Vestibular EAD: entenda quais as formas de ingresso nessa modalidade

mulher fazendo vestibular ead

O ensino a distância tem ganhado cada vez mais adeptos no Brasil e no mundo. De acordo com dados divulgados, em 2019, pela Abed (Associação Brasileira de Educação a Distância), cerca de 9 milhões de estudantes (um aumento de 17% em relação ao levantamento anterior) conduzem seus estudos nessa modalidade. Mas, afinal, como é o vestibular EAD?

Essa é uma dúvida muito comum, especialmente se considerarmos o fato de o ensino a distância (e suas vertentes, sobre as quais falaremos mais à frente) ser, de certa forma, uma novidade em nossa sociedade. O processo de adaptação, portanto, envolve a resolução de dúvidas de maneira clara e objetiva.

Esse é o nosso objetivo neste bate-papo! Ao longo de nossa conversa, esclareceremos várias questões sobre o EAD, inclusive como funciona o seu vestibular, quais são as suas modalidades e muito mais! Ao fim do artigo, listaremos também uma série de dicas com o objetivo de deixar você preparado para esse processo seletivo.

Como funciona o ensino a distância?

O ensino a distância, como o conhecemos hoje, é uma modalidade educacional relativamente recente. No entanto, sua história é bastante antiga: há relatos de que cursos desse tipo eram ministrados no século XVIII. Já nas últimas décadas, eles passaram de meros cursos profissionalizantes a graduações e pós-graduações completas, revolucionando completamente a educação tradicional.

Muitas pessoas têm um certo receio com esse tipo de ensino por acreditar que ele não é eficaz ou até mesmo válido profissionalmente. Esse é um pensamento comum, mas bem equivocado, já que a educação a distância é reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), além de fiscalizada pelo mesmo órgão, que exige o cumprimento de diretrizes e de padrões de qualidade, assim como ocorre com os cursos presenciais.

Além disso, seu diploma não só é válido em todo o território nacional, como é, atualmente, valorizado pelos empregadores dos mais diversos ramos. O mercado atual entende as vantagens e a demanda pelo EAD. Sendo assim, ele é completamente abraçado por esse meio, inclusive quando consideramos que muitas qualidades do aluno EAD são importantíssimas para os colaboradores das empresas.

O ensino a distância funciona de diversas maneiras, como veremos a seguir. No entanto, o uso da tecnologia é uma constante em todas as modalidades desse tipo de educação. Agora, chegou a hora de descobrir um pouco sobre as suas diferenças. Vamos lá?

Quais são as suas principais modalidades?

Quando falamos sobre ensino a distância, é comum pensar ser uma graduação feita completamente longe de um polo presencial. Como explicamos no tópico anterior, isso não é verdade. Mas, apesar desse detalhe, nem todos os cursos EAD funcionam da mesma maneira.

Há, em síntese, algumas subdivisões e características inerentes a cada uma delas quando falamos sobre educação a distância.

A primeira é o 100% online, no qual a grande maioria das matérias é ministrada completamente online, por meio de aulas virtuais e de outros recursos tecnológicos. Ainda assim, nesse caso, é comum que o aluno precise se deslocar ao polo presencial em certas ocasiões, como para a realização de algumas provas.

O segundo tipo de ensino a distância é o semipresencial, no qual algumas aulas ocorrem exclusivamente de maneira presencial, ou seja, na própria faculdade.

Há diferença para o vestibular presencial e o EAD?

A resposta direta para essa pergunta é: depende. O vestibular para um curso a distância pode tanto ocorrer da mesma forma que para um curso presencial ou apresentar algumas diferenças. A seguir, discutiremos sobre todas essas variantes de modo que você possa compreendê-las sem maiores problemas.

O vestibular tradicional, no EAD, ocorre da mesma maneira do que nos cursos presenciais. Aqui, o estudante faz a sua inscrição e, no dia da prova, comparece ao polo presencial selecionado. Lá, a prova correrá exatamente como acontece em outros tipos de processos seletivos. Há, ainda, a opção de agendar esse exame em alguns casos.

No entanto, essa não é a única forma de realizar o vestibular. Em alguns cursos e instituições, também é possível realizar o vestibular online – como aqui na Unopar 🙂 Aqui, as regras são um pouco diferentes e variam de instituição para instituição. É sempre interessante ler bem o edital e tirar as suas dúvidas com a equipe responsável.

Além dessas, há outras formas de ingresso para os cursos EAD. Não sabe quais são elas? Não se preocupe! A seguir, discutiremos esse ponto de maneira mais completa. Assim, você consegue preparar-se adequadamente para esse grande momento e, claro, conhecer as suas alternativas de ingresso no ensino superior.

