Tudo sobre o curso de Radiologia

Radiologia

Em 1901, o físico alemão Wilhelm Conrad Rontgen foi o primeiro vencedor do Nobel de Física pela sua descoberta dos Raios X. A partir de então, a Medicina poderia observar o interior do corpo humano sem causar danos à saúde dos pacientes. Hoje, os exames que usam a radiação fazem parte de uma área de atuação ampla, conhecida como Radiologia.

As pessoas que têm interesse em trabalhar nessa área podem fazer o curso Tecnólogo em Radiologia, uma formação de nível superior que garante ao estudante as técnicas e o conhecimento necessário para ingressar no mercado de trabalho.

Tem interesse? Aproveite o nosso guia completo sobre o curso de Radiologia para tirar suas dúvidas e conhecer todas as suas vantagens da área. Boa leitura!

Afinal, o que é Radiologia?

Por ser uma área ampla, nada melhor do que explicarmos, antes de qualquer coisa, o que significa a Radiologia como um todo. Logo em seguida, você vai encontrar todos os detalhes sobre o curso superior.

A Radiologia é bastante conhecida por ser uma área da Saúde. Seu aproveitamento em clínicas, laboratórios e hospitais está relacionado ao diagnóstico por imagem. Trata-se da produção de imagens de regiões do corpo que contribuem para o diagnóstico e tratamento de pacientes.

Os exames radiológicos utilizam a radiação ionizante para revelar detalhes do corpo humano que seriam impossíveis de serem vistos a olho nu. Os mais famosos são a mamografia, o ultrassom e a ressonância magnética. Com as imagens, os médicos podem interpretar melhor o estado de saúde dos pacientes.

Os profissionais responsáveis pela emissão das imagens são os radiólogos. São eles que conduzem os exames, orientam os pacientes durante o processo e garantem a qualidade das imagens emitidas pelo maquinário. Para seguir essa carreira, as formações mais comuns são o técnico e, principalmente, o curso superior de Radiologia.

Os profissionais formados em Medicina podem optar por fazer uma especialização ou residência médica em Radiologia após a graduação. Fora da área de saúde, a Radiologia também tem uma aplicação no setor industrial, principalmente em fábricas que utilizam a radiação ionizante na linha de produção de alimentos e fármacos.

Como é o curso superior de Radiologia?

O curso de Tecnólogo EAD em Radiologia forma profissionais capacitados para executar os protocolos de exames radiológicos e as técnicas radiológicas, radioterápicas e as radioisotópicas, nas mais diferentes áreas de atuação da profissão.

Confira abaixo mais informações sobre o curso superior.

Duração do curso

Radiologia é um curso de curta duração da Unopar. São aproximadamente 3 anos de graduação para obter o diploma e ingressar no mercado de trabalho.

É um tempo mais curto do que as graduações de Bacharelado. Afinal, os cursos de Tecnólogos na Unopar têm a proposta de serem formações rápidas, com conteúdo voltado para as habilidades e ferramentas da profissão.

Modalidade de ensino

Na Unopar, o curso de Radiologia é oferecido na modalidade de ensino a distância semipresencial. Isso significa que uma parte das atividades do curso superior é feita em um polo EAD da Unopar, escolhido pelo estudante, e outra parte das atividades é realizada pela internet, no Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA).

O estudante matriculado ganha acesso à plataforma e, por lá, tem acesso a um suporte pedagógico e à biblioteca da faculdade. Além disso, recebe as aulas e os conteúdos para agregar na sua formação como tecnólogo.

Habilidades desenvolvidas durante o curso

O radiólogo fica responsável por uma série de etapas técnicas para os processos radiológicos. Por isso, desde a graduação, algumas habilidades precisam ser desenvolvidas.

  • preparar os pacientes para a realização dos exames radiológicos;
  • avaliar a intensidade de radiação emitida pelo maquinário;
  • garantir a qualidade das imagens produzidas para diagnósticos médicos;
  • realizar o acompanhamento em serviços de Medicina nuclear e Radioterapia;
  • fazer o controle de qualidade de produtos no setor industrial.

Por que investir em uma faculdade de Radiologia?

Agora que você já sabe o que é Radiologia e como funciona o curso superior da área, confira as principais vantagens de investir nessa formação!

Chance de crescimento na área de Saúde

Uma das vantagens de cursar o Tecnólogo em Radiologia é que o profissional pode ocupar, além das atividades mais operacionais, cargos de gestão e supervisão nas suas áreas de atuação, principalmente em clínicas e hospitais.

Quem faz apenas a formação técnica de Radiologia, oferecida por muitas instituições de ensino, não pode aproveitar essa oportunidade de crescimento na área. Por isso, é importante considerar esse fator se você ainda não sabe se deve fazer técnico ou faculdade.

