Qual é o salário de um engenheiro da computação?

engenheira da computação

O curso de Engenharia da Computação tem o salário depois de formado como um dos seus principais atrativos. Por ser uma área conectada com as necessidades do mundo de hoje, os profissionais são bastante valorizados, e você também pode ser ao conquistar o seu diploma.

A formação se caracteriza por ser mais generalista. O graduado é habilitado para uma ampla variedade de serviços: desenvolvimento, implementação e gestão de redes, bancos de dados, softwares, hardwares etc. É a oportunidade de iniciar praticamente qualquer das carreiras da Tecnologia da Informação.

Então, se você se identifica com o tema, continue a leitura deste conteúdo. Ao longo do artigo, abordamos os pontos fortes da Engenharia da Computação, especialmente os salários e benefícios desse segmento de mercado. Por aqui, você verá:

Quanto ganha um engenheiro da computação?

O salário médio para o profissional de Engenharia da Computação é de R$ 9.455,00 na função de engenheiro de software. Já os engenheiros de hardware e os de sistemas computacionais ganham na faixa de R$ 6.822,59, considerando as admissões e as demissões no período de maio a dezembro de 2019.

Os números foram obtidos por meio da plataforma Salário, que faz a análise na base de dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED). Na página, também vemos que o salário-base, menor salário encontrado para o grupo de trabalhadores, é R$ 3.693,74 para o profissional de software e R$ 3.721,62 para o de hardware.

Já o piso salarial, valor mínimo fruto de negociações coletivas com sindicatos, está em R$ 8.629,62 para o engenheiro de software e em R$ 6.226,90 para o engenheiro de hardware da computação.

Por sua vez, no Guia Salarial da Robert Half de 2020, os vencimentos do engenheiro de software giram em torno de R$ 10.050,00 a R$ 20.450,00. Porém, na carreira sugerida pelo guia, há cargos de hierarquia ou funções menores, que são os de entrada nas organizações:

  • analista de suporte júnior— R$ 2.700,00 a R$ 5.500,00;
  • analista de testes júnior — R$ 3.100,00 a R$ 6.300,00;
  • desenvolvedor back-end júnior — R$ 3.100,00 a R$ 6.288,00;
  • desenvolvedor front-end júnior — R$ 3.100,00 a R$ 6.300,00;
  • desenvolvedor mobile júnior — R$ 3.100,00 a R$ 6.300,00.

A lista de cargos não se baseia na Classificação Brasileira de Ocupações (CBO), mas nas nomenclaturas sugeridas pela consultoria em suas pesquisas de mercado.

Considerando as duas fontes, podemos ver uma tendência a salários na faixa de R$ 3 mil nas posições de entrada na carreira, podendo ultrapassar os R$ 5 mil ou, até mesmo, os R$ 10 mil com o crescimento profissional e as promoções. Logo, é uma área com bom retorno para quem deseja iniciar no mercado de trabalho ou fazer a mudança de carreira.

Quais são as áreas de atuação mais bem pagas?

O Bacharelado em Engenharia da Computação não abrange apenas os setores de desenvolvimento de software e hardware. Com base no Guia Salarial da Robert Half, podemos identificar outras carreiras na área com excelente remuneração.

Big data

O profissional de Big Data é responsável pela análise de grandes volumes de dados, para identificar padrões e tendências capazes de melhorar a tomada de decisão. Dentro do segmento, a faculdade de Engenharia da Computação pode render bons salários na área de Business Intelligence (BI).

O segmento fornece elementos para criar e melhorar planos e estratégias de negócios. Um analista júnior, nessa carreira, tem salário de R$ 3.850,00 a R$ 7.850,00 em média. Já o profissional pleno ganha de R$ 6.200,00 a R$ 12.550,00. E, na posição de maior destaque, o Cientista de Dados ganha de R$ 13.100,00 a R$ 26.700,00.

Gerência e direção

Em quase todas as áreas, os maiores salários estão nas funções de direção e gerência das áreas. A Engenharia da Computação tem um salário bastante interessante nesse sentido, logo, não foge a regra de conceder ótimos ganhos para os gestores.

Um gerente de infraestrutura de TI, por exemplo, ganha na faixa de R$ 13.900,00 R$ 28.300,00. O gerente de dados, por sua vez, ganha entre R$ 15.450,00 R$ 34.600,00. Por fim, o CIO, Chief Information Officer (diretor de informação), maior cargo executivo do segmento de tecnologia, ganha entre R$ 27.050,00 e R$ 55.000,00.