Quais são as principais formas de ingresso?

Agora que já sabemos um pouco sobre como funciona esse tipo de processo seletivo, vamos descobrir quais são as formas de ingresso mais comuns para o ensino a distância. Saiba mais a seguir.

Vestibular tradicional

O primeiro método de ingresso é o vestibular tradicional. Logo acima, já falamos sobre ele, que pode ser apresentado de 3 formas: tanto na forma de vestibular comum — no qual o estudante dirige-se até o polo presencial da faculdade —, agendado — igual ao comum, mas com um horário marcado — ou online — feito a distância, com o auxílio de um computador.

Esse é, muito provavelmente, o método de ingresso mais conhecido. Aqui, na Unopar, a seleção é feita por meio de uma redação.

A preparação para esse tipo de teste consiste no estudo específico para cada prova. Cada instituição tem suas particularidades, cobra assuntos diferentes e muito mais. Por isso, o candidato precisa estar sempre atento a essas características e fazer uma preparação personalizada para a faculdade em que pretende estudar.

💡 Confira nosso post e saiba como funciona o vestibular da Unopar e mais informações 🙂

Nota do Enem

Outra maneira de ingressar no ensino superior em uma faculdade a distância é utilizando a nota do Enem, o Exame Nacional do Ensino Médio. Aqui, as alternativas são bem variadas: algumas instituições fornecem bolsas próprias utilizando esses dados, enquanto outras fazem uso de programas oferecidos pelo governo federal para realizar essa seleção.

O programa utilizado para esse ingresso é o Prouni (Programa Universidade para Todos), que consiste na oferta de bolsas de 50% ou 100% para estudantes que se enquadrarem em alguns dos critérios estabelecidos pelo governo. Eles são:

  • estudantes que cursaram o ensino médio completamente na rede pública (ou em escolas particulares com bolsa);
  • estudantes com renda familiar bruta de até 1,5 salário mínimo (para bolsas de 100%) ou 3 salários mínimos (para bolsas de 50%).

Além disso, professores da rede pública e alunos com deficiência conseguem concorrer a esse programa. A nota mínima para que o candidato possa participar é de 450 pontos, e a redação não pode, em hipótese alguma, ser zerada. Fique de olho nessas regras para participar!

Segunda graduação

Achou que acabou? Ainda não! Outra forma de ingresso, cada vez mais comum, é a bonificação para estudantes que já têm uma graduação completa. Essa é uma ótima forma de complementar a sua formação e tornar-se ainda mais qualificado e preparado para o mercado de trabalho!

Aqui na Unopar, estudantes que ingressarem por meio da segunda graduação não precisam fazer o vestibular. Para isso, basta dirigir-se a um polo presencial de sua preferência com os seguintes documentos e efetuar a matrícula:

  • RG;
  • CPF;
  • histórico escolar;
  • diploma da primeira graduação;
  • histórico das disciplinas cursadas para aproveitamento.

Essa medida é extremamente interessante, pois possibilita a qualificação remota de pessoas que precisam, em seu dia a dia, conciliar questões como os estudos e a carreira, que já está em andamento. Bacana, não é mesmo?

Transferência

Por fim, precisamos falar sobre uma última forma de ingresso, ainda pouco difundida e conhecida. Ela também está disponível na Unopar, que está sempre antenada com as tendências educacionais e faz de tudo para ajudar você conquistar uma qualificação privilegiada no ensino superior!

A transferência externa consiste na mudança de um curso de outra instituição para a Unopar. Para dar início ao seu processo, o candidato pode iniciar a solicitação da transferência online ou comparecer presencialmente a uma das unidades da faculdade, portando os seguintes documentos originais:

  • RG;
  • CPF;
  • histórico atualizado da faculdade de origem (no máximo 6 meses);
  • atestado de vínculo com a faculdade de origem;
  • disciplinas cursadas (essencial para o aproveitamento de estudos).

Lá, a equipe responsável dará início ao processo de transferência, fazendo as devidas orientações ao estudante referentes aos prazos e ao que esperar nos próximos passos. Veja qual é a unidade mais próxima de você e dê o pontapé inicial nessa nova etapa de sua vida.

Como se preparar para conquistar uma vaga?

O preparo para uma vaga em uma faculdade EAD não será diferente do tipo de cuidado que você tem ao preparar-se para um curso presencial. Os vestibulares, como vimos, podem tanto ser presenciais quanto online, mas isso não muda em nada um ponto importante: é preciso estudar muito para os processos seletivos.

