Qual a relação entre Farmácia e a área de Cosmética?

farmácia cosmética

A Farmácia Cosmética é um braço da Farmácia focado na produção de itens e serviços de beleza e estéticos. Essa é uma área diretamente ligada à autoestima e o bem-estar de pacientes e consumidores.

Nesse campo, estão incluídas indústrias de artigos para higiene pessoal, de perfumaria, de maquiagem e de tratamentos, como de peeling e botox, entre outros. Se você está procurando uma carreira promissora, essa é uma excelente alternativa. Isso porque nosso país é um dos principais mercados mundiais na venda de produtos de beleza e similares.

Para o formado no curso de Farmácia, existem várias opções para trabalhar com Farmácia Cosmética: controle da qualidade, gerenciamento da produção, pesquisa e desenvolvimento e muito mais!

Além disso, o campo farmacêutico da Cosmetologia é regulamentado pelo CFF (Conselho Federal de Farmácia). Quer crescer em uma área valorizada, estável e extremamente interessante? Então, confira nosso post até o final!

Desenvolvimento de fórmulas cosméticas

Talvez você esteja pensando: mas qual é a relação entre Farmácia e Cosmética na prática? Bom, na maior parte dos casos (mas não sempre!), o profissional dessa vertente vai atuar em indústrias.

Desse modo, ele pode participar do lançamento de novos produtos, do aprimoramento de artigos já disponíveis no mercado, na testagem dos efeitos dos cosméticos etc.

Trata-se de um nicho bem-remunerado, com salários médios de R$ 3.554,14*. Aliás, é uma das áreas da Farmácia mais bem-pagas. Assim, trabalha-se na elaboração de fórmulas que garantam estabilidade e compatibilidade entre os elementos de um produto.

Além disso, esse profissional prepara relatórios sobre os benefícios das substâncias que compõem determinado item cosmético. Da mesma forma, tal especialista levanta as melhores maneiras de aplicação, os riscos, as condições de armazenamento e por aí vai.

Práticas de fabricação e produção em Farmácia Cosmética

Quando nos perguntamos sobre qual a relação entre Farmácia e Cosmética, a quantidade de respostas é imensa. Diante disso, dependendo da sua vocação profissional, você pode trabalhar na fabricação organizando processos.

Nesse caso, a atuação não é voltada à concepção de fórmulas, mas à gestão de pessoas, equipamentos e recursos. Assim, na área produtiva, você pode coordenar as boas práticas que vão garantir a qualidade final. Por exemplo: treinar fornecedores e operários!

Registro e aprovação em órgãos sanitários

Também é possível aliar Farmácia e Cosmética atuando em pesquisa de desenvolvimento e adequação às normas e leis. Esse campo da indústria farmacêutica estuda a legislação vigente sobre determinado nicho.

Por esse motivo, nesse setor, você pode testar as propriedades de uma mercadoria para saber se ela atende aos requisitos da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). Assim, a função é a de orientar uma empresa ou laboratório sobre permissões e proibições.

Além disso, nessa frente de trabalho, outro serviço é a execução dos trâmites necessários para obter a autorização dos órgãos reguladores para a comercialização. Mais uma alternativa é atuar dentro dessas entidades de fiscalização.

Por exemplo: uma hipótese seria assumir um posto no Ministério da Saúde para inspecionar a qualidade de mercadorias que estão sendo oferecidas ao público. Geralmente, nesses cargos, o ingresso se dá por meio de concursos públicos. 

Análise de propriedades físico-químicas e microbiológicas

Também é uma escolha interessante trabalhar em Farmácia focada em Cosmetologia realizando testes mais voltados às vendas. Nesse caso, a pesquisa não é direcionada aos órgãos reguladores, mas ao público-alvo.

Ou seja, esse especialista confirma se o efeito prometido é mesmo cumprido com o nível esperado pelos consumidores. Nesse contexto, o profissional desempenha funções como realizar testes para descobrir se um perfume conta com a fixação desejada.

Da mesma maneira, outra tarefa pode ser mensurar o grau de espalhamento de um creme hidratante ou confirmar a capacidade de um sabonete para limpar a pele sem provocar ressecamento.

Além disso, quem entende de Farmácia e Cosmética consegue ir além da percepção dos erros. Em outras palavras, esse profissional pode corrigir as inconformidades que ele encontrar

Gestão de infraestrutura industrial em Farmácia Cosmética

O Brasil é o quarto maior mercado da beleza em todo o mundo. Nosso país fica atrás apenas da China, dos Estados Unidos e do Japão nesse quesito. No nicho de fragrâncias, por exemplo, assumimos a segunda colocação no planeta, perdendo somente para os norte-americanos.

Com tanta envergadura, a Farmácia Cosmética oferece inúmeras oportunidades, como a gestão de infraestrutura industrial. Nesse caso, o farmacêutico vai garantir que as instalações, os insumos, o maquinário fabril, os laboratórios e os depósitos estejam em plena adequação para produzir e armazenar artigos com máxima qualidade.

Farmácia Estética em clínicas de beleza

Agora, se você não é muito fã da rotina disciplinada de uma indústria, não se desespere: o ambiente empresarial nem de longe é a única opção para o profissional na área de Cosmética. Afinal, você também pode se capacitar para ser uma ou um farmacêutico esteticista.

Nesse caso, é possível trabalhar para clínicas de embelezamento ou abrir o próprio negócio. Essa área é caracterizada por procedimentos estéticos dos mais variados, como peeling, preenchimento dérmico e aplicação de toxina botulínica (botox), entre outras terapias para o embelezamento.

Desde 2015, o CFF regulamentou as práticas dessa especialidade da Farmácia. Assim, segundo a Cartilha da Farmácia Estética, os profissionais desse nicho podem fazer:

  • análises de pacientes;
  • tratamentos manuais e com aparelhos;
  • aplicação de substâncias na pele, unhas e cabelos com agulhas.

Formação acadêmica para seguir na carreira

Para ingressar nesse promissor mercado de trabalho, primeiro, será preciso concluir uma graduação em Farmácia. Assim, é altamente recomendável procurar instituições de ensino com tradição na área educacional.

Nesse contexto, o curso de Farmácia da Unopar forma o aluno de modo completo. Ao final da faculdade, nossos estudantes estão aptos a planejar e desenvolver remédios, cosméticos e uma variada gama de itens para higiene pessoal.

Na nossa grade curricular, você vai entrar em contato com Química, Ciências Biológicas, Ciências Sociais e Humanas, entre outras áreas.

Muita gente se pergunta se estudar Farmácia é difícil. Na realidade, o ideal é que a área combine com seu perfil. Assim, a paixão pela profissão se torna maior do que qualquer obstáculo de aprendizado.

Porém, se por acaso você achar que Farmácia não é muito a sua cara, não tem problema. Afinal, aqui na Unopar temos também o curso de Tecnólogo em Estética e Cosmética. Nessa opção, dá para se formar mais rápido (cerca de 2 anos, sendo que, para Farmácia, são necessários 5 anos de estudos).

Esse curso tem nível superior e, com ele, você poderá atuar com Química Capilar, Tratamentos Faciais e Cosmetologia.

Agarre essa oportunidade!

A Farmácia Cosmética é uma área recheada de oportunidades. Além disso, ela traz estabilidade, uma vez que cresce mesmo em tempos de crise. Afinal, os tratamentos e produtos estéticos ajudam a manter a autoestima e a qualidade de vida.

Que tal ingressar em uma carreira fascinante e com excelente remuneração? Então inscreva-se no vestibular da Unopar!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.5 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Skip to content