Aprendizagem por videoconferência: 4 vantagens dessa tendência

aprendizagemporvideoconferencia4vantagensdessatendencia

Já pensou se você pudesse assistir a uma aula com um especialista, interagir com seus colegas de turma e tirar dúvidas com o professor, mas sem sair de casa? Essencialmente, é disso que se trata a aprendizagem por videoconferência.

As transmissões de aulas ao vivo são um dos principais recursos da modalidade de ensino EAD, pois trazem a flexibilidade que a tecnologia representa para o estudante associada a todos os benefícios da interação entre professor e aluno.

Mas, afinal, como é uma videoconferência? Neste texto, você vai entender como esse recurso é utilizado no ensino superior, além de conferir algumas das principais vantagens que a aprendizagem mediada pela tecnologia pode trazer ao estudante!

O que é aprendizagem por videoconferência?

A aprendizagem por videoconferência consiste em uma aula realizada por vídeo, em tempo real, aos alunos conectados à transmissão. Esse recurso possibilita a inovação do estudo a distância sem perder o dinamismo de uma sala de aula tradicional, já que a turma pode interagir ao vivo.

Ou seja, professor e alunos têm uma distância geográfica, mas podem passar pela experiência de uma aula “face a face”, por meio do computador. Esse é um recurso que enriquece a modalidade EAD, já que pode representar uma absorção mais ampla do conteúdo de videoaulas gravadas ou de textos de apoio.

Ainda, a videoconferência representa uma expansão na possibilidade de atuação dos educadores e surge como uma solução às transformações no processo de ensino. Afinal, com o advento da internet, o estudante tem muito mais autonomia na busca por conhecimentos, mas isso não quer dizer que o papel do professor não seja mais necessário.

Muito pelo contrário: a figura do professor ainda ocupa papel de destaque na aprendizagem, já que ele transmite o conteúdo mobilizando toda a sua experiência de carreira e conhecimentos acumulados. Sem contar na inspiração e no senso crítico que somente um especialista pode proporcionar à trajetória de estudos do aluno, concorda?

Em resumo, a videoconferência é o retrato de uma sala de aula inovadora, já que une o melhor de dois mundos: a praticidade e a riqueza de informação que as tecnologias podem proporcionar associadas à didática de um professor experiente para tornar a aula muito mais dinâmica.

A videoconferência no ensino superior EAD

No ensino superior EAD, as aulas por videoconferência são um dos muitos recursos utilizados para aumentar a qualidade do ensino. Ela é empregada tanto nos cursos exclusivamente a distância quanto na graduação semipresencial.

O funcionamento é bem simples: como são transmissões em tempo real, as videoconferências têm data e hora marcadas, sendo que essas informações geralmente são passadas para o estudante no início de cada módulo.

Durante a aula, a turma pode interagir com a figura do professor e também com os colegas, seja por meio de áudio e vídeo, seja com o uso das mensagens instantâneas da própria plataforma de transmissão.

Aqui na Unopar, as aulas ao vivo são associadas a outros recursos valiosos para a aprendizagem, como:

  • videoaulas gravadas;
  • textos de apoio;
  • materiais complementares;
  • atividades de fixação;
  • discussões no fórum etc.

É um sistema de ensino completo, que não tira a autonomia do estudante — já que você pode administrar seus estudos da forma como for melhor no seu dia a dia —, mas garante uma educação de máxima qualidade.

Além disso, normalmente os professores que ministram as aulas estão bastante familiarizados com a estrutura do curso a distância de aprendizagem por videoconferência. Afinal, são os docentes que organizam as aulas, os materiais de apoio e as atividades dos estudantes, assim como ocorre no ensino superior presencial.

Ah, e não se preocupe: caso você não possa assistir à videoconferência ao vivo, não há problema. As transmissões depois são disponibilizadas para o acesso da turma em qualquer dia e horário.

Quais são as principais vantagens dessa tendência?

Agora que você sabe o que é videoconferência e como ela funciona na EAD, confira 4 de suas vantagens no processo de aprendizagem.

1. Aumento do interesse dos alunos

Em 2016, foi publicado o documento A Tecnologia e as Transformações da Educação, resultado de um seminário realizado pela Fundação Santillana em parceria com a Unesco, braço da Organização das Nações Unidas (ONU) para a Educação. Entre as conclusões está que o uso de recursos tecnológicos favorece o interesse dos alunos.

Isso porque, quando o estudo é mediado pela tecnologia, há uma participação ativa do estudante, o que se relaciona diretamente com a qualidade da aprendizagem. De acordo com os especialistas, quando os alunos têm contato com o conteúdo de forma passiva, apenas com a leitura de materiais didáticos, têm mais dificuldade de aplicação do conhecimento no contexto fora da aula.

2. Melhora da interação entre a turma e os professores

O documento também ressalta que a interação com professores e com outros colegas ajuda o estudante a ter mais senso de cooperação. Isso potencializa a dinâmica da aula e contribui com o desenvolvimento de senso crítico, já que a turma pode analisar e discutir os conceitos estudados, algo que é potencializado na aprendizagem por videoconferência.

No mesmo sentido, as transmissões em vídeo favorecem a comunicação entre professor e aluno. Assim, o estudante continua tendo contato com o educador orquestrando os recursos didáticos, oferecendo feedbacks, tirando dúvidas e sugerindo materiais complementares.

3. Melhora na atuação do professor

A tecnologia é uma aliada da atuação docente. Quando um mesmo professor pode ministrar uma aula sendo transmitida para dezenas de alunos de uma única vez, ele ganha tempo. O resultado é que ele pode se dedicar mais para preparar o conteúdo, buscar referências interessantes para enriquecer a aula, separar exemplos etc.

Não é à toa que os recursos tecnológicos são vistos com ótimos olhos pela classe docente. Para que você tenha uma ideia, a pesquisa Conselho de Classe, realizada em 2014 pela Fundação Lemann em parceria com a Ibope, revelou que:

  • 81% dos professores acreditam que a personalização da aprendizagem por meio da tecnologia é positiva;
  • 92% dos profissionais entrevistados acreditam que os professores devem ter uma formação específica para aplicação da tecnologia no ensino;
  • 92% consideram que materiais digitais, como vídeos e jogos interativos, favorecem a aprendizagem.

4. Ótimo custo-benefício das aulas

Ainda, uma mesma aula ministrada ao vivo alcança muito mais alunos do que em salas de aula presenciais. Isso faz com que os custos da instituição de ensino sejam reduzidos, o que é refletido na mensalidade do estudante em seu curso online. Esse aspecto, somado à qualidade do ensino, faz com que a aula adquira um excelente custo-benefício.

Enfim, a aprendizagem por videoconferência é um dos grandes trunfos da EAD. Por meio de transmissões de vídeo, os alunos podem aproveitar a flexibilidade de estudar em qualquer lugar, mas sem perder todos os benefícios que a interação com um professor é capaz de proporcionar nos estudos.

Antes de ir, aproveite e saiba se há diferença entre o diploma EAD em relação ao presencial. É só clicar!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 2.3 / 5. Número de votos: 3

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.