Além disso, como falamos, há a opção de ingressar em cursos EAD por meio do Enem, um exame que exige um preparo bastante conciso por parte do estudante. Independentemente de qual seja o método escolhido por você, é importante preparar-se ao longo do ano para não fazer feio na hora das provas.

A primeira recomendação para mandar bem nos estudos é a elaboração de um bom cronograma. Esse tipo de cuidado é primordial para evitar problemas como a procrastinação ou a confusão na hora de separar as matérias e organizá-las. Lembre-se, também, de que a disciplina é importantíssima não só para essa preparação, mas para todo o curso a distância.

Além disso, estar sempre atento aos prazos e aos editais é muito importante. Nesse documento, por exemplo, muitas vezes há uma listagem do que precisará ser estudado para as provas e muito mais. Nunca subestime a importância de uma leitura minuciosa das informações contidas por ali!

Como é o processo para o vestibular EAD na prática?

Chegou o momento mais esperado de toda a conversa: o passo a passo para inscrever-se em um vestibular de uma faculdade da modalidade EAD! A seguir, veremos, de maneira explicada, o que deve ser feito para que você possa, finalmente, dar esse novo e importante passo em sua vida acadêmica.

Escolha a instituição

O primeiro passo para dar início à sua jornada no ensino a distância é, sem dúvidas, escolher a instituição na qual você pretende estudar. Aqui, o ideal é buscar faculdades que sejam renomadas na área EAD e, claro, que atendam às principais demandas desse segmento educacional.

Alguns pontos a que você deve estar atento incluem:

  • capacitação do corpo docente;
  • infraestrutura da instituição;
  • utilização de tecnologias;
  • suporte oferecido ao estudante (tutorias, plantões de dúvidas, entre outros);
  • qualidade das aulas virtuais;
  • possibilidade de interação entre estudantes e professores;
  • reconhecimento do curso pelo MEC.

Com esses cuidados, é possível fazer uma escolha segura! A Unopar é uma faculdade referência no ensino a distância e que conta com todas as qualidades mencionadas em nossa lista. Ela é, portanto, a opção perfeita para que você dê esse novo passo em sua carreira!

Escolha o curso

O segundo passo é a escolha do curso. Embora nem todas as graduações estejam disponíveis na modalidade EAD — por razões como a necessidade de estar integralmente em contato com as aulas presenciais —, muitos cursos são disponibilizados dessa forma, seja no ensino completamente a distância, seja na forma semipresencial.

Os cursos de graduação envolvem diversas áreas, como: Humanas (Administração, Artes Visuais, Arquitetura, entre outras); Exatas (Engenharia Civil, Engenharia Mecânica e Química) e Biológicas (Biomedicina, Enfermagem, Nutrição, Odontologia e muito mais!). Além disso, há a possibilidade de cursar graduações nas modalidades Tecnólogo, Bacharelado e Licenciatura.

A lista é muito vasta, e você terá muitas opções para escolher. Opte por aquela que una o útil ao agradável, ou seja, que realize um sonho e que, ao mesmo tempo, seja viável como plano de carreira, trazendo possibilidades de crescimento profissional e pessoal.

Defina qual o polo presencial

Depois disso, é chegada a hora da definição do polo presencial. Ainda que você não precise se deslocar até ele muitas vezes — especialmente no caso dos cursos completamente a distância —, é fundamental que ele esteja próximo de você ou bem localizado, com acesso simplificado.

Já no caso da escolha de modalidades de ensino do tipo semipresencial, você precisará deslocar-se até a faculdade com uma frequência maior — ainda que não seja como nos cursos exclusivamente presenciais. Nesse caso, a importância de uma escolha consciente do polo presencial é ainda mais incisiva.

Em caso de dúvidas sobre a melhor opção, sempre entre em contato com a instituição antes de efetuar a sua inscrição e conheça melhor cada uma das opções disponíveis. Esse é um passo muito importante para a sua graduação!

Agende a prova

O passo seguinte consiste no agendamento da prova. Ainda que muitas instituições ofereçam o vestibular tradicional — ou seja, em que todos fazem o exame no mesmo instante —, como comentamos, muitas delas também contam com a opção de agendamento, que pode ser tão interessante quanto.

Os benefícios da prova agendada incluem a possibilidade de você fazer os seus próprios horários — uma das características mais marcantes do ensino a distância — e uma tranquilidade maior no momento da prova. Como menos pessoas estarão prestando o exame naquele momento, é mais provável que você se sinta um pouco mais seguro.

Isso, é claro, não é uma regra, mas apenas uma recomendação. O processo de autoconhecimento, essencial para o sucesso no ensino a distância, começa já aqui — perceba o que é melhor para você e vá em frente com aquilo que decidir!

