Conheça tudo sobre a Faculdade de Economia!

Faculdade de Economia

A faculdade de Economia forma pessoas preparadas para administrar a área financeira das empresas. Para isso, os estudantes ficam por dentro do mercado para compreender o processo de distribuição de serviços e produtos para as corporações e para os consumidores finais.

Ao concluir o curso e obter o tão sonhado diploma, você terá ótimos conhecimentos matemáticos e da relação humana, sendo apto para avaliar o fenômeno econômico tendo como base os padrões comportamentais da sociedade, nas questões sociais e políticas. Assim, os economistas são capazes de elaborar estratégias financeiras para promover a expansão e o crescimento do negócio.

Se quer conhecer as principais características do curso de Economia da Unopar, você está no lugar certo. Leia o post até o final e veja tudo que você precisa saber sobre essa graduação. Boa leitura!

Qual é o objetivo da graduação?

A faculdade de Economia é responsável por formar pessoas preparadas para entender como acontece a ligação entre o sistema econômico e seus agentes. As análises vão desde o consumidor até a produção e não está relacionada somente com Estatística e Matemática.

A utilização dos números é aplicada ao entendimento dos comportamentos de consumo e, por essa razão, os profissionais não se limitam a calcular taxas de juros. É importante que você entenda os impactos, faça projeções e traga vantagens para a sociedade. Logo, a área de atuação é bastante diversa e cheia de pessoas que desejam se envolver com importantes decisões.

Uma boa instituição de ensino deve ter um corpo docente experiente, formado por especialistas, mestres e doutores no ramo e com um bom histórico profissional. Logo, eles percebem como funcionam as necessidades e as demandas do mercado, sendo aptos para orientar os estudantes sobre as oportunidades disponíveis.

O Bacharelado na área possibilita que o aluno adquira o conhecimento necessário para entender, interpretar e intervir na realidade socioeconômica. Logo, é fundamental dominar as técnicas e teorias que possibilitam uma atuação de excelência no mercado de trabalho.

A graduação em Ciências Econômicas é a escolha certa para o estudante que gosta de fazer cálculos e estudar sobre os acontecimentos da economia mundial. Algumas aptidões necessárias para quem deseja cursar essa faculdade são:

  • gostar de desafios;
  • saber lidar com problemas complexos, envolvendo questões qualitativas e quantitativas;
  • ser criativo e inovador;
  • ter foco para estudar;
  • analisar o mercado antes de agir;
  • ter capacidade de abstração.

Quais são as principais matérias do curso?

A grade curricular da faculdade de Economia é bastante diversificada. Durante os anos de graduação, você aprenderá matérias direcionadas à prática profissional, como Matemática Financeira, Estatística e Cálculo.

O conhecimento sobre as leis também é fundamental. Para isso, os alunos estudam a Legislação Social, Tributária, Trabalhista, etc. Ao final do curso, os economistas ficam preparados para realizar auditorias e fiscalizações de natureza financeira, orientar investidores e avaliar o patrimônio financeiro das empresas.

A instituição de ensino deve desenvolver as habilidades socioemocionais dos estudantes. Isso fornece subsídios para formar profissionais aptos para pensar de maneira estratégica, além de torná-los resilientes e prontos para atuar em empresas de grande porte.

Abaixo, você vai conhecer todas as disciplinas estudadas em Ciências Econômicas da Unopar:

  • Educação a Distância;
  • Empreendedorismo;
  • Ética, Política e Sociedade;
  • Homem, Cultura e Sociedade;
  • Sistemas de Informação Gerencial;
  • Raciocínio Lógico Matemático;
  • Contabilidade;
  • Matemática Financeira;
  • Metodologia Científica;
  • Capital de Giro e Análise Financeira;
  • Direito Empresarial;
  • Gestão de Projetos;
  • Análise de Custos;
  • Microeconomia;
  • Análise de Investimento e Fontes de Financiamento;
  • Modelos de Gestão;
  • Legislação Social e Trabalhista;
  • Métodos Quantitativos;
  • Responsabilidade Social e Ambiental;
  • Comportamento Organizacional;
  • Cálculo I;
  • Econometria;
  • História Econômica Geral e Evolução do Pensamento Econômico;
  • Introdução à Economia;
  • Legislação Tributária;
  • Formação Econômica no Brasil;
  • Teoria Macroeconômica;
  • Teoria Macroeconômica: Mercados;
  • Teorias do Crescimento Econômico;
  • Teorias do Desenvolvimento Econômico;
  • Economia Ambiental;
  • Economia Brasileira e Contemporânea;
  • Economia do Setor Público e Contabilidade Social;
  • Economia Política;
  • Trabalho de Conclusão de Curso I;
  • Economia Agrícola;
  • Economia Industrial;
  • Economia Monetária e Mercado de Capitais;
  • Relações Econômicas Internacionais;
  • Trabalho de Conclusão de Curso II.

