O que faz um gestor de Recursos Humanos na prática?

profissional de rh

O gestor de Recursos Humanos ganhou protagonismo nos últimos anos. Com a maior importância da informação e do conhecimento para as empresas, o departamento deixou de ser apenas responsável por questões operacionais, reposicionando-se como um setor-chave: o RH estratégico

Com essa mudança, os profissionais formados no curso de Gestão de Recursos Humanos agora lideram o desenvolvimento de competências nas empresas, contratando, qualificando e mantendo os melhores talentos nos quadros. Além disso, precisam cuidar do ambiente de trabalho e da motivação, a fim de ter o máximo de produtividade e eficiência das equipes de funcionários. 

Neste conteúdo que preparamos aqui na Unopar, abordamos o que é um gestor de Recursos Humanos e quais são as funções desse profissional. Tire suas dúvidas e conheça uma área com excelentes oportunidades de trabalho! 

Como é o mercado de gestão de RH? 

Originalmente, o departamento de RH é uma unidade de prestação de serviços internos. Nele, são desenvolvidos os processos relacionados com os colaboradores, como gestão de documentos, contratações, demissões, pagamentos e cumprimento de obrigações trabalhistas. 

Com o passar do tempo, o setor passou a ter uma atuação estratégica, estando alinhado com o planejamento da empresa. A ideia é que, assim como os recursos materiais, financeiros e tecnológicos, os objetivos da organização dependem de pessoas, que são responsáveis por dar a dinâmica aos demais fatores, empregando-os em tarefas, processos, produtos, serviços etc. 

O patrimônio das empresas representado pelo conjunto de conhecimentos, habilidades e atitudes das pessoas se chama capital humano. Esse é um dos bens mais importantes da atualidade, principalmente pelo valor da informação e do conhecimento para um negócio se manter competitivo e adequado às exigências de mercado. 

Com a mudança do papel do RH, os gestores de Recursos Humanos também passaram a ser encarados como profissionais estratégicos. Para você ter uma noção da valorização profissional, a Pesquisa Salarial da Catho registra os seguintes salários ao longo da carreira de gestão de RH: 

  • analista pleno — R$ 3.058,93*;
  • supervisor — R$ 5.705,63*;
  • coordenador — R$ 6.055,18*;
  • gerente — R$ 7.897,02*; 
  • diretor — R$ 22.178,08*.

A trajetória até o cargo de gestor geralmente começa com o trabalho de assistente de Recursos Humanos ou de analista de Recursos Humanos. Quando a pessoa demonstra entendimento do negócio e capacidade de liderança, é interessante para empresa tirá-la dessas posições de perfil mais técnico e colocá-la na gestão do departamento, seção ou equipe. 

O que faz um Gestor de Recursos Humanos? 

A lista de atividades varia, principalmente, com o nível de desenvolvimento do departamento na empresa. Quanto mais alinhada às melhores práticas e tendências, maiores serão atribuições estratégicas e voltadas para o desenvolvimento do capital humano. 

Dito isso, as funções principais do gestor de Recursos Humanos estão ligadas ao planejamento, controle e direção das seguintes atividades

  • estratégias de clima organizacional; 
  • administração dos processos de recrutamento e seleção (R&S); 
  • treinamento e desenvolvimento dos colaboradores (T&D); 
  • implementação de programas de benefícios; 
  • desenvolvimento e gestão de políticas de Recursos Humanos. 

Para saber se essa é a faculdade certa para você, o ideal é conhecer as atribuições caso a caso. Vamos lá? 

Adoção de estratégias de clima organizacional 

O clima organizacional é a percepção dos colaboradores sobre o ambiente e relações de trabalho. Atualmente, é considerado o mecanismo mais eficiente para entender a qualidade de uma organização enquanto empregadora, porque avalia a visão dos próprios funcionários. 

O papel do gestor de RH é identificar pontos em que a experiência dos profissionais não é adequada, aplicando as medidas corretivas necessárias. Exemplos são problemas com os chefes, conflitos no ambiente de trabalho, falta de perspectiva de crescimento, entre outros. 

Administração dos processos de recrutamento e seleção (R&S) 

Uma segunda tarefa relevante é identificar as necessidades da empresa e promover o crescimento do capital humano. Isso pode ser feito com os processos de recrutamento e seleção de pessoas (R&S), em que a gestão de RH escolhe talentos para integrar os quadros da empresa. 