Verifique se a prova é presencial ou online

Além de escolher o polo presencial e agendar a sua prova, é fundamental que você tire, desde já, algumas dúvidas sobre o exame e a sua aplicação. A principal delas é a modalidade da aplicação: a prova será presencial ou feita completamente online?

Provas diferentes demandam preparações diferentes e, claro, uma organização bastante diversa. Conhecer essa distinção é fundamental para que você se prepare da forma mais adequada possível e não deixe tudo para a última hora.

Sendo assim, verifique se a prova será feita presencialmente ou online e prepare-se para esse momento. Deixe tudo pronto no dia anterior, separe a documentação necessária e esteja preparadíssimo para enfrentar as questões para, assim, garantir a sua tão sonhada vaga no ensino superior.

Entenda como funciona a prova

Nossa próxima dica é absolutamente fundamental para qualquer que seja o tipo de prova prestado por você — incluindo o Enem. Conhecer bem o exame que será prestado é um passo imenso rumo à aprovação, o que vale para absolutamente qualquer processo seletivo que alguém passe ao longo da vida.

Mais uma vez, precisamos repetir que provas diferentes têm características e demandas muito diversas. Isso vai desde o conteúdo programático de cada exame — o que é cobrado nas questões — ao estilo de linguagem da prova, que pode variar bastante de instituição para instituição.

A melhor forma de conhecer esse tipo de variação é fazer provas antigas. Esse preparo deixará você muito à frente, além de mais ambientado e tranquilo no momento do exame. Tirar dúvidas com a própria instituição e ler o edital também são pontos essenciais para preparar-se e conhecer melhor as particularidades da prova que você prestará.

Prepare-se para a redação

A redação é outro ponto essencial das provas de vestibular. No Enem, inclusive, ela tem um peso enorme, sendo contada como um caderno completamente único. Sendo assim, não dá para vacilar, não é mesmo?

Assim como as provas, as redações de cada instituição têm suas particularidades e regras próprias. Conhecê-las é, mais uma vez, extremamente importante. No entanto, isso não é tudo: o treinamento também será essencial para que você construa textos bem feitos e adequados a cada processo seletivo.

Por isso, sempre confira as regras para a criação de suas redações e treine bastante. A recomendação é que um texto seja feito semanalmente, mas essa frequência pode variar muito de acordo com as suas necessidades. Mais uma vez, o autoconhecimento é fundamental!

Confira o resultado

Esse passo pode parecer irrelevante, mas infelizmente o número de pessoas que se esquecem de conferir os resultados de suas provas — por uma grande variedade de razões — é bem alto. Por isso, ressaltamos a importância de estar sempre atento aos prazos e às datas estipulados nos editais e, claro, conferir seu e-mail e seus canais de comunicação com a devida frequência.

Verificar o resultado é um processo que não pode ser deixado de lado. Por isso, configure um alarme ou um lembrete em seu celular para o dia marcado, ou até mesmo deixe lembranças em um lugar visível e que não passará batido por você.

Esse tipo de cuidado é essencial para evitar a rodagem da lista. Isso ocorre quando o candidato não se matricula ou não demonstra interesse na manutenção de sua vaga. Ela é, assim, passada aos próximos concorrentes da lista.

Efetue a matrícula

Por fim, é chegado o grande momento: a hora de fazer a matrícula! O pior já passou, e a vaga é quase sua. Por isso, nada de se complicar agora, certo? Verifique bem quais são os documentos exigidos pela instituição — ou pelo Prouni, no caso da obtenção desse tipo de bolsa — e tenha todos eles em mãos!

A dica é: nunca deixe para o último dia. Assim que obtiver o resultado, comece a correr atrás de toda essa documentação. Muitas vezes, idas ao cartório podem ser solicitadas, além da realização de cópias e segundas vias.

Por isso, faça uma lista de tudo que será preciso e comece a separar tudo quanto antes. Isso trará mais tranquilidade para você ao longo do processo e fará com que seja muito mais simples resolver algum problema caso ele surja ao longo do caminho.

Como podemos ver, o vestibular EAD tem algumas diferenças em relação ao processo seletivo tradicional, mas nem por isso ele é complicado, não é mesmo? O importante é estar sempre atento às datas e ao edital, além de escolher uma boa instituição de ensino para dar continuidade aos seus estudos.

A melhor opção de faculdade EAD é, sem dúvidas, a Unopar! Conheça mais sobre o nosso processo seletivo, cursos e outras informações no vídeo abaixo:

Faça a sua inscrição no vestibular da Unopar

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 4

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Skip to content