O que é o Enade e para que ele serve?

estudantes fazendo o enade

A qualidade de ensino de uma instituição é um dos principais quesitos a serem avaliados na hora de escolher a faculdade que você vai frequentar. Para fazer essa análise, é preciso entender tudo sobre o principal exame do ensino superior, o Enade: o que é, para que ele serve e como o MEC utiliza seus resultados para avaliar os cursos de graduação no país.

Neste artigo, vamos explicar como funciona o Enade o que ele diz sobre a qualidade de uma instituição de ensino entre outros detalhes. Você verá tudo isso por meio dos seguintes tópicos:

O que é o Enade?

O Enade (Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes) é a avaliação anual do ensino superior realizada pelo Ministério da Educação. O objetivo da prova é analisar a evolução entre alunos que estão no início da graduação e os alunos concluintes, além de verificar se eles atendem aos conhecimentos específicos de cada área do saber.

Confira mais detalhes a seguir.

Público-alvo do Enade

O Enade é um exame obrigatório para os alunos ingressantes e concluintes dos cursos em avaliação para qualquer uma das modalidades de ensino, que podem ser do tipo Bacharelado, Licenciatura ou Tecnólogo EAD e presencial. Fazem parte desse grupo aqueles que se encontram nos primeiros e nos últimos períodos de formação. Em geral, quem faz a prova como iniciante também precisa fazer a prova quando estiver próximo de concluir a graduação.

Cursos avaliados

Todos os cursos de ensino superior são avaliados no Enade, contudo, essa avaliação não é realizada para todos ao mesmo tempo. Existe um sistema de rodízio que divide os cursos em três grupos distintos, que são avaliados um a cada ano. Assim, a logística de aplicação das provas fica facilitada e os resultados mensurados com mais qualidade e precisão.

Consequências para quem não realiza o exame

O Enade tem caráter obrigatório para todos os alunos convocados. Apesar de não interferir na avaliação individual dos graduandos, a falta de comparecimento ao exame sem uma justificativa válida pode acarretar na não concessão do diploma ao final do curso, por pendência junto ao MEC.

Como a prova funciona na prática?

O Enade tem o tempo de duração de 4 horas (o dobro do tempo disponível para realizar as Provas da Unopar, por exemplo), mas a prova é bastante simples. Ela é dividida em dois tipos de questões, como descrevemos abaixo.

Questões de formação geral

As primeiras dez questões da prova são referentes à parte de formação geral, sendo oito perguntas de múltipla escolha e duas discursivas. Esse bloco traz questionamentos comuns a todas as graduações, são pautadas em questões de direitos humanos e apresentam situações-problemas e estudos de casos.

Questões específicas

As demais questões são específicas de cada curso em avaliação. São 27 perguntas de múltipla escolha e três discursivas, totalizando 30 questões específicas. Elas envolvem situações-problemas e estudos de casos referentes à temática do curso e buscam identificar a capacidade de resolução e o nível de conhecimento de cada participante.

O que ela diz sobre a qualidade da instituição?

O Enade, sozinho, não é capaz de qualificar as instituições de ensino superior. O exame faz parte de um sistema mais amplo de avaliação do Ministério da Educação que aborda outras duas frentes de análises. Entenda como esse sistema funciona.

Sinaes

O Sinaes (Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior) é um conjunto de práticas e ferramentas que monitoram a qualidade do ensino superior no Brasil. As avaliações têm como objetivo não apenas verificar como está a situação atual dos cursos e instituições, como também estimular o seu desenvolvimento constante.

Entre as iniciativas do Sinaes, as mais relevantes são o Enade, a Avaliação dos Cursos de Graduação e a Avaliação Institucional. Juntos, esses exames permitem que sejam atribuídos conceitos em relação ao que era esperado pelo Ministério e o que é realmente entregue, na prática, pelas faculdades.

Enade

O foco do Enade é verificar a qualidade de cada curso em si, trazendo dados sobre a qualidade do aprendizado que os alunos estão alcançando. Para isso, o resultado do desempenho na prova gera uma nota que varia de 1 a 5, sendo 1 a pior nota e 5 a melhor. Os padrões mínimos exigidos pelo MEC recebem nota 3 e, acima disso, demonstram uma entrega de qualidade superior à esperada.

Avaliação dos cursos de graduação

A avaliação dos cursos de graduação é um dos instrumentos utilizados pelo MEC para a regulamentação dos cursos oferecidos e para a avaliação da sua qualidade, em conjunto ao Enade. Ela é utilizada em três situações distintas:

  • autorização: quando a instituição solicita a autorização para a oferta de um novo curso;
  • reconhecimento: validação do cumprimento do projeto apresentado para a autorização do curso, feito logo que a primeira turma atinge a metade da grade curricular;
  • renovação de reconhecimento: depois de ter a faculdade reconhecida no MEC, o curso é avaliado novamente a cada ciclo de 3 anos, por meio do resultado do Enade.

Avaliação Institucional

A Avaliação Institucional, também chamada de avaliação in loco, é a análise e o acompanhamento presencial de cada instituição. Na modalidade de autoavaliação, cada local conta com uma comissão interna própria que segue os padrões determinados pelo MEC. Já na modalidade externa, comissões designadas pelo Inep vão até as instituições para realizar a avaliação.

Como o MEC utiliza o resultado dessa prova?

O resultado do Enade é utilizado pelo MEC para compor a avaliação dos cursos de graduação e das instituições de ensino superior. É por meio do exame que o ministério atribui os conceitos de qualidade e concede ou revoga o reconhecimento das faculdades, item essencial na hora de escolher a melhor instituição de ensino para estudar.

Agora que você já saber o que é o Enade e porque ele é tão importante, que tal observar melhor as notas de cada curso daqui para frente? Elas são excelentes indicativos de qualidade tanto da instituição quanto de cada uma das graduações oferecidas. Quanto maiores as notas, melhor será a sua base de formação.

O que achou deste artigo? Esclarecemos as suas dúvidas? Então, compartilhe este post em suas redes sociais e ajude outras pessoas a entenderem como avaliar melhor as faculdades antes de escolher onde estudar!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

pep

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.