Consultor ERP

O consultor ERP é responsável por auxiliar as empresas na construção dos sistemas internos de gestão. O ERPs são softwares que fazem os departamentos “conversarem” em um único local, sendo possível gerir tudo de maneira integrada. Os salários desse profissional giram em torno de R$ 11.600,00 a R$ 23.550,00.

Segurança da Informação

Os profissionais de segurança da informação são os responsáveis por garantir a integridade, a disponibilidade e a autenticidade dos dados. É uma carreira em franca ascensão, devido ao valor cada vez mais elevado dos bancos de dados e a publicação de leis mais rigorosas, como a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD).

O analista de segurança da informação júnior ganha de R$ 3.500,00 a R$ 7.050,00. Na posição de analista pleno, os valores sobem para faixa de R$ 5.400,00 a R$ 11 mil. Por fim, o coordenador de segurança da informação recebe de R$ 11.300,00 a R$ 18 mil.

O que o profissional pode fazer para potencializar os ganhos?

Em nossa conversa sobre quanto ganha um engenheiro da computação, vimos que há grande diversidade de ocupações e variações salariais, não é mesmo? Agora, podemos refletir sobre quais pontos aumentam as oportunidades profissionais e merecem a sua atenção para já entrar no mercado preparado. Confira!

Busque um diploma reconhecido

Ao bater à porta de um recrutador, o recém-formado ainda não terá grandes realizações profissionais. Talvez algumas experiências na faculdade façam parte do currículo, e elas são importantes, mas dificilmente haverá grandes projetos e cargos-chave para citar.

Por isso, um fator fundamental é ter um diploma reconhecido pelo mercado. Ao fazer o curso na Unopar, você será bem-visto pelos melhores empregadores. Logo, terá acesso aos melhores projetos profissionais, bem como a benefícios, planos de carreira, treinamentos internos etc. E, como uma bola de neve, será, cada vez mais, bem-preparado.

A mensalidade EAD, nesse sentido, tem um excelente custo-benefício. O curso semipresencial de Engenharia da Computação, que integra essa categoria, otimiza os benefícios das duas modalidades de ensino, sendo a combinação ideal para se formar. Além disso, há diferentes opções de ingresso, como pelo vestibular EAD, pelo Enem ou por bolsas e financiamentos.

Priorize o desenvolvimento de competências

Preocupe-se, também, em buscar uma instituição de ensino que ajude você a construir competências com base em vivências profissionais, especialmente as comportamentais, como liderança, trabalho em equipe, inovação, criatividade, capacidade de aprender etc.

Uma case de sucesso nessa área é o Canal Conecta. Nele, os alunos da Unopar se inscrevem para vagas de emprego e estágio nas melhores organizações, como Itaú, Santander e Huawei. Assim, é possível desenvolver competências da área de Engenharia da Computação, trabalhando em bancos de dados, segurança, redes e suporte, entre outras atividades.

Reflita sobre a identificação com a área

Para crescer profissionalmente, será preciso manter os estudos mesmo após a faculdade. Logo, a identificação com a área contribui bastante, pois afeta a motivação para sempre se atualizar e perseguir o melhor para sua carreira.

Uma dica é acessar a página do curso de Engenharia da Computação e ler o guia de percurso. O arquivo detalha as matérias, as áreas de atuação, o perfil profissional e outras informações úteis para você entender se realmente quer seguir a carreira. É a sinopse do que virá ao longo da formação.

Faça networking profissional

Por fim, desde cedo, forme a sua rede de contatos profissionais. Ter pessoas para trocar experiências, indicar e ser indicado para posições em empresas e firmar parcerias de negócios faz parte da construção de uma carreira de sucesso.

Nesse sentido, a modalidade semipresencial, em que o aluno frequenta a faculdade de 1 a 2 dias por semana e realiza o restante do curso online, contribui bastante. Com ela, você mantém o contato com colegas e professores, além de acompanhar de perto os eventos e atividades do polo de ensino. Logo, terá inúmeras oportunidades para ampliar o networking.

Sendo assim, a graduação da Unopar é o primeiro passo para construir a sua carreira de sucesso. Afinal, a Engenharia da Computação tem um salário bastante promissor, mas, apenas com uma formação adequada às necessidades do mercado, você estará preparado para as melhores oportunidades.

Decidiu-se por investir nessa graduação? Então, confira todas as formas de ingresso na Unopar e venha construir o seu futuro profissional conosco!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.9 / 5. Número de votos: 10

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.