Estágio obrigatório: como funciona na prática?

estagiário

O estágio obrigatório é uma atividade que deve ser realizada em um ambiente de trabalho pelos alunos de alguns cursos de ensino superior para que possam obter o diploma. Trata-se de uma vivência prática de aprendizado, que é regulamentada pela Lei 11.788/08 (Lei do Estágio).

As empresas oferecem esse tipo de vaga com supervisão e as instituições de ensino acompanham o que está sendo feito pelos estudantes, tudo de acordo com a legislação. Aqui na Unopar, incentivamos essa prática mesmo quando não é obrigatória, pois entendemos a importância para uma formação de excelência.

Fica perdido em relação a esse assunto? A partir de agora, descubra o que é o estágio obrigatório, quanto tempo dura, se há a possibilidade de bolsas, além de todos os benefícios dessa atividade!

Como funciona o estágio obrigatório?

A legislação define que essa atividade não é considerada um trabalho, o que quer dizer que não há vínculo empregatício entre a empresa e o estagiário.

Essa etapa de aprendizado pode ser realizada por alunos de todas as graduações. Para muitas delas, o estágio é obrigatório, fazendo parte da matriz curricular do curso, independentemente da modalidade de ensino. Então, mesmo os cursos a distância (EAD) podem ter essa necessidade comprovada.

Assim, o aluno precisa cumprir um determinado número de horas estagiando para conquistar o diploma, da mesma forma que tem que ser aprovado nas disciplinas. O objetivo dessa exigência é fornecer uma experiência prática, que acontece sob supervisão, a fim de complementar a formação da faculdade.

Por exemplo: no estágio em Enfermagem, é o momento de o estudante colocar em prática tudo o que ele viu na graduação até então. Aprende como funciona a rotina dessa profissão ao observar o desempenho de outros profissionais e auxiliá-los em suas atuações.

Por esse motivo, o estágio costuma ser feito nos semestres finais da faculdade. É importante que o aluno já tenha o conhecimento dos anos anteriores para realmente colocarem a mão na massa. Pode até tirar dúvidas sobre particularidades da carreira.

Qual é a duração dessa atividade?

O estágio obrigatório não pode ter duração superior a 2 anos, com a exceção de casos de estagiário que seja portador de deficiência. O documento que formaliza a atividade é chamado de Termo de Compromisso de Estágio, e deve ser assinado pelo aluno, instituição de ensino e empresa. Como se vê, há diferentes regras que devem ser seguidas para que o estudante possa passar por essa experiência com tranquilidade.

Mesmo quem tem um emprego vai precisar conciliar estágio e trabalho, tendo em vista a obrigatoriedade desse aprendizado prático para se formar.

É possível receber bolsa?

Um ponto que gera muitas dúvidas é a possibilidade de receber alguma remuneração ao fazer o estágio obrigatório. Afinal, ter essa forcinha no orçamento, ainda mais nos últimos semestres da faculdade, não seria nada mal.

A lei estabelece que, no caso do estágio obrigatório, é facultativo às empresas ofertar bolsa ou qualquer tipo de auxílio ao estagiário. Apesar disso, é comum que organizações se preocupem em dar alguma remuneração ao aluno.

Já no caso do estágio não obrigatório, que é quando o aluno faz a atividade mesmo não sendo uma exigência da faculdade, as empresas devem pagar uma remuneração e oferecer auxílio-transporte ao estagiário.

Quais são as vantagens do estágio obrigatório?

Chega o momento de fazer o estágio e vem aquela preocupação de como será essa rotina. Se você é estudante da Unopar, já elimina um dos desafios, que é o de não saber onde encontrar vagas. Afinal, com a parceria exclusiva do Canal Conecta, tem à disposição o contato com diferentes empresas para conquistar essa oportunidade.

A seguir, você acompanha todas as vantagens do estágio obrigatório e pode ficar mais tranquilo em relação a esse período da sua formação.

Atividade supervisionada

O primeiro ponto a favor de estagiar é que você vai conhecer como é o dia a dia de trabalho da área que escolheu para sua carreira. Fica por dentro dos procedimentos, técnicas, equipamentos e outros aspectos da profissão.

Mas não pense que você realiza o estágio sozinho: a lei exige que a empresa forneça toda a infraestrutura necessária para a atividade e também a supervisão de um profissional. É o momento de ver acontecer tudo o que você estudou na faculdade e ainda tirar todas as dúvidas, como vimos.

Valorização do currículo

Muito estudante se forma, vai procurar o primeiro emprego em portais, sites e redes sociais e, logo em seguida, lamenta a falta de experiência no currículo. Isso não vai acontecer se você tiver feito estágio, já que essa atividade é valorizada pelos recrutadores.

A dica é aproveitar ao máximo essa fase de aprendizado, porque vai somar pontos importantes para sua carreira, inclusive se você partir para o empreendedorismo.

Possibilidade de conhecer diferentes segmentos da profissão

Conhecer as rotinas de trabalho de diferentes segmentos de uma profissão também faz parte da experiência. Ao conquistar um estágio em Administração, por exemplo, o aluno pode ter como atividade a gestão financeira, o campo de Recursos Humanos ou até de Marketing.

Se esse estagiário ainda não sabe qual caminho combina mais com ele, vai entender os desafios de cada rotina a partir dessa oportunidade e fica fácil direcionar a carreira para um determinado nicho.

Desenvolvimento de soft skills

Além das questões de colocar em prática o conhecimento técnico e científico, o estágio é a oportunidade para desenvolver as soft skills essenciais para sua atuação no mercado. O aluno descobre qual postura profissional precisa ter para se dar bem na carreira. Também aprende sobre relacionamento interpessoal.

Essa atividade vai ajudar, por exemplo, a desenvolver:

  • inteligência emocional;
  • empatia;
  • comunicação;
  • resiliência;
  • noções de trabalho em equipe;
  • flexibilidade.

Realização de networking

Por último, com o estágio, o aluno tem a chance de construir seu networking, que é a rede de contato profissional. É essencial conhecer profissionais que podem se lembrar dele ao surgir uma vaga de emprego ou até mesmo para uma parceria de negócios.

Agora você já sabe como funciona o estágio obrigatório e o motivo pelo qual o aluno deve passar por essa atividade ainda na faculdade. Em resumo: é uma vivência que vai dar aquele empurrãozinho para ele entrar com o pé direito no mercado de trabalho.

Está se programando para começar a graduação? Inscreva-se em um dos cursos da Unopar e escolha a modalidade de ensino que mais se encaixa em sua rotina!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.8 / 5. Número de votos: 11

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Skip to content