os métodos servem também para diminuir as dores crônicas que, muitas vezes, as atividades laborais provocam nas pessoas.

Fisioterapia Esportiva

Com um bom currículo de Fisioterapia, você pode escolher a categoria Esportiva, ajudando atletas na recuperação de traumas e impactos. Para isso, o fisioterapeuta elabora um programa de exercícios específico para cada esporte e pessoa. Por mais que um fisio atenda uma equipe, os tratamentos são sempre individualizados.

Mas a Fisioterapia Esportiva também serve para ajudar o competidor a desenvolver movimentos com maior desempenho. Nesse caso, o especialista vai aprimorar o condicionamento físico para determinada habilidade: saltar, correr, ganhar força etc.

 Fisioterapia Pré e Pós-Operatória

Em determinadas cirurgias, o paciente precisa de Fisioterapia depois da operação ou até mesmo antes de passar pelo procedimento. Nessas circunstâncias, o profissional contribui para a cicatrização da área afetada, ajudando a evitar hipotrofia e falta de força nos músculos.

Por meio de movimentos precisos, esse especialista faz com que a pessoa se recupere com o mínimo possível de sequelas e limitações.

Qual é o melhor caminho para fazer esse curso?

Agora que você já sabe como funciona a Fisioterapia Ortopédica, chega o momento de pensar na escolha da faculdade. Nesse sentido, tomamos a liberdade de apresentar a Fisioterapia da Unopar.

Com 5 anos de duração, nosso curso deixa o aluno pronto para fazer diagnósticos, tratamentos de lesões e até mecanismos de prevenção a traumas e demais problemas do sistema musculoesquelético. Mais um conhecimento oferecido em nossa grade é a Fisioterapia aplicada à respiração e à saúde pélvica feminina.

Aqui, desenvolvemos uma metodologia humanizada e focada na resolução de problemas. Mais do que ensinar disciplinas, vamos mostrar como criar um raciocínio clínico.

Para isso, o aluno vai lidar de perto com pacientes nos estágios obrigatórios e durante as aulas. Outro diferencial da Unopar é a categoria semipresencial, modalidade de ensino a distância, com atividades presencias. Assim, é possível flexibilizar seu processo de formação, tornando-o mais ajustado à sua vida atual.

Escolha a Unopar!

E então, acha que a Fisioterapia Ortopédica pode ser a chance de realizar seus sonhos? Afinal, é uma carreira sólida, com muitas oportunidades e salários atraentes. Além disso, para quem gosta de Relações Humanas e Ciências Biológicas, essa profissão traz muita satisfação pessoal.

Que tal começar sua jornada agora mesmo? É fácil: inscreva-se no vestibular da Unopar!

*Valores sujeitos à alteração

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 4

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Mudança de carreira: o guia prático para dar os primeiros passos

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Skip to content