11 opções de faculdade para quem gosta da área da educação

estudantes da área da educação

Quem escolhe ser professor está iniciando a carreira mais nobre. Sim, sem exageros! Afinal, essa figura é a base de qualquer outra profissão — todas as pessoas precisam de alguém que ensine algo, para isso, é essencial que haja adeptos a realizar cursos na área da educação em alta.

Apesar de muitos pensarem que essa não é uma escolha financeiramente rentável, saiba que as diversas áreas da educação para trabalhar são seguras no sentido empregatício. Afinal, há uma grande carência de professores aqui no Brasil.

Além disso, o mercado está em constante crescimento e expansão, com demanda para profissionais atualizados e que atendam aos novos projetos e instituições de ensino. Se você gosta de ensinar e concorda que um bom professor também aprende com os seus estudantes, vale a pena conferir os cursos que selecionamos — todos, aliás, ofertados aqui na Unopar.

Cada uma destas faculdades forma professores para atuar na linha de frente da educação. Veja suas grades curriculares, os objetivos dos cursos, seu tempo de duração, modalidades e reflita sobre qual deles tem mais a ver com o seu perfil!

História

Você tem interesse por acontecimentos do passado e olha de uma forma crítica sobre os fatos históricos? Então, provavelmente, terá uma boa experiência no curso de História. Como essa é uma graduação de Licenciatura, é válido destacar que a formação se volta para área da educação, sendo necessário gostar de atividades pedagógicas.

Na graduação a distância da Unopar, você terá disciplinas que abordam o surgimento e o desenvolvimento das civilizações, bem como tudo o que está envolvido nesse processo, como aspectos sociais, culturais, políticos, econômicos etc. A grade curricular também traz práticas de gestão escolar, didática, fundamentos filosóficos, antropológicos e sociológicos, entre outros assuntos.

O melhor de tudo é que, nessa modalidade de ensino, o estudante aprende com o professor online de diversas formas e começa a ter noção de como ser um. Isso porque as ofertas de EAD continuam crescendo e transmitindo os benefícios da cultura digital aplicada na educação.

A média salarial de um professor de História do ensino médio, por exemplo, é R$ 3.878,73*. Mas esse valor tende a aumentar com qualificações acadêmicas e outros diferenciais, atingindo um teto de R$ 10.688,28*.

Educação Física

Sua “praia” é o esporte? Então, certamente vai gostar do curso de Educação Física. Apesar de também ser possível cursar o Bacharelado, é a Licenciatura que habilita o profissional a orientar pessoas para o exercício físico, promovendo qualidade de vida, bem-estar e até mesmo reabilitações corporais e motoras.

O lado bom é que, enquanto professor na área da educação, você poderá instruir os estudantes e iniciá-los nas melhores práticas para terem uma vida mais saudável. Na Educação Física EAD, inclusive, é possível desenvolver sua carreira enquanto lida com a rotina e o trabalho!

No decorrer do curso, são abordados inúmeros temas, que variam entre assuntos específicos da área e questões ligadas às práticas pedagógicas. Podemos citar, entre as disciplinas:

  • aptidão física;
  • fundamentos do movimento humano;
  • anatomia aplicada;
  • educação e diversidade;
  • saúde coletiva;
  • biomecânica.

Um professor de Educação Física ganha, hoje, em torno de R$ 2.758,96*. Contudo, seu teto salarial é de R$ 6.793,97*, para uma carga horária de 30 horas semanais.

Pedagogia

Quem opta pelo curso de Pedagogia deve estar preparado para atuar como professor em escolas que ofertam desde a educação infantil até o ensino a jovens e adultos. Por isso, esse será um profissional capacitado para atuar diante de necessidades educativas a discentes com demandas que dependem de práticas pedagógicas de inclusão.

