7 dicas de como conciliar estágio e trabalho

como conciliar estágio e trabalho formal

A importância de passar pela experiência de ser um estagiário é muito comentada no mercado de trabalho. Porém, uma dúvida comum para diversas pessoas é: como fazer estágio se eu trabalho? É possível conciliar as duas coisas?

A realidade é que, na maioria das vezes, essa situação nem é uma escolha, mas uma necessidade do estudante — inclusive por motivos financeiros, que podem impactar diretamente a continuação dos estudos. Isso quer dizer que não dá para fugir de nenhuma das duas obrigações.

Pensando nisso, resolvemos listar algumas sugestões de como tentar resolver esse impasse. Então, se você precisa de dicas, não deixe de acompanhar os tópicos a seguir!

1. Organize os seus horários de aula para encaixar o estágio

O primeiro passo para encontrar alternativas é organizar o seu horário de aulas. Em muitas instituições de ensino, os compromissos acadêmicos não são distribuídos em apenas um período do dia ou de forma regular, o que pode comprometer bastante o seu tempo disponível e dificultar a questão do trabalho ou do estágio.

Portanto, o ideal é conseguir concentrar as aulas o máximo possível para não ficar com uma agenda tão difícil de encaixar outras atividades. Essa pode ser uma oportunidade de colocar o estágio em algumas janelas de aulas, sem deixar de cumprir a carga horária da faculdade.

Além disso, monte um cronograma para visualizar com maior facilidade quais são os intervalos livres e programar os estudos — que também devem fazer parte da sua rotina, já que fazer uma graduação não é somente frequentar as aulas. Tenha a certeza de que a organização será sua grande aliada para dar conta de tudo e passar por essa fase exigente com sucesso.

2. Tente fazer o estágio aos finais de semana

Se a sua semana já está muito sobrecarregada, talvez seja melhor deixar o estágio para os finais de semana. Assim, você consegue manter um ritmo mais equilibrado, sem sacrificar tanto os horários de estudo ou as suas noites de sono.

É claro que estagiar no fim de semana também vai ser um sacrifício e, provavelmente, os seus momentos de descanso e lazer serão reduzidos. Contudo, pense que essa é a hora de fazer esse tipo de esforço, e que não vai durar para sempre — afinal, os estágios obrigatórios têm uma quantidade de horas limitada que devem ser cumpridas pelo estudante.

Então, um outro caminho é conversar com o contratante para avaliar a chance de trabalhar aos sábados e domingos.

3. Aproveite as férias para fazer estágio

Essa é uma ideia que pode ser aproveitada de duas formas diferentes: fazer o estágio nas férias da faculdade ou nas férias do trabalho.

Ou seja, quando houver a possibilidade de ter uma folga, nada melhor do que aproveitar esse tempo para cumprir a missão de ser um estagiário. A vantagem dessa opção é não ficar tão atarefado, até porque um dos seus compromissos (o estudo ou o trabalho) estará no modo recesso.

Por exemplo, quem estuda pela manhã e entra no período de férias pode deixar essa parte do dia para uma nova ocupação. Nesse caso, a dica é levar os estudos a sério para ser liberado o quanto antes, podendo adiantar as horas do estágio.

4. Faça estágio na própria empresa onde trabalha

Pode ser que você não tenha considerado essa oportunidade, mas não há nada que impeça que o estágio seja realizado na mesma empresa que você já trabalha. Para isso, deve haver um acordo entre as duas partes (estagiário e contratante) para definir os horários e as atividades que devem ser realizadas.

Aliás, esse é um ponto importante. Apesar de não existir problema em ser um funcionário contratado e estagiário ao mesmo tempo, estamos tratando de duas funções distintas que devem ser respeitadas em suas diferenças. Isto é, os horários não podem coincidir e as tarefas também precisam ser estabelecidas.

É como se dois “personagens” diferentes comparecessem à empresa para trabalhar. O estagiário que cumpre o seu papel em determinado período e setor, para depois chegar o funcionário que é responsável por outras tarefas (ou vice-versa). Um dos benefícios dessa hipótese é que a sua rotina vai ser facilitada por fazer as duas coisas no mesmo lugar, evitando perder tempo com deslocamento e outros fatores.

5. Negocie com o seu chefe

Outra dica para conciliar estágio com trabalho é tentar negociar com o seu chefe, se nenhuma das outras possibilidades foi viável — ou se você preferir fazer esse tipo de acordo. Uma conversa sincera pode render bons frutos e uma alternativa que seja boa para ambos.

Um verdadeiro gestor sabe reconhecer a importância que uma graduação tem para a formação de um profissional. E quando o estágio é requisito obrigatório para a conclusão do curso, o aluno precisa encontrar uma saída para não ser prejudicado.

Então, organize os seus pensamentos e exponha o que está acontecendo para o seu responsável dentro da empresa. Se fazer o estágio no mesmo estabelecimento não for possível, uma ideia é reduzir a carga horária por um tempo até que a etapa de estágio seja cumprida em outro lugar. Essa flexibilidade no trabalho vai salvar sua vida e o canal Conecta pode ajudá-lo a encontrar um novo trabalho.

6. Avalie a possibilidade de fazer um estágio remunerado

Aproveitando a dica do canal Conecta, uma outra ideia é conseguir um estágio remunerado para conciliar a necessidade de cumprir essa etapa, sem passar dificuldades financeiras. Na plataforma, você encontra oportunidades nas melhores empresas do Brasil, todas em parceria com a Unopar!

7. Opte por uma faculdade EAD

Por último, considere as vantagens do ensino a distância para facilitar o seu dia a dia. Querendo ou não, a modalidade presencial oferece menos autonomia e demanda mais tempo — um recurso que precisa ser otimizado na sua rotina.

O fato de poder estudar de qualquer lugar com acesso à internet e escolher o melhor horário para fazer isso é realmente vantajoso para quem precisa conciliar trabalho, estudo e estágio. Logo, vale muito a pena apostar em uma faculdade EAD. Aqui na Unopar sabemos do valor do estágio para o crescimento profissional e para a entrada no mercado de trabalho, por isso, temos diversos cursos EAD para quem precisa dessa flexibilidade na rotina durante a graduação.

No fim das contas, o que não pode acontecer é ficar preso na dúvida “como fazer estágio se eu trabalho?”. Essa é uma situação que vai exigir que você saia da sua zona de conforto, encontrando uma alternativa para fazer o seu estágio e aproveitar essa oportunidade de enriquecer sua formação. Por mais que seja cansativo, saiba que essa é uma grande chance de crescimento!

O que você achou das nossas dicas para conciliar estágio e trabalho? Viu só como não é impossível? Para continuar acompanhando as nossas publicações, siga os nossos perfis nas redes sociais. Fique de olho no Instagram, no Facebook, no Twitter e no YouTube!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.3 / 5. Número de votos: 13

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Skip to content