Possibilidade de fazer uma especialização depois do curso

Quem se forma como tecnólogo em Radiologia está concluindo um curso de nível superior, e o diploma pode ser seu passaporte para entrar em uma pós-graduação: mestrado ou MBA. O melhor de tudo é que você só precisa passar mais 2 anos para concluir uma especialização e, com isso, se diferenciar nas seleções do mercado de trabalho.

Profissionais pós-graduados são procurados e encontram oportunidades com salários mais altos, comparados a quem tem apenas uma graduação ou formação técnica.

Remuneração atrativa

A média salarial do tecnólogo em Radiologia é de R$ 2.069,24*, segundo relatório do site Salário, mas a remuneração do radiólogo ainda pode aumentar de acordo com seu nível de experiência na área e o cargo desempenhado. Segundo a mesma pesquisa anterior, o salário pode chegar a R$ 3.532,30* (teto salarial), conforme o grau evolução do profissional.

Diferentemente de uma pessoa com a formação apenas de técnico, quem tem o curso superior tecnólogo em Radiologia pode ocupar cargos de maior nível hierárquico em centros médicos que utilizam procedimentos radiológicos –– além de fazer uma especialização e disputar vagas com salários ainda maiores.

Quem se forma em Radiologia também tem a possibilidade de passar em concursos voltados para candidatos com curso superior. Vagas de concursos públicos para graduados e pós-graduados oferecem salários altos e melhores condições de trabalho.

Além disso, vale lembrar que as formações na área de saúde estão entre as melhores faculdades para concurso público.

O que se estuda no curso de Radiologia?

Na grade curricular de Radiologia na Unopar, o estudante vai se deparar com conteúdos focados no mercado de trabalho para aprender, na prática, o que a realidade da profissão mais demanda no dia a dia.

A grade curricular abrange os desafios e as habilidades exigidas do radiólogo nas suas diferentes áreas de atuação. Abaixo, confira as principais matérias de Radiologia na Unopar:

  •  Anatomia das Imagens;
  •  Anatomia e Fisiologia Humana;
  •  Biossegurança;
  •  Dosimetria das Radiações;
  •  Exames Radiológicos em Contraste;
  •  Exames Radiológicos Especiais;
  •  Física Aplicada à Radiologia;
  •  História da Radiologia;
  •  Legislação em Radiologia;
  •  Mamografia e Densitometria Óssea;
  •  Medicina Nuclear e Radioterapia;
  •  Orientação Profissional;
  •  Patologia Geral e Radiológica;
  •  Primeiros Socorros;
  •  Proteção Radiológica;
  •  Radiologia Convencional;
  •  Radiologia Industrial;
  •  Radiologia Odontológica;
  •  Radiologia Veterinária;
  •  Ressonância Magnética;
  •  Técnicas Radiológicas;
  •  Tomografia Computadorizada.

Qual é o perfil para estudar e trabalhar em Radiologia?

Você ainda tem dúvidas se o trabalho na Radiologia é para você? Caso a resposta seja sim, nada melhor do que entender, por A mais B, quais são as características do estudante (e futuro profissional) que favorecem o pleno exercício da profissão de radiólogo, que tal?

Separamos, a seguir, as principais características do perfil ideal para estudar e trabalhar na Radiologia. Confira e veja se essa área é para você!

Interesse pela área de Saúde

O curso de Radiologia é destinado às pessoas que têm curiosidade de aprender e se aprofundar em conceitos da área de Saúde –– principalmente de Biologia, Física e Química. Para quem ainda não descobriu do que mais gosta de estudar, uma dica interessante é se lembrar das matérias que você mais gostava durante o ensino médio.

Como Radiologia é um curso da área de Saúde, você já pode esperar conceitos de Anatomia, Histologia e Biossegurança, além de práticas de primeiros socorros e algumas noções de Química e Física Aplicada. Serão detalhes importantes para a rotina da profissão.

Bom relacionamento interpessoal

Assim como outros profissionais de Saúde, o radiólogo precisa saber ouvir o paciente para assegurar seu bem-estar na realização de exames, além de passar as devidas orientações e tranquilizá-lo quando necessário.

Fora o contato direto com os pacientes em clínicas e hospitais, o profissional precisa trabalhar em grupo, supervisionar a atuação de outras pessoas e prestar esclarecimentos. Por isso, o bom relacionamento interpessoal é uma habilidade fundamental — e que pode ser desenvolvida e melhorada com o passar do tempo.

Responsabilidade com normas de segurança

O trabalho do radiólogo em clinicas e hospitais demanda o uso de maquinário que emite radiação no corpo humano, algo que pode ser prejudicial à saúde se não forem consideradas as normas de segurança e o respeito às etapas de cada processo.

Quais são os diferenciais da Unopar?