O curso é bastante amplo, trazendo disciplinas que vão desde alfabetização e letramento até Libras, gestão e tecnologias para sala de aula. Além das instituições regulares de ensino, você também encontrará vagas na área da educação para órgãos públicos, empresas privadas, instituições de saúde e organizações não governamentais (ONGs).

Vale ressaltar que o salário médio de um pedagogo é de R$ 2.512,59*, com um teto de R$ 6.233,11*. Enquanto isso, o piso salarial de um professor de ensino básico é R$ 2.886,24*. Aliás, quem é de outras áreas — como as citadas aqui neste post — e já tem uma faculdade, ainda pode realizar a segunda graduação, adquirindo formação pedagógica. É uma maneira interessante de ampliar o leque de atuação e de otimizar os rendimentos!

Matemática

Os amantes dos números também têm espaço na área da educação! É o caso de quem escolhe o curso de Matemática, que foca o desenvolvimento de todas as competências técnicas desse universo, com bastante cálculo, geometria, álgebra, fundamentos da Física e história da Matemática.

O diferencial da Licenciatura é que o ciclo básico dessa graduação oferece disciplinas ligadas às Ciências Humanas — é isso mesmo que você leu! — e às práticas de ensino. Afinal, o profissional que leciona essa matéria precisa estar preparado para lidar com o ambiente escolar e todos os fatores envolvidos nessa atmosfera de ensino-aprendizagem. Nem só de contas matemáticas vivem esses professores!

No ensino fundamental, seus rendimentos giram em torno de R$ 3.432,06*, com teto de R$ 8.991,60*. Já no ensino médio, os valores variam pouco, mas alcançam a casa dos R$ 10 mil*. O professor universitário, por outro lado, tem maiores salários, que chegam até R$ 19.716,52*.

Letras

Também temos uma alternativa para aqueles que amam a língua e suas literaturas: o curso de Letras. Quem escolhe essa graduação — na modalidade de Licenciatura — se capacita para dar aulas de Língua Portuguesa em instituições de ensino regular, do fundamental ao médio, além da possibilidade de atuar em projetos educacionais.

O estudante de Letras deve estar preparado para muita leitura e escrita, bem como para a compreensão de todos os aspectos linguísticos do nosso idioma, da gramática à sintaxe. Ainda é possível ter contato com os aspectos artísticos da língua, envolvendo-se com o estudo de obras literárias, seus diversos autores, estilos e histórias.

O profissional também aprimora as suas habilidades de interpretação e análise, duas características fundamentais para a formação de pessoas capazes de atuar ativamente em sociedade. Na sua grade curricular ampla, você terá acesso às disciplinas de teorias literárias, sociolinguística, fonética e fonologia, análise do discurso, literatura comparada, entre outras.

Hoje um professor regular de Língua Portuguesa ganha por volta de R$ 3.778,65* e com teto de R$ 10.225,61*. Porém, assim como nas situações anteriores, esses salários conseguem variar de acordo com o grau escolar, qualificações e até mesmo região ou tipo de instituição de ensino — pública ou particular.

Educação Especial

O curso de Educação Especial é relativamente novo na Licenciatura se comparado às opções anteriores. Ele prepara docentes para atuar no ensino de pessoas com necessidades especiais, ou seja, dentro dos princípios da Educação Inclusiva.

Afinal de contas, também é preciso adotar um trabalho pedagógico pautado na efetivação da escolarização desse público. Ele é composto, geralmente, por indivíduos com deficiências físicas, sensoriais (cegueira e surdez), intelectuais ou transtornos globais de desenvolvimento (autismo), além de altas habilidades e superdotação.

O profissional desenvolve habilidades que contribuem justamente para a implementação de práticas e ações inclusivas, que potencializam a aprendizagem dessas pessoas. O curso foca, assim, a introdução às deficiências, em cognição e afetividade no atendimento educacional especializado, na tecnologia assistiva, em neurociência e, claro, aborda ética, diversidade, Libras e Braille.

