Quanto tempo dura a faculdade de Arquitetura?

quanto tempo dura a faculdade de arquitetura

Para acertar na escolha da faculdade, entre tantas informações, é importante entender bem qual é a carga horária e a estrutura do seu curso. Esse detalhe diz muito sobre o grau de dedicação que você precisará ter, especialmente nos momentos presenciais, e pode ser um importante termômetro na hora da decisão.

Um exemplo disso é a duração do Bacharelado em Arquitetura e Urbanismo, que tem organização complexa e inclui atividades práticas, estudos de campo, ateliês de projeto etc. Logo, você vai precisar de um planejamento eficiente e uma boa gestão de tempo para dar conta do recado.

Pensando em ajudar em sua decisão, resolvemos dedicar um artigo para responder à pergunta: “faculdade de Arquitetura: quantos anos dura?”, bem como dar uma boa ideia do que será entregue aos alunos durante a graduação. Vamos lá?

Faculdade de Arquitetura: quantos anos dura?

De acordo com o Ministério da Educação (MEC), a faculdade de Arquitetura dura 5 anos, em média. Ao longo desse tempo, será distribuída a carga horária obrigatória de 3.600 horas, que inclui atividades teóricas e práticas essenciais, realizadas em meio período.

Esse período corresponde à chamada carga horária mínima de integralização da graduação de Arquitetura e Urbanismo, presente na Resolução nº 2, de 18 de junho de 2007. O período de 5 anos é definido para as graduações do grupo de carga horária mínima de 3.600-4.000 horas/aula, considerando 200 dias letivos por ano.

Além disso, não há distinção quanto à modalidade na qual o curso é ofertado. Tanto em caráter presencial quanto na Arquitetura EAD (no semipresencial), a carga horária obrigatória é a mesma.

Há estágio no curso de Arquitetura?

Na duração da faculdade de Arquitetura e Urbanismo, 20% da carga horária total é dedicada ao estágio obrigatório, ou estágio curricular supervisionado –– nomenclatura que o MEC utiliza oficialmente.

Com o total de 720 horas, divididas ao longo do curso, o estágio em Arquitetura é um dos momentos mais importantes do projeto pedagógico da graduação. Afinal, é quando os alunos vão experimentar os primeiros contatos com o mundo real do trabalho, sob a supervisão de um professor responsável.

Os créditos do estágio supervisionado são fundamentais para a formação, assim como as Atividades Complementares e o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC). Eles podem acontecer na própria faculdade ou em ambientes externos, desde que contribuam para o desenvolvimento das competências e habilidades profissionais exploradas na graduação.

Além disso, há os programas de estágio não obrigatório, nos quais os alunos se inscrevem voluntariamente. Embora não sejam supervisionados nem contem como créditos para a formatura, são excelentes oportunidades para entrar nas melhores empresas de Arquitetura, participar de programas de trainee e até conquistar a efetivação.

De acordo com a Lei do Estágio, os estágios não obrigatórios devem ser remunerados e têm a duração de, no máximo, 2 anos. Após isso, a contratação deve ser formalizada.

Ainda está em dúvida sobre qual faculdade prestar? Leia este post e conheça as principais diferenças entre Arquitetura e Engenharia Civil!

Quando posso começar o estágio em Arquitetura?

O ideal é realizar o estágio curricular nos 9º e 10º semestres, ou seja, no último ano de graduação. É nesses períodos que o estudante tem disciplinas dedicadas à realização do estágio em sua grade curricular, de modo que a quantidade de matérias teóricas fique mais equilibrada e que o aluno tenha um bom aproveitamento, tanto dos conteúdos quanto das atividades práticas.

Além disso, a realização do estágio nos momentos finais do curso tem um objetivo importante: garantir que o aluno já tenha cursado uma boa quantidade de matérias. Assim, terá o conhecimento técnico e teórico necessários para que possa se sair bem na atuação prática e, assim, potencializar seu aprendizado.

Há meios de encurtar o tempo de graduação em Arquitetura?

Algumas faculdades oferecem ao aluno a opção de diminuir a duração do curso de Arquitetura e Urbanismo. Nesse caso, em vez de frequentar a graduação todo em meio período, os primeiros semestres terão aulas em período integral, o que reduz o tempo de curso de 5 para 4 anos.

No entanto, isso depende da infraestrutura do curso e regimento da instituição. Para saber com certeza de esse ajuste é possível, converse com a coordenação da faculdade. De qualquer forma, é preciso ficar bem evidente que, mesmo com o curso diminuindo em tempo de duração, a carga horária obrigatória será mantida.

Vale lembrar que, no semipresencial, existe a flexibilização da grade curricular, ou seja, você consegue acomodar das disciplinas de maneira que seu tempo seja bem utilizado. Afinal, trata-se da modalidade de ensino a distância, com atividades presenciais.

Qual é o prazo máximo para se formar em Arquitetura e Urbanismo?

Como você viu, a faculdade de Arquitetura e Urbanismo dura 5 anos. Durante o curso, o aluno tem sua grade curricular montada de modo que todas as atividades teóricas e práticas sejam realizadas dentro desse período. 

Porém, estamos sempre sujeitos a imprevistos, não é? Por esse motivo, o aluno tem direito a trancar sua matrícula, suspendendo assim todas as suas atividades, sem perder o vínculo com a Unopar. Esse trancamento pode ser solicitado uma vez ao longo do curso e pode durar até 2 anos. 

Esse período não é computado na integralização curricular. Então, no total, o aluno pode levar até 7 anos para concluir seu currículo e garantir o diploma.