Quem escolhe estudar Radiologia na Unopar ganha acesso exclusivo a uma série de vantagens e opções de qualificação para o mercado de trabalho. Continue a leitura para conhecer todos os diferenciais da Unopar!

Vestibular online

Você não precisa sair de casa para se inscrever e participar do vestibular da Unopar. O processo funciona 100% pela internet por meio do Portal Vestibulares. Por lá, o estudante escolhe o curso e tem acesso à área do candidato para realizar a prova. Bastam alguns dias para o resultado ser divulgado. Tudo online, rápido e fácil!

Qualificação para ingressar no mercado de trabalho

Além de uma grade curricular voltada para os desafios da área de atuação, o estudante da Unopar tem acesso a treinamentos e atividades extracurriculares.

Confira, logo a seguir, a lista de formas de qualificação que você aproveita ao se tornar um estudante da Unopar.

  • Trilhas de Carreira: monte a sua trilha para desenvolver as habilidades que o mercado de trabalho mais procura;
  • Aula Destaque: aproveite aulas online com profissionais conceituados no mercado de trabalho. É uma oportunidade de aprender com dicas e os depoimentos de quem tem anos de carreira;
  • Habilidades Digitais: atividades extracurriculares 100% online para você desenvolver as principais competências da era digital.

O estudante da Unopar ainda ganha acesso às vagas divulgadas no Canal Conecta, um portal online de empregabilidade com oportunidade de emprego e estágio em todo o país.

São muitas formas de qualificação que a Unopar oferece para ajudar você a dar um salto da graduação direto para o mercado de trabalho.

Bolsas de estudos

Se você precisa economizar na mensalidade, conheça as opções de bolsas de estudo oferecidas para os estudantes que querem estudar na Unopar:

  • Bolsa Enem: use sua nota do Enem para conquistar uma bolsa de estudo na faculdade e, dependendo do seu desempenho, você pode conquistar 100% de bolsa;
  • Bolsa Transferência: desconto até o final do curso para os estudantes que transferem a graduação para a Unopar;
  • Bolsa Incentivo: desconto especial destinado aos estudantes com dificuldade financeira que não podem pagar o valor integral da mensalidade.

Outras opções de desconto

A Unopar criou outras opções de desconto na mensalidade para os alunos que não se encaixam nos critérios para receber as bolsas de estudo. Veja as oportunidades logo abaixo.

  • desconto exclusivo para todo estudante que trabalha como miliar ou como servidor público municipal, estadual ou federal;
  • desconto para os alunos que quitam a mensalidade em dia (concedido apenas para quem está matriculado nos cursos EAD escolhidos para o benefício);
  • isenção de matrícula para quem participa do período de pré-matrícula da Unopar;
  • alunos que trabalham em empresas conveniadas com a Unopar ganham desconto nos cursos de graduação e pós-graduação da faculdade;
  • Amigo Vale-Prêmio: desconto especial para os estudantes que indicam a Unopar para colegas e familiares que ainda não são matriculados na faculdade (a indicação precisa estar de acordo com as normas do programa para receber o benefício).

Ensino com foco no aluno

O sistema de ensino da Unopar prepara você para o mercado de trabalho de uma forma dinâmica e interativa. O corpo docente, formado por professores com títulos de mestres e doutores, leva para a sala de aula casos reais da profissão.

Somado a isso, o sistema de avaliação continuada da Unopar permite que cada esforço dos alunos seja reconhecido e valorizado durante o semestre. Assim, cada passo da sua jornada acadêmica vai ser refletido no seu rendimento!

Como está o mercado de trabalho de Radiologia?

A Radiologia é uma área de atuação da saúde que está no radar de novos médicos, técnicos e tecnólogos. Isso acontece, principalmente, por conta do amplo campo de atuação oferecidos aos profissionais. O radiólogo pode prestar seu serviço não apenas em hospitais, mas também em laboratórios, clínicas, centros de diagnóstico e até em fábricas.

Na área de saúde, sua principal responsabilidade é executar os exames radiológicos, o que envolve coordenar a posição do paciente na máquina, avaliar a intensidade da radiação emitida por ela e garantir que o paciente tenha retirado objetos metálicos durante o exame. O resultado é repassado para o médico que avalia a região do corpo revelada pelas imagens.

Outro fator que explica o bom momento para o mercado de Radiologia é a alta demanda de profissionais na área de saúde. Nos últimos anos, a procura por técnicos e tecnólogos de Radiologia cresceu bastante. Nos primeiros semestres de 2020, durante a pandemia da Covid-19, a busca por esses profissionais cresceu em 732% nos hospitais.

Além das oportunidades de trabalho, o profissional radiólogo precisa saber lidar com a alta concorrência na área de saúde. Afinal, ser um profissional de destaque demanda o esforço de pensar em novas formas de atualização. Esse é uma postura necessária para construir uma carreira de sucesso, seja lá em que segmento você decide trabalhar.

