Tudo que você precisa saber sobre Administração antes da faculdade

estudante de administração

Administração é um curso de nível superior, oferecido no grau de Bacharelado, que forma profissionais capazes de gerenciar recursos de uma instituição ou empresa, sejam eles materiais, financeiros ou humanos. A graduação pode ser oferecida na modalidade ensino presencial ou EAD. Quer saber mais? Acompanhe nosso post!

Se você quer dar continuidade aos estudos e construir uma vida profissional de sucesso, talvez esteja considerando saber tudo sobre o curso de Administração antes de fazer a sua escolha pela faculdade que deseja cursar. E é isso mesmo! Informação é o segredo para que você eleja a profissão que tem mais a ver com a sua personalidade.

Um estudante da área, por exemplo, sabe que ela é diversa e interdisciplinar — características que fazem com que o curso seja atrativo para profissionais dos mais diversos perfis. Qual é o seu? Para ter uma resposta a essa e outras perguntas que surgem ao longo da busca pela faculdade ideal, confira este guia completo sobre Administração.

O que significa Administração?

O termo Administração vem do latim e significa “direção, tendência para, conduzir”. Quem realiza a função de administrar um processo tem a responsabilidade de comandar e definir uma organização do início ao fim.

No mundo corporativo, entendemos a Administração como tudo que envolve o planejamento, a organização e o controle de processos para alcançar os objetivos definidos por uma empresa. Nesse sentido, é a gestão de pessoas, recursos financeiros e processos internos de uma companhia.

Qual é a história da Administração?

Antes de conhecer todos os detalhes do curso de Administração, que tal conhecer um pouco a história da própria Administração? Como você pode imaginar, é uma trajetória tão antiga quanto a própria humanidade, já que desde sempre fomos obrigados a organizar e controlar processos em grupo para viver em sociedade. Venha com a gente!

Sociedades agrárias

É na Antiga Suméria, no ano de 5.000 A.C (Antes de Cristo), que vemos os primeiros registros de uma sociedade agrária com os indícios de uma organização administrativa vagamente semelhante a que conhecemos hoje.

Os indícios da Administração também são vistos na economia do Antigo Egito e na China, também no ano de 5.000 A.C.

Idade média e organizações militares

Ao longo dos séculos, as primeiras regras e os regulamos focados na Administração pública deram origem a duas grandes instituições da história da sociedade ocidental: a Igreja Católica Romana e as organizações militares.

As duas foram determinantes para o controle político e econômico durante vários séculos, adotando práticas administrativas para gerir riquezas, cobrar impostos, treinar tropas e proteger pequenas províncias.

Revolução industrial

Foi com a revolução industrial que ela começou a dar os primeiros passos rumo à modernidade que resultou em nossa Administração atual. Com a introdução da máquina a vapor nas fábricas, a industrialização passou a demandar das empresas práticas mais sofisticadas que acelerassem a produção.

A Administração empírica começou a substituir o improviso e agregar organização aos processos das fábricas. O maior planejamento e controle garantia eficiência para produzir cada vez mais.

Administração Científica

No século XX, finalmente a Administração passou a ter princípios lógicos, o que permitiu que ela se tornasse uma ciência. Frederick W. Taylor publicou, em 1911, o livro Principles do Scientific Management (Princípios da Administração Científica), descrevendo sua teoria sobre a área –– o que o tornou o pai da Administração Científica.

Teoria das Relações Humanas

Durante a Segunda Guerra Mundial, a história da Administração ganhou mais um capítulo muito importante. Em 1940, o psicólogo, professor e historiador australiano Elton George Mayo deu origem à Teoria das Relações Humanas, que ressaltou a importância de humanizar a gestão administrativa.

Administração no Brasil

A história da Administração no Brasil tem como marco a Lei nº 4.769, sancionada em 1965, que reconhecia o curso superior na área. Antes do projeto de lei, as boas práticas administrativas já eram aplicadas nas empresas brasileiras, mas havia a necessidade de maior qualificação dos profissionais.

A partir de 1965, mais de 200 cursos superiores de Administração se espalhavam pelo país. Atualmente, o Ministério da Educação já reconhece cerca de 1.500.

Como é a Teoria Geral da Administração?

A Teoria Geral da Administração (TGA) é um dos conhecimentos que todo administrador deve ver na faculdade e que continua muito atual no mundo corporativo. É o conjunto de princípios e técnicas a respeito da organização de processos administrativos.

Ao longo da história, a TGA foi ganhando diferentes ênfases: tarefa, estrutura, pessoa, ambientes e tecnologia. Lembra da Administração Científica de Taylor? Foi ela que deu origem à “ênfase na tarefa”. O conjunto se completa com a Teoria das Contingências, que originou a “ênfase na tecnologia”.

Como é o curso de Administração?

O curso é de Bacharelado e, ao longo dele, o estudante adquire uma visão geral para administrar os mais variados tipos de empresas, desde multinacionais e companhias privadas a microempresas e organizações não governamentais (ONGs). Daí o interesse cada vez maior pelas especializações após o curso, com focos diferentes — marketing, finanças, logística, recursos humanos e outras possibilidades, como você verá daqui a pouco.