Nesse sentido, os recrutamentos consistem nas atividades voltadas para chamar a atenção dos profissionais com o perfil desejado. Já a seleção é a aplicação de técnicas para ranquear os candidatos, do menos ao mais adequado às expectativas da empresa. Ambos os processos criam as condições para a contratação. 

Planejamento de treinamento e desenvolvimento dos colaboradores (T&D) 

O conjunto de competências também pode ser trabalhado com a aplicação de programas de treinamento e desenvolvimento de pessoas. Aqui, por meio da educação no ambiente empresarial, a gestão de Recursos Humanos contribui para a melhoria dos profissionais, em vez de buscar alternativas no mercado. 

Nos treinamentos, a qualificação ocorre para a função do colaborador, identificando quais são os conhecimentos, habilidades e atitudes exigidos pelo cargo. Por sua vez, no desenvolvimento, existe um alvo de longo prazo — como qualificar para uma promoção de carreira—, e diversas capacitações são aplicadas de maneira coerente para perseguir esse objetivo. 

Implementação de programas de benefícios. 

O RH cuida do sistema de reforço de comportamentos da empresa. Assim, cabe aos gestores definirem consequências para quando o colaborador age de maneira adequada ou inadequada: de um lado, advertências, suspensões e demissões; de outro, incentivos, prêmios e promoções. 

Uma parte essencial do trabalho é o desenho do programa de benefícios. Nesse processo, a partir do orçamento disponível, os gestores fixam as vantagens dos cargos, como vale-refeição, vale-transporte, reembolso de combustível, auxílio-academia e plano de saúde. 

Desenvolvimento e gestão de políticas de Recursos Humanos 

O gestor de Recursos Humanos é o responsável pela condução das políticas. Se a empresa deseja um comportamento, como uso do uniforme, cumprimento das normas de segurança, redução de conflitos, respeito entre líderes e liderados etc., cabe à área de pessoas desenvolver e aplicar um plano para obter os resultados pretendidos. 

Vale ressaltar que o trabalho como gestor é apenas uma das carreiras de RH que podem ser seguidas pelos graduados em Gestão de Recursos Humanos. Por exemplo, dá para ser um profissional com perfil técnico e manter nas funções de analista júnior, pleno e sênior, em recrutamento, benefícios, treinamento etc.

O curso também é uma excelente opção de segunda graduação, pois permite aos administradores, contadores e outros profissionais se especializarem no departamento pessoal.

Como se qualificar para a área? 

A abordagem oferecida pelo curso superior é muito importante para viabilizar a transição do que faz um analista de Recursos Humanos para função de gestão. Isso porque, além da competência técnica, o gestor precisa de habilidades de comunicação e relacionamento interpessoal, uma vez que seu trabalho depende da execução dos planos pela equipe de funcionários de RH. 

Aqui na Unopar, a faculdade de Gestão de Recursos Humanos trabalha os aspectos técnicos e comportamentais alinhados às expectativas de mercado. Além de conhecer as áreas de RH, como treinamento, gestão de benefícios e recrutamento, os profissionais dominam os princípios e técnicas gerenciais, sabendo planejar políticas, estruturar processos, alocar recursos, coordenar equipes etc. 

Outra vantagem é a orientação para o mercado de trabalho. Isso é feito por meio do Canal Conecta, que é um portal de empregabilidade exclusivo disponibilizado para os alunos. Com ele, você concorre a estágios, empregos e trainees, bem como acessa materiais e ferramentas online sobre carreira, entrevistas de emprego e currículos. 

Os futuros gestores de RH também podem participar do Aula Destaque. A ideia do projeto é oferecer uma visão diferenciada da administração de empresas, de onde são tirados muitos dos conhecimentos da gestão de RH. Para isso, profissionais conceituados, como Ricardo AmorimPaulo CunhaMarcelo Castelli, são convidados para potencializar o conhecimento dos graduandos da Unopar. 

Venha com a gente!

Na Unopar, você estará preparado para assumir uma posição de gestor de Recursos Humanos e destacar-se na função. Aliás, por se tratar de um Tecnólogo, a qualificação permite uma rápida transformação da sua trajetória profissional, porque é possível concluir a faculdade em 4 semestres.  Você também pode escolher entre as modalidades de ensino presencial, semipresencial e 100% online, conforme for mais conveniente.

Então, agora que você já conhece as funções e sabe como se qualificar, inscreva-se no vestibular online da Unopar para o curso de Gestão de Recursos Humanos!

*Sujeito a alteração

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Skip to content