Como se dá a grade curricular do curso de Arquitetura?

A grade curricular do curso de Arquitetura e Urbanismo tem o objetivo de apresentar aos alunos os conhecimentos necessários para que atuem em todas as etapas do desenvolvimento de projetos arquitetônicos. 

Sendo um curso da área de Ciências Sociais Aplicadas, as disciplinas envolvem os campos de Matemática, Física, Artes e outros relacionados. Veja algumas das principais disciplinas:

  • Conforto Ambiental (Térmico, Acústico e Lumínico);
  • Desenho Arquitetônico;
  • Ecologia Urbana;
  • Estética e História da Arte;
  • Fundamentos de Topografia;
  • Geometria Descritiva Aplicada à Arquitetura;
  • História e Teoria da Arquitetura, Urbanismo e Paisagismo;
  • Instalações Hidrossanitárias;
  • Paisagismo;
  • Planejamento Urbano e Regional;
  • Resistência dos Materiais;
  • Técnicas Retrospectivas, Restauração e Patrimônio Histórico;
  • Tecnologia das Construções;
  • Urbanismo.

Essas e outras matérias são divididas ao longo dos 10 semestres. Veja só a carga horária total de cada um:

  • 1º semestre — 280 horas;
  • 2º ao 7º semestre — 320 horas cada;
  • 8º semestre — 370 horas, sendo 50 horas dedicadas ao Trabalho de Conclusão de Curso (TCC);
  • 9º semestre — 400 horas, sendo 50 horas dedicadas ao TCC e 160 ao estágio curricular supervisionado;
  • 10º semestre — 450 horas, sendo 40 horas dedicadas ao TCC e 160 ao estágio curricular supervisionado.

Para saber em detalhes sobre o funcionamento da graduação e possibilidades de trabalho, confira nosso artigo com tudo sobre Arquitetura e Urbanismo

Quanto tempo duram as especializações do setor?

Depois que você terminar a faculdade, é fundamental prosseguir os estudos por meio de cursos livres de atualização e pós-graduações. Esse é um diferencial e tanto no seu currículo e pode ajudar na conquista das melhores oportunidades de carreira –– além, é claro, de ser necessário para que você continue reciclando seus conhecimentos.

Os programas de pós no Brasil se dividem em especializações (lato sensu, ou “em sentido amplo”) e mestrado e doutorado (stricto sensu, ou “em sentido estrito”). Veja mais sobre cada um!

Especialização

Os cursos de especialização duram no mínimo 360 horas, o que equivale ao período de 6 meses a um ano, aproximadamente. O objetivo do programa é aprofundar seu conhecimento na área para atuação ampla no mercado de trabalho em Arquitetura

Por garantir aplicações mais versáteis e ter uma duração menor, a especialização é uma opção bastante vantajosa na continuidade dos estudos. Alguns exemplos são:

  • Planejamento Urbano;
  • Restauro de Edifícios;
  • Luminotécnica;
  • Arquitetura Hospitalar;
  • Edificações Sustentáveis etc.

Mestrado e doutorado

Já o mestrado e o doutorado são cursos mais longos, pois se destinam especialmente a quem deseja seguir carreira acadêmica, isto é, trabalhar com pesquisa e dar aulas no ensino superior. Para tanto, o objetivo desses programas é realizar um trabalho de pesquisa aprofundado em determinado campo. 

Essa pesquisa tem como resultado a dissertação de mestrado e a tese de doutorado. Os dois programas têm carga horária mínima de 1.200 horas, e sua conclusão pode levar de 2 anos (mestrado) a 4 anos (doutorado). 

Vale ressaltar que a realização do mestrado é um dos aspectos que pesam bastante nos processos seletivos de doutorado. Portanto, vale a pena passar pelas duas etapas progressivamente. 

Cursos livres e de extensão

Os cursos livres, por sua vez, são pontuais, portanto, mais curtos. Alguns duram semanas, enquanto outros levam meses. Eles têm as mais diversas temáticas e podem ou não ser relacionados à sua área de atuação. 

Por exemplo, você pode realizar um curso de Gestão de Tempo, de Oratória, de Espanhol, e assim por diante. Esse tipo de conhecimento é muito válido para aperfeiçoar competências e habilidades suaves, as chamadas soft skills, que farão o seu perfil profissional mais atrativo no mercado.

Já os cursos de extensão são, como o nome indica, uma forma de expandir seus conhecimentos na área de formação. Por isso, abrangem assuntos complementares, mas sempre relacionados ao seu curso. Eles têm duração variável, mas costumam ser um pouco mais longos que os cursos livres. 

Faça uma escolha certeira!

Agora você já sabe quanto tempo dura a faculdade de Arquitetura e Urbanismo! Então, é preciso prestar atenção na escolha da instituição onde vai estudar para não desperdiçar seu valioso tempo com uma decisão errada, não é mesmo?

Por isso, ao considerar a escolha da faculdade, procure instituições bem-posicionadas no mercado. Esse é o caso da Unopar, com mais de 40 anos de tradição no ensino e presente em, pelo menos, 450 municípios, graças aos polos Unopar EAD.

Isso significa que é uma instituição antenada com a atualidade e que procura o melhor em estrutura e corpo docente para oferecer um projeto pedagógico em sincronia com as demandas do mercado.

Por que esperar mais? Aceite nosso convite: inscreva-se já no vestibular de Arquitetura e Urbanismo da Unopar!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.1 / 5. Número de votos: 7

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Skip to content