O que os melhores currículos têm em comum?

oqueosmelhorescurriculostememcomum

Os melhores currículos, sem dúvidas, são aqueles que despertam o interesse dos empregadores. Muitas pessoas ainda relacionam o sucesso em processos de recrutamento e seleção exclusivamente às experiências listadas no documento, no entanto, esse não é o único ponto considerado pelos profissionais de RH. Objetividade, boa formatação, ausência de erros ortográficos: tudo isso pode ser usado para potencializar o seu CV.

Para quem ainda está na faculdade, é comum ter pouca ou nenhuma experiência na área de atuação. Por isso, não se desanime. Prestando atenção nas informações que trouxemos neste post, você saberá como fazer o melhor currículo e, assim, ser chamado para cada vez mais entrevistas de estágio ou emprego. Acompanhe!

Quais são as características dos melhores currículos?

Você deve estar curioso para saber logo quais são as características dos melhores currículos, não é mesmo? Para começar, podemos listar as seguintes:

  • estrutura organizada — dados pessoais, objetivo, formação acadêmica, experiências, interesses, certificados etc;
  • número limitado de páginas — segundo a Catho, um recrutador leva entre 6 a 30 segundos para ler cada um dos vários currículos que recebe, portanto, é importante que o documento tenha, no máximo, 2 páginas;
  • boa grafia — erros de gramática e digitação acabam passando uma impressão de desleixo, afinal, o currículo é um documento sério. Por isso, antes de distribuí-lo, é sempre bom dar uma relida e passá-lo por um corretor automático;
  • veracidade das informações — listar (ou anexar, em caso de currículos digitais) os certificados que você tem é uma forma de comprovar o conhecimento em determinada habilidade.

É importante ressaltar que, com um currículo bem-feito, você consegue se destacar em meio à concorrência — cada vez mais acirrada — na disputa por uma boa oportunidade. Mesmo que ainda não tenha muita experiência, como comentamos. Sabemos, contudo, que no momento de redigir um, muitas dúvidas ou inseguranças podem surgir — e isso é normal.

Qual é o melhor modelo de currículo? Como melhorar meu currículo atual? O que colocar ou não colocar? Tudo isso pode acabar confundindo quem está dando os seus primeiros passos no mercado de trabalho. Sendo assim, no próximo tópico, reunimos algumas dicas sobre o que observar na hora de fazer o seu CV.

O que observar na hora de montar o currículo?

Agora que você já sabe o que os melhores currículos têm em comum, chegou a hora de entender como devem ser distribuídas as informações em um CV que realmente chama a atenção dos recrutadores, permitindo que você seja chamado para mais oportunidades e avance nos processos seletivos.

Mas, antes de entender individualmente cada característica, confira este vídeo do Canal Conecta sobre como estruturar o documento como um todo.

Objetivo profissional

Jamais ignore a importância do campo “objetivo profissional” em um CV, pois, essa é uma das principais características dos melhores currículos. É interessante que ele esteja logo abaixo do campo dedicado aos seus dados pessoais e de contato — como nome, telefone, e-mail etc.

Trata-se de algo curto, simples e direto. Use no máximo duas frases para descrever o cargo e a área de interesse. Um exemplo seria: “meu objetivo é integrar a equipe de colaboradores do setor ‘x’ para desenvolver minhas habilidades e contribuir com o crescimento da organização”. Uma dica relevante é não indicar mais de um campo de atuação no mesmo currículo, mas, sim, customizar o objetivo de acordo com cada candidatura feita.

Formação acadêmica

Nos melhores currículos, o campo da formação acadêmica é preenchido em ordem de importância (como pós-graduação, segunda graduação, graduação etc). O objetivo é indicar o seu grau de escolaridade, informando, também, a instituição de ensino, o nome da formação e as datas de início e conclusão — caso esteja fazendo faculdade, coloque a previsão de término, ou seja, quando você se graduará.

Como o candidato deve priorizar o seu último grau de escolaridade, quem não tem nível superior deve preencher o campo com o médio e assim por diante. De qualquer forma, voltar a estudar e cursar uma graduação é uma ótima chance de enriquecer o seu currículo e, é claro, ter mais chances de sucesso e realização na carreira.

Experiência profissional

A mesma lógica vale para o campo de experiência profissional: você deverá começar com a mais atual. Cite, de forma objetiva e clara, o nome da empresa, o cargo exercido, o período de atuação e as suas atribuições. Ao descrever as atividades, procure ressaltar suas conquistas, assim, o recrutador conhecerá um pouco mais sobre o seu potencial.

Se você ainda não tem nenhuma experiência profissional, mas está buscando por uma oportunidade de estágio ou primeiro emprego, insira nesse campo tudo aquilo que colaborou ou vêm colaborando com a sua trajetória profissional, como palestras, atividades extracurriculares, iniciação científica, trabalhos voluntários etc. No caso de participação em projetos, descreva também suas atribuições e responsabilidades.

Isso demonstra que você se empenhou para desenvolver competências. Por falar nisso, algo que também desperta a atenção dos recrutadores é perceber que o candidato concluiu ou concluirá uma graduação EAD. Isso porque esse tipo de formação, sobretudo quando feita em uma faculdade de credibilidade, estimula naturalmente a aquisição de habilidades muito bem-vistas pelo mercado, como:

  • responsabilidade para lidar com a liberdade de horários;
  • disciplina para manter os estudos em dia e conseguir boas notas;
  • foco para participar de uma sala de aula inovadora e realizar as atividades propostas na plataforma;
  • experiência digital ao fazer faculdade em uma plataforma interativa e multifuncional;
  • proatividade para solucionar dúvidas e compartilhar experiências com os colegas.

Idiomas e cursos paralelos

Outra característica em comum dos melhores currículos é ter qualificações paralelas, como cursos de idiomas ou relacionados a alguma habilidade, como informática, domínio de softwares etc. Certificados que comprovem isso, conforme abordamos, são essenciais nesse momento. É também recomendado incluir o grau de proficiência em cada uma dessas competências — se fala inglês, por exemplo, defina se o nível é básico, intermediário, avançado ou fluente.

Lembre-se de que ser verdadeiro nas informações que colocou é imprescindível. Isso porque a empresa pode e com certeza testará as habilidades constadas no currículo de alguma forma ao longo do processo seletivo. Você não quer passar aperto e danificar sua imagem profissional por algo que poderia ser evitado, concorda?

Por que ter um currículo também no LinkedIn é importante?

Tão importante quanto montar um bom currículo é inseri-lo em plataformas voltadas ao universo corporativo, como o LinkedIn — que é, hoje, a maior rede social no nicho em questão. Isso porque, por lá, também estão empregadores, recrutadores e oportunidades de vagas. Sem falar que suas conexões no site podem deixar depoimentos que validam suas habilidades ou que ressaltem pontos positivos da sua participação em projetos.

Vale a pena destacar, também, que muitos processos de recrutamento e seleção começam por meio dessa rede. Acredite: os recrutadores estão de olho nos currículos de usuários do LinkedIn para escolherem aqueles mais alinhados às vagas em aberto, então, não perca tempo.

Pronto! Agora você já sabe o que os melhores currículos têm em comum e tem as informações que precisa para se destacar diante da concorrência. Siga os passos que listamos e não se esqueça se checar o documento antes de enviá-lo às empresas, afinal, se certificar de que o documento está impecável demonstra zelo e empenho!

Com um bom currículo, oportunidades não faltarão, e estar preparado para elas é também fundamental. Sendo assim, aproveite que está aqui e veja nosso conteúdo sobre a importância de ser um profissional interdisciplinar!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.