Além de cursar as disciplinas teóricas, é importante que os alunos, ao final do curso, elaborem um Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) na área de interesse. Agora, que tal conhecer um pouco sobre as principais matérias estudadas na faculdade de Economia?

Teoria Macroeconômica

Na disciplina de Teoria Macroeconômica, você estudará a situação econômica de um país ou uma região, levando em conta fatores como desemprego, inflação, investimentos, taxas de juros, PIB, etc.

Compreender os conceitos da Macroeconomia é muito importante para quem deseja ser um economista de sucesso. Afinal, a situação econômica da nação exerce grande influência na maneira como as empresas se comportam.

Microeconomia

A Microeconomia é uma das matérias mais importantes da Economia. Logo, a disciplina é ministrada bem no começo da graduação. É possível classificar esse tema como o estudo individual das corporações e consumidores que compõem um mercado.

Essa disciplina conta com teorias fundamentais ao futuro profissional, já que estuda o funcionamento da demanda e oferta, o comportamento do consumidor e a formação de preços.

Economia Brasileira e Contemporânea

Para exercer as atividades como economista, é essencial entender a formação social e econômica do Brasil, além de conhecer seus desafios e características. Por isso, o curso de Ciências Econômicas apresenta uma disciplina que tem como foco esse tema. Afinal, estudar Economia Brasileira auxilia a entender o cenário atual do país.

Relações Econômicas Internacionais

Em um mundo cada vez mais globalizado, compreender a Economia Internacional é importante para quem deseja ser um destaque no mercado de trabalho. Fatores como taxas de câmbio, incentivos fiscais às exportações, barreiras tarifárias e medidas protecionistas são alguns dos assuntos discutidos durante as aulas.

Matemática Financeira

Os estudantes de Economia devem se preparar para lidar com números e interpretar informações visuais, como tabelas e gráficos. Assim, essa é a graduação ideal para quem curte Matemática.

Na disciplina de Matemática Financeira, o aluno aprende a usar os métodos matemáticos para analisar os problemas propostos pelas Ciências Econômicas.

Qual a duração do curso?

Na Unopar, Ciências Econômicas tem duração de 4 anos, ou seja, 8 semestres. A carga horária total da graduação de acordo com os semestres é:

  • 1.º semestre: 320 horas;
  • 2.º semestre: 320 horas;
  • 3.º semestre: 320 horas;
  • 4.º semestre: 320 horas;
  • 5.º semestre: 320 horas;
  • 6.º semestre: 320 horas;
  • 7.º semestre: 410 horas;
  • 8.º semestre: 390 horas.

Apesar de ter duração total de 4 anos, saiba que o tempo de faculdade pode mudar de acordo com o tipo de formação e se o aluno atrasou alguma disciplina. O sistema de créditos, por exemplo, é um modo de contar as horas cursadas ao final das matérias.

Assim, quando terminar a graduação, você deve chegar a uma quantidade mínima para conquistar o tão sonhado diploma. Além disso, alguns conteúdos contam com um pré-requisito que você deve cumprir para a matrícula.

Caso seja reprovado em alguma disciplina, é importante refazê-la em um dos semestres seguintes. Logo, é essencial seguir a grade curricular e ter um bom índice de aprovação para evitar o atraso da sua formatura.

Por outro lado, é possível diminuir o tempo de formação, sabia? Nesse caso, o aluno pode encaixar mais disciplinas da grade curricular do que o previsto para o período. Entretanto, essa alternativa requer muito cuidado para não ficar com um semestre sobrecarregado e, por consequência, prejudicar o seu desempenho nas provas.

Como consultar o preço do curso?

Verificar os valores das mensalidades é uma das prioridades para boa parte dos estudantes brasileiros, afinal, é importante saber se o preço que investirá realmente compensará e caberá no bolso. Antes de fazer essa consulta, é fundamental entender que o custo da graduação pode variar dentro de uma mesma instituição de ensino.

Isso ocorre devido a três fatores:

  • turno: diurno ou noturno;
  • localização: cidade e estado em que está localizado o polo de ensino da faculdade;
  • modalidade de ensino: 100% online, presencial ou semipresencial.