Toda a matriz curricular da Educação Especial é pensada na perspectiva atualizada do panorama inclusivo e social brasileiro. Assim, a docência especial pode acontecer em espaços escolares e não escolares e até mesmo no atendimento especializado e consultoria.

Essa é uma área de atuação com boa empregabilidade, uma vez que o mercado ainda lida com um deficit de profissionais capacitados. De acordo com os dados do Ministério da Educação (MEC), houve um crescimento de 26% na procura por esse perfil de docente na última década. Logo, a tendência é aumentar. A média salarial, por sua vez, é de R$ 2.069,16*, podendo chegar até R$ 4.064,58*.

Ciências Biológicas

O curso de Ciências Biológicas forma professores que mesclam conhecimentos teóricos e técnicos da Biologia na Licenciatura. São docentes fundamentais na formação do estudante em relação às ações humanas na natureza, por exemplo. Durante a faculdade, a pessoa vai ter contato com disciplinas que envolvem pesquisa, desenvolvimento e campo, lidando com espécies vegetais e animais.

É um curso voltado para quem gosta desse contato com o meio ambiente e se interessa não só por anatomia humana e animal, por exemplo, mas também por atividades pedagógicas. Isso porque o licenciado atuará bastante na área acadêmica, incluindo o dia a dia na sala de aula ou na gestão escolar.

Aliás, o mercado tem crescido bastante devido à maior preocupação com a natureza. Logo, além dos ambientes escolares, o profissional poderá criar e revisar materiais didáticos sobre Ciências Biológicas, bem como dar consultoria e curadoria em programas de conservação e preservação em museus ou exposições voltadas à Biologia.

É uma área apaixonante e que necessita de docentes tanto no ensino regular fundamental e médio quanto no nível superior. Um professor de Ciências Biológicas nesta última atribuição, por exemplo, têm vencimentos com teto salarial de R$ 8.594,06*, sendo que R$ 3.311,44* é a média do piso.

Filosofia

O curso de Filosofia oferece um amplo conhecimento teórico sobre as principais correntes de pensamento filosófico. É uma formação fundamental no processo pedagógico, por aplicar esse conhecimento no desenvolvimento reflexivo e crítico dos alunos.

A faculdade de Filosofia explora bastante esse campo enquanto Licenciatura, formando profissionais realmente capacitados em tal exercício. A área de atuação vai desde o ensino fundamental e médio regular até cursos pré-vestibular ou preparatórios para concursos, sem falar da carreira acadêmica na educação de ensino superior.

Mas também é possível atuar em projetos educacionais de ONGS e outras instituições, bem como em produção e edição de material didático em editoras, com tradução de obras e textos filosóficos e em pesquisa acadêmica. No ensino médio, por exemplo, o docente em Filosofia tem rendimentos que giram em torno de R$ 3.254,36* até R$ 8.793,95*, considerando profissionais com carteira assinada em regime CLT de todo o Brasil.

Geografia

O curso de Geografia na habilitação em Licenciatura tem a missão de capacitar docentes para atuar no ensino dessa disciplina em sala de aula. Eles podem lecionar no ensino fundamental e médio, além de ser possível atuar como geógrafo fora do universo escolar.

É uma faculdade ideal para quem gosta de questões geopolíticas, demográficas, estudo de populações, clima ou solo. Também é importante gostar de ensinar, já que a matriz curricular oferece os conteúdos de formação pedagógica.

Mas, como mencionamos, é possível planejar e criar material didático, mapas, projetos socioambientais e até mesmo planos diretores, sem falar do serviço de consultoria em setores público e privado. Um professor de Geografia ganha em média R$ R$ 3.694,91*, com rendimentos que chegam a R$ 10.299,39*. Já um geógrafo conta com vencimentos de R$ 4.788,54* a R$ 10.293,42*.