Com a criação de novos cursos de graduação nos últimos anos e a chegada de profissionais ao mercado de trabalho, a concorrência ficou ainda mais acirrada. Na disputa por espaço, investir em networking e buscar uma especialização após o curso superior são algumas estratégias inteligentes para colocar em prática.

Quais são as atuações do profissional formado em Radiologia?

A atuação do tecnólogo em Radiologia é classificada de acordo com os exames radiológicos que o profissional precisa executar. Cada exame demanda procedimentos e normas específicas. Além disso, existe uma atuação fora da área de saúde, que é o trabalho desempenhado pelo radiólogo no setor industrial.

Uma curiosidade é que o profissional de Radiologia pode prestar seus serviços a mais de um local, trabalhando como autônomo. Por exemplo, trabalhar no setor industrial, mas prestar atender também em um hospital particular. É uma oportunidade de ganhar uma renda extra e diversificar seus rendimentos.

Quer construir esse futuro? A seguir, vamos entender os detalhes sobre as áreas de atuação do profissional de Radiologia. Confira!

Raio-X

Também conhecido como radiografia, o raio-X é um dos exames por imagem mais solicitados por médicos para a realização de diagnósticos precisos. Ele acontece por meio de um feixe de radiação que passa pelo corpo do paciente e gera as imagens.

Existem vários tipos de raio-X, que se diferenciam de acordo com a região do corpo que é avaliada no exame. Cada um deles tem um protocolo que abrange desde a posição do paciente até o nível de radiação emitia pela máquina. O profissional de Radiologia deve realizar o exame seguindo os protocolos.

Assim como acontece com os demais exames radiológicos, o tecnólogo formado em Radiologia pode fazer uma especialização para se aprofundar no raio-X e se tornar um especializa no exame.

Tomografia

A tomografia é conhecida por ser um exame não invasivo e estar muito presente na rotina de um profissional de Radiologia. Seu funcionamento se baseia na junção dos equipamentos de raio-X, com computadores capazes de produzir imagens dos órgãos internos de um paciente.

O exame acontece no tomógrafo. No centro da máquina, há um túnel pelo qual atravessa uma mesa de exame que desliza para dentro e para fora. O tubo de raio-x se move em volta do paciente durante essa movimentação e emite feixes de radiação.

Ressonância magnética

A ressonância magnética é um exame que não usa a radiação ionizante na produção das imagens do interior do corpo de um paciente. Ele é realizado em um magneto, um tubo no qual o paciente entra e fica deitado em uma maca. A máquina avalia o corpo por meio de pulsos de radiofrequência e campos magnéticos.

O profissional de Radiologia deve posicionar o paciente corretamente no magneto e colocar um dispositivo chamado “bobina” ao redor da parte do corpo que será examinada. Mas, antes disso, é preciso que o especialista tenha atenção às restrições da ressonância magnética, como evitar que a pessoa entre na sala de exame com objetivos metálicos.

Mamografia

A mamografia é o principal exame para o diagnóstico do câncer de mama. O procedimento é realizado no mamógrafo, aparelho formado por duas placas que pressionam a mama e emitem a radiação na região para gerar as imagens. O exame rastreia assimetrias, nódulos e lesões que não seriam vistos a olho nu por um médico.

Para a realização da mamografia, cabe ao profissional de Radiologia seguir o protocolo específico do exame para garantir a qualidade das imagens, o que envolve orientar e posicionar corretamente a paciente na máquina.

Radiologia Industrial

A radiologia tem uma ampla participação no setor industrial. As suas características vão além da aplicação da radiologia médica nas fábricas, pois o objetivo dos profissionais que usam a radiação na indústria não é ajudar no diagnóstico de pacientes, mas fazer o controle de qualidade de produtos.

Na indústria alimentícia, por exemplo, a produção de imagens com radiação ionizante contribui para a identificação de falhas no nível químico de alimentos, microrganismos que podem ser danosos à saúde dos consumidores finais e irregularidades nos materiais.

Na indústria automotiva e siderúrgica, os emissores de radiação ajudam a identificar descontinuidades em materiais metálicos, o que pode prejudicar a performance dos equipamentos produzidos.

Faça a inscrição no vestibular!

Agora, você está mais perto de garantir sua vaga na faculdade de Radiologia. Se essa é a área que tem tudo a ver com seu perfil profissional, vá em frente e faça sua inscrição no vestibular. Com salários atrativos e oportunidades no mercado de trabalho, você não vai se arrepender de construir sua carreira na área.

E aí, o que está esperando? Inscreva-se agora no vestibular online da Unopar e venha estudar com a gente. Esperamos você!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.4 / 5. Número de votos: 37

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Oops! Invalid captcha, please check if the captcha is correct.