Quer fazer Nutrição em um curso semipresencial? Veja como funciona!

querfazernutricaoemumcursosemipresencialvejacomofunciona

Os cuidados com o corpo e a preocupação em se alimentar de forma equilibrada — seja para emagrecer com saúde, seja para obter melhores rendimentos nos treinos ou até mesmo para prevenir doenças — nunca estiveram tão em alta como hoje. Esses novos hábitos geraram uma grande demanda para a área de nutrição e seus diversos nichos.

Sendo assim, que tal saber como funciona uma graduação em Nutrição semipresencial? Há chances de que essa formação esteja alinhada aos seus objetivos de carreira — sem falar na modalidade em questão, que é mais flexível e une o melhor do EAD às vantagens do presencial. Continue conosco e tire de vez as suas dúvidas!

Qual é o objetivo da graduação em Nutrição?

O alimento é parte essencial da sobrevivência do ser humano. Contudo, o relacionamento entre comida e indivíduo deve ocorrer de forma equilibrada em todos os sentidos, a fim de não prejudicar o organismo nem causar danos graves à saúde, como a diabetes, o colesterol alto e outras condições adversas. É justamente aqui que entra a atuação do profissional da Nutrição.

O nutricionista investiga e controla essa relação entre homem e alimento, sempre com o intuito de preservar a sua saúde. Sendo assim, o objetivo da graduação em Nutrição é capacitar profissionais que cuidem das demandas específicas de seus pacientes ou até mesmo de instituições e estabelecimentos — como hospitais, escolas, abrigos, equipes esportivas, academias, restaurantes, marcas do setor alimentício etc.

Ao longo da graduação, com duração média de 4 anos e podendo ser cursada em diferentes modalidades, o estudante aprende a planejar e coordenar programas de alimentação, fazer anamneses, definir cardápios, orientar e prescrever dietas, garantir a qualidade e preservação do alimento (armazenamento, métodos de preparo etc), entre outras questões. Se interessou? Então, veja abaixo por que cursar Nutrição semipresencial!

Como funciona o curso de Nutrição semipresencial?

Você provavelmente já ouviu falar nas modalidades de ensino presencial e a distância, não é mesmo? Bom, e se falarmos que existe outra opção que une o melhor dos dois mundos? Uma formação semipresencial garante flexibilidade a quem precisa conciliar os estudos com demais afazeres, já que os encontros em sala de aula são restritos de 1 a 3 vezes por semana, a depender da faculdade, e o resto do curso acontece na plataforma online.

Na sala de aula inovadora, o aluno aprende por meio de teleconferências em tempo real com professores qualificados. Essas videoaulas, inclusive, são posteriormente adicionadas à plataforma de ensino para que o estudante as reveja sempre que precisar. Entre os benefícios dos encontros nos polos de ensino estão as possibilidades de networking, a aplicação da teoria na prática e a possibilidade de tirar dúvidas ao vivo com o corpo docente ou tutores.

O restante da carga horária do curso é cumprido no ambiente virtual, onde estão centralizados exercícios, apresentações de slide, apostilas, simulados, entre outros. Assim, o aluno adquire vivência virtual e pode usufruir das funcionalidades da plataforma para desenvolver habilidades e potencializar o ensino, tirando dúvidas por meio de fóruns e chats, acessando materiais interativos complementares etc.

Quanto às disciplinas que compõem a grade curricular de uma graduação em nutrição semipresencial, podemos listar:

  • Anatomia;
  • Bioquímica;
  • Fisiologia;
  • Genética;
  • Psicologia aplicada à Nutrição;
  • Fisiopatologia da Nutrição;
  • Composição dos Alimentos;
  • Avaliação Nutricional;
  • Bioestatística;
  • Educação Nutricional;
  • Higiene e Controle de Alimentos;
  • Tecnologia de Alimentos, entre outras.

Quais são as oportunidades de carreira na área?

Como mencionamos, as possibilidades para quem opta pelo curso de Nutrição semipresencial são diversas. Abaixo, separamos algumas das principais atuações que um nutricionista pode exercer. Veja:

  • nutrição clínica: prescrevendo dietas e reeducações alimentares a pacientes no consultório a partir de uma análise personalizada ou criando planos de alimentação em hospitais, clínicas, ambulatórios etc;
  • gastronomia: gosta de cozinha? A Nutrição também permite o trabalho nessa área. Aqui, o profissional não só elabora cardápios, como também controla a qualidade do ambiente e dos alimentos, bem como suas condições de higiene e armazenamento;
  • nutrição esportiva: fazendo o acompanhamento alimentar de atletas e praticantes de atividades físicas, criando dietas equilibradas que potencializam os rendimentos;
  • desenvolvimento de produtos: o nutricionista também pode pesquisar e desenvolver produtos para a indústria de alimentos, cuidando de testes culinários, elaborando reformulações no portfólio da marca, fazendo consultorias etc;
  • catering: preparando cardápios para empresas como produtoras de TV, companhias aéreas, grupos musicais, entre muitas outras possibilidades;
  • saúde coletiva: quem opta por essa área coordena atividades de alimentação e nutrição para programas institucionais, de atenção básica e vigilância sanitária;
  • marketing: com o boom do mundo fitness, cada vez mais marcas visam promover os benefícios de seus produtos e trazer mudanças que agradem o paladar do novo consumidor, cada vez mais consciente. Por isso, o nutricionista que trabalha com marketing coordena pesquisas, testa receitas, faz serviços de atendimento etc.

Como escolher a faculdade ideal?

Escolher uma graduação já é, por si, algo que demanda muito cuidado e planejamento. O mesmo zelo deve ser empregado quando se define a instituição de ensino na qual você estudará — a qual deve ter as características essenciais de uma boa faculdade semipresencial.

Afinal, o ingresso no ensino superior é um investimento feito para melhorar suas chances de empregabilidade e sucesso profissional. Por isso, optar por uma faculdade de credibilidade, com corpo docente especializado, infraestrutura de primeira e bom conceito do Ministério da Educação (MEC) é fundamental.

Avalie esses aspectos acima e faça pesquisas na internet, colhendo depoimentos de alunos que cursam ou já se formaram naquela faculdade. Considere também os diferenciais que a instituição promove. Na Unopar, você conta com um portal de vagas, o Canal Conecta, que abre portas para vagas em empresas de renome, como Ambev, Danone, FIAT, entre outras.

Entendeu como funciona o curso de Nutrição semipresencial? Ao concluir a graduação com flexibilidade, bom custo-benefício e diploma amplamente valorizado, o nutricionista encontrará um campo promissor e com possibilidades de atuação diversas. Essa vantagem é potencializada quando se opta por uma faculdade que foca no sucesso profissional do aluno, preparando-o para o mercado e aumentando suas chances de empregabilidade.

Para incentivá-lo ainda mais a dar esse passo importante, temos um conteúdo que explica detalhadamente o que é a graduação semipresencial e por que investir. Te esperamos por lá!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.1 / 5. Número de votos: 27

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

pep

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.