Artes Visuais

Quem opta por fazer faculdade de Artes Visuais vai aprender na teoria e na prática o planejamento, condução e acompanhamento de diversas atividades artísticas e pedagógicas ligadas à arte. É um curso que proporciona o contato com habilidades técnicas requeridas pelo mercado, o que permite uma atuação dentro e fora do ambiente escolar e acadêmico.

Portanto, trata-se de uma graduação mais indicada a quem já se interessa pela arte de um modo geral — desenho, pintura ou fotografia, por exemplo. A Licenciatura, claro, forma docentes capacitados a propor e executar atividades pedagógicas que despertem nos estudantes esse mesmo senso estético, cultural e artístico, fundamental na formação completa de um indivíduo na sociedade.

Além da sala de aula, outros palcos são reservados a esse profissional. Podemos citar a consultoria para atividades empresariais, a docência no setor de educação não regular — como associações, museus, ateliês e ONGs —, além de restauração de obras de arte e curadoria e gestão de acervos.

Um artista, hoje, ganha entre R$ 2.421,25* e R$ 5.593,71*, mas é claro que esse valor pode variar bastante de acordo com sua atuação, estilo, região e público. Já enquanto professor, conta com vencimentos que vão de R$ 3.702,39* a R$ 10.281,12*.

Química

No curso de Química o graduando estuda os principais fundamentos dessa ciência, suas aplicações na natureza, em alimentos e na indústria. Também aprende composições químicas, realização de testes, desenvolvimento de produtos, aplicação de sistemas de controle e procedimentos de ensino, com práticas voltadas à didática pedagógica.

É uma faculdade bastante atrativa, que se divide em dois ciclos de formação. O primeiro é básico e consiste nas disciplinas de docência. Já o ciclo profissionalizante é composto por matérias que ajudam a desenvolver habilidades específicas do químico. Assim, forma-se um profissional completo, pronto para desempenhar suas funções tanto na sala de aula quanto em outros setores do mercado.

O segmento de produção industrial é um deles, além das análises químicas e do desenvolvimento de métodos analíticos. O professor costuma ter uma média salarial de R$ 4.367,48*, com teto de R$ 12.697,11*. Um químico, por sua vez, tem rendimentos parecidos, considerando até R$ 11.014,58* — o que pode mudar, dependendo da região, da experiência e do grau de formação.

Como escolher e onde fazer essas Licenciaturas?

Todos os cursos aqui citados têm uma duração média de 4 anos, podendo variar de acordo com o desempenho do graduando. As profissões relacionadas com as graduações acima também dispõem de oportunidades constantes, por meio de concursos na área da educação. Como explicamos no início, o Brasil apresenta uma grande necessidade de professores, principalmente para o ensino básico.

Se você quer ser professor e tem interesse por algum desses cursos na área da educação mais bem-pagos, saiba que é possível estudar tanto na modalidade presencial quanto no ensino a distância (EAD). Aqui na Unopar, oferecemos toda a flexibilidade de que você precisa para conciliar estudo e trabalho, por exemplo, sem deixar de lado a excelência das aulas e a qualidade do corpo docente.

Um dos nossos diferenciais é esse apoio personalizado, já que cuidamos de cada estudante como alguém único, entregando uma experiência educacional de acordo com a fase de sua formação acadêmica. E o melhor de tudo é que nosso sistema de ensino prepara você para o mercado, com práticas reais e avaliação continuada — além do Canal Conecta, um portal gratuito com as vagas ideais de estágio e emprego.

Invista na sua qualificação!

Os cursos na área de educação são diversificados e atendem a diferentes perfis de profissionais. O que eles têm em comum é a paixão pelo ensino, de modo a formar cidadãos para o mundo. Para oferecer essa base aos seus futuros alunos, é importante se qualificar com responsabilidade, em uma faculdade que se preocupa em formar professores de excelência.

Então, que tal mudar o rumo da sua carreira? Inscreva-se no vestibular hoje mesmo e comece a construir seu futuro na Unopar!

*Sujeito a alteração

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.8 / 5. Número de votos: 6

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Skip to content