Aliás, é muito comum que as pessoas tenham dúvidas entre cursar RH ou Administração. O que importa, no momento, é saber que o curso de Administração é um processo educacional que capacita o aluno às melhores práticas para administrar organizações, em seus diversos setores.

É claro que, para abrir uma empresa, por exemplo, não é exigido um diploma. Contudo, esse diferencial pesa e muito na vida profissional, principalmente se a sua ideia é trabalhar em um negócio que não é seu.

Qual é o perfil ideal do estudante de Administração?

Já vimos que uma pessoa com interesse na área se tornará um profissional com poder de gerenciamento de recursos de uma instituição ou empresa, sejam eles materiais, financeiros ou humanos. Certo? Porém, para que isso seja possível, qual será o perfil esperado, ainda enquanto se é estudante de Administração?

Veja as principais características que o mercado espera!

Organizado

Para começar, podemos dizer que o interessado nessa área deve ter uma habilidade essencial: a organização. Isso porque somente um profissional organizado consegue otimizar os processos, criar condições mais favoráveis e maximizar o valor e a entrega de resultados.

Além disso, essa competência é fundamental no período de estudos, uma vez que a vida acadêmica deve ser aproveitada com seriedade e responsabilidade –– sem deixar de lado a família, o trabalho e outras atividades.

Dinâmico

A área da Administração muda muito rápido, por acompanhar as tendências do mercado e a realidade atual tanto das empresas quanto dos consumidores e da sociedade como um todo. Por isso, o profissional formado e o estudante lidam frequentemente com o dinamismo enquanto ferramenta para se adaptarem aos mais variados cenários e nunca perderem o diferencial competitivo.

Flexível

Junto à característica anterior está a flexibilidade. Afinal, a pessoa deve agir da melhor forma para lidar com uma agenda cheia, mudanças e novidades a todo momento — ainda que durante o curso, uma vez que ele traz bastante prática para o processo de aprendizado do aluno. Assim, é fundamental ser flexível para lidar com várias matérias, trabalhos, estágio em Administração, capacitações extras, oportunidades que surgem e por aí vai.

Multidisciplinar

Se o curso tem esse perfil, seu estudante também deverá ter o mesmo espírito de conhecer um pouco de tudo e ter interesse pelas diversas áreas que podem tocar a Administração: economia, finanças, Psicologia do trabalho, política, cultura, marketing etc.

Nesse sentido, a pessoa acaba desenvolvendo uma visão estratégica e empreendedora, pois consegue enxergar situações por meio de várias perspectivas adquiridas pelo caráter multidisciplinar e de sede por conhecimento.

Bom comunicador

Principalmente com as mudanças no mundo de trabalho, a comunicação se torna uma vantagem competitiva. Isso acontece porque as empresas dão preferência às pessoas que têm visão sistêmica, facilidade para se comunicar e que conseguem desenvolver uma liderança inspiradora e motivacional — algo possível apenas com muito diálogo e empatia.

É natural que alguém se interesse por Administração, mesmo que não tenha esse perfil ainda. A boa notícia é que tudo pode ser trabalhado no decorrer do curso. Portanto, além das teorias e práticas da profissão, você terá a chance de desenvolver certas qualidades, como:

  • raciocínio lógico e ágil;
  • habilidade para solucionar problemas;
  • organização e planejamento;
  • boa capacidade de analisar e interpretar dados e contextos;
  • visão ampla do mercado para tomar decisões;
  • disciplina para lidar com a falta de rotina da profissão;
  • facilidade para trabalhar em equipe etc.

Qual é a duração do curso em geral?

Assim como a maioria dos cursos de Bacharelado, o curso de Administração tem uma duração média de 8 semestres, ou seja, de 4 anos. Esse percurso é esperado pelo aluno que se matricula em todas as disciplinas previstas na matriz curricular, sem atrasos, reprovações ou trancamentos, por exemplo.

Normalmente, os primeiros anos são de matérias mais básicas, enquanto os últimos são voltados a disciplinas específicas e profissionalizantes. Aqui, vale conferir a flexibilidade do curso, a fim de que você tenha uma ideia melhor da duração dentro da sua realidade atual — confira o tempo mínimo e máximo para a conclusão, bem como a possibilidade de fazer mais ou menos matérias por período.

Quais são as matérias presentes no curso?

Você deve estar aí se perguntando como é a faculdade de Administração. Pois bem, a partir de agora, será possível conhecer as principais disciplinas para a formação de um administrador.

É fácil notar que há uma mistura de áreas distintas de conhecimento, como Cálculo, Estatística e Gestão. Isso faz com que o estudante desenvolva uma habilidade multidisciplinar — lembra o perfil ideal? —, formando-se como um multiespecialista, pronto para qualquer desafio. Veja a seguir.

Gestão de projetos

Dentre as disciplinas geralmente cursadas, estão aquelas que envolvem gestão de projetos. Afinal, um profissional da área deve