8 habilidades essenciais para um especialista em Marketing Digital

mulheres especialistas em marketing digital

O especialista em Marketing Digital desenvolve habilidades muito diferentes daquelas de um especialista do Marketing chamado de “tradicional”. Quando as novas tecnologias e a internet permitiram divulgar produtos e serviços online, muita coisa mudou.

Hoje, vários anos depois dessa mudança, algumas coisas podem ser ditas com muita certeza a respeito desse novo Marketing. Por exemplo, é sabido que ele se difere do Marketing tradicional por ser mais fácil de medir, dinâmico e preferencialmente mais focado nas culturas de nicho.

O profissional de Marketing Digital adquiriu muita relevância nos últimos anos, o que, por vezes, é expresso no seu salário — a remuneração média do especialista é de R$ 7.208. Leia este artigo até o fim e confira as habilidades essenciais para integrar-se a essa área!

O que é preciso para ser um especialista em Marketing Digital

Aqui na Unopar, temos o cuidado de oferecer um curso de Marketing Digital que abrange a aptidão típica dos profissionais da área de Comunicação com a aderência aos números, tão necessária no novo Marketing. Afinal, sem medir resultados, ninguém vai longe nessa profissão.

As habilidades que vamos abordar a seguir são:

  • Visão estratégica
  • Conhecimento de ferramentas tecnológicas
  • Inovação
  • Pioneirismo
  • Foco em resultados
  • Rapidez na tomada de decisões
  • Pensamento analítico
  • Facilidade para adaptar-se a mudanças

Lembre-se que elas não são inatas, devendo, portanto, ser desenvolvidas e apuradas, sobretudo porque a formação do especialista em Marketing Digital é multidisciplinar.

1. Visão estratégica

Embora a criatividade seja uma habilidade importante para trabalhar na área, os profissionais de Marketing Digital sabem que não devem se fiar apenas nela.

Tudo que fazem é fruto de planejamento, e esses planos estão intimamente ligados ao panorama estratégico de uma empresa: que imagem ela quer passar, quais são suas metas de vendas anuais, em que posição e quanto de faturamento o negócio pretende apresentar ao final de 5 anos, por exemplo.

2. Conhecimento de ferramentas tecnológicas

O trabalho no ambiente digital precisa ser organizado e metódico. Para que isso seja possível, existem inúmeros softwares — preferencialmente em nuvem, já que o home office e outras opções de trabalho flexível são comuns nesse meio — que os profissionais usam na sua rotina.

São soluções que organizam e distribuem tarefas entre o time, fazem gerenciamento de conteúdo (o Marketing Digital não sobrevive sem conteúdo), emitem relatórios, examinam tendências e outros.

A Google é uma das principais criadoras e fornecedoras desses softwares, mas eles não são exclusividade de marcas grandes. Várias empresas pequenas, inclusive brasileiras, oferecem soluções únicas para o mundo todo.

3. Inovação

O ambiente digital é fluido, e as verdades mudam de um dia para o outro. Para trabalhar com Marketing Digital, é imprescindível não se ater a regras absolutas e ser capaz de reinventar-se com frequência.

4. Pioneirismo

Há uma frase célebre que diz: “Você não vai atingir melhores resultados fazendo o que todo mundo faz”. Então, é da índole do especialista em Marketing Digital apegar-se a ideias novas e que servem a clientes específicos.

Tudo isso, claro, só tem valor se puder ser testado e validado. Com o uso da tecnologia, especialistas conseguem verificar rapidamente qualquer hipótese, e as opiniões cedem lugar a números. Ou seja, nada de achismo ou de afirmações vagas.

5. Foco em resultados

Tudo que é feito por esses especialistas é documentado, seja em planejamento, seja em relatórios. O Marketing Digital faz sucesso por causa da sua capacidade de emitir análises comparativas e pelo fato de nunca se descolar de um objetivo.

Esse objetivo é o primeiro passo para qualquer campanha, e os profissionais vão lembrar dele a cada nova ação. Os resultados são fundamentais, porque a maior parte das empresas sabe que, por vender serviços e não produtos, a continuidade de um cliente depende dele.

Não é raro, inclusive, que esses profissionais chamem a atenção de seus próprios clientes para que parem de se ater às chamadas “métricas de vaidade” e meçam resultados reais, como vendas e faturamento.

6. Rapidez na tomada de decisão

Quando se tem facilidade de medir, não pode haver hesitação nas decisões. Então, muita coisa muda da noite para o dia. Aliás, muitos são os casos em que é necessário sustentar decisões aparentemente absurdas, mas que se respaldam em números.

A equipe de atendimento ao cliente do Marketing Digital, que costuma ser conhecida como customer success, está ao lado deles na maior parte do tempo para ajudar nessa tomada rápida de decisões. Em alguns casos, há troca de mensagens ou telefonemas diários.

7. Pensamento analítico

No final do século 20, o Marketing era considerado um ramo das Ciências Sociais. Afinal, ele tinha estreita relação com a Publicidade e a Propaganda. Nessa época, quase todos os seus profissionais vinham da Comunicação.

Hoje, ainda existe um enorme conhecimento acumulado que veio dessa época. No entanto, há áreas do Marketing Digital centradas em performance: análise do desempenho de anúncios, números da conversão de leitores em leads (clientes em potencial) e assim por diante.

O funil de marketing, ferramenta herdada do Marketing tradicional, deixou de ser uma mera abstração para tornar-se um modelo de conversão de tráfego de um site em clientes.

8. Facilidade para adaptar-se a mudanças

Como dissemos, ótimas soluções aplicadas em larga escala em um determinado período podem deixar de existir no ano seguinte. O mundo digital e tecnológico exaure e descarta com muita facilidade alguns modelos de trabalho, e isso faz parte do jogo.

Assim, não existem verdades absolutas no Marketing Digital, e seus especialistas não podem se apegar a fórmulas nem engessar procedimentos. Tudo deve ser rápido, mínimo e deve haver foco no principal, ignorando detalhes, quando necessário.

Se você pretende trabalhar nesse campo, é bom saber que sairá de casa todos os dias sem muita ideia da rotina que vai enfrentar.

Até mesmo os processos que dão origem a essas rotinas são revistos com frequência, passando por pequenas melhorias diárias, o que é conhecido como Growth Driven Design, uma mentalidade orientada para o crescimento lento e constante.

Em outras palavras, o especialista em Marketing Digital lida com um segmento muito específico e cheio de particularidades. Não é à toa que os cursos de Marketing Digital e Marketing são oferecidos separadamente.

Se quiser saber um pouco mais como o curso de Marketing Digital funciona, não deixe de ler o nosso artigo sobre as novidades dessa graduação aqui na Unopar. Ele está atualizado com as tendências para o ano de 2020!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

saiba sobre os cursos unopar

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.