Você pode conferir o preço da faculdade de Economia no site da própria Unopar. É muito fácil. Basta visitar a página e clicar na aba “faculdade de Ciências Econômicas”. Por lá, é possível encontrar todas as informações, como grade curricular, objetivo da graduação, etc.

Além de mensalidades acessíveis e que cabem no seu bolso, você também consegue concorrer a uma bolsa de Ciências Econômicas que ajuda a diminuir o preço. Veja as opções oferecidas:

  • Bolsa Primeiro Semestre: vantagem que ajuda no processo de adaptação do curso. Por isso, disponibilizamos 20% de desconto na mensalidade do primeiro semestre de faculdade;
  • Bolsa Transferência: opção destinada ao estudante que já cursa Economia em outra faculdade, mas quer estudar na Unopar. Assim, é possível conseguir uma redução de até 30% do preço da mensalidade, sendo válida durante toda a graduação;
  • Bolsa Incentivo: alternativa válida para quem está com alguma dificuldade financeira. Se é o seu caso, você poderá optar por essa bolsa no início do curso;
  • Bolsa Enem: modalidade que utiliza a nota do Enem como forma de desconto. Aqui, é possível conseguir um desconto que chega a 100% do valor das mensalidades, dependendo da sua pontuação;
  • Desconto Pontualidade: desconto oferecido para o estudante que paga as mensalidades antes do quinto dia útil. É um benefício para bons pagadores, que ajudam a manter o orçamento da faculdade em dia.

Como se matricular no curso?

Agora que já conheceu as principais informações sobre a faculdade de Economia, deve estar curioso para saber como se matricular nessa graduação, não é mesmo? Então, saiba que aqui na Unopar, tudo é bem simples! É preciso que o estudante tenha um diploma de ensino superior (caso seja o segundo curso), ou tenha participado de um dos processos seletivos explicados abaixo. Acompanhe!

Vestibular tradicional

O vestibular tradicional tem duração de 2 horas e deve ser feito de modo presencial. O candidato elabora uma redação argumentativa-dissertativa com temas vistos durante todo o ensino médio.

Caso não consiga comparecer ao campus na data definida, você pode fazer o próprio agendamento de acordo com seus compromissos.

Vestibular online

O vestibular online acontece de maneira 100% digital, desde o momento da inscrição até a realização da prova. O teste é muito semelhante ao formato presencial, com a diferença que você tem uma hora para concluí-lo. Após a finalização, basta entrar na área do candidato e verificar o resultado.

Transferência externa

O vestibular por meio da transferência externa é a melhor alternativa para o estudante que já cursa Economia em outra instituição, mas quer migrar para a Unopar. O candidato faz o processo de inscrição de modo online pelo site da faculdade.

Nesse caso, você deve apresentar alguns documentos para que a matrícula seja feita, caso exista a aprovação.

Ingresso por nota do Enem

Se você já realizou alguma edição do Enem desde 2010 e obteve uma nota superior a 200 pontos, poderá ingressar na faculdade de Economia da Unopar utilizando essa pontuação. Aqui, é necessário escolher essa alternativa na área do candidato.

Quais as modalidades em que o curso está disponível?

Com a criação de plataformas virtuais de aprendizagem e o avanço da tecnologia, foi possível que as instituições de ensino credenciadas pelo MEC proporcionassem novos formatos de ensino, como é o caso do curso de Economia EAD.

Essa modalidade também é chamada de ensino a distância. No entanto, a graduação em Ciências Econômicas pode ter aulas laboratoriais ou práticas. Logo, as faculdades também passaram a oferecer em um formato conhecido como semipresencial, ou híbrido.

Em ambas as opções, as matérias teóricas ficam disponíveis no Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA). No caso do formato semipresencial, os conteúdos práticos ocorrem de modo presencial em ambientes específicos.

As duas modalidades de ensino podem ser escolhidas por qualquer estudante, mas o objetivo principal é atender aqueles que, por alguma razão, não conseguem ir todos os dias até o polo de ensino para fazer as aulas presenciais. Logo, são formatos que oferecem uma flexibilidade maior.

Agora é com você!

A faculdade de Economia conta com disciplinas teóricas fundamentais para a boa formação dos alunos, além de modalidades flexíveis. Para se destacar na profissão e ser um profissional de sucesso, lembre-se de estudar em uma instituição de ensino conceituada e preparada para oferecer uma aprendizagem de excelência.

Invista no seu futuro agora mesmo. Inscreva-se em nosso vestibular online e saia na frente!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Oops! Invalid captcha, please check if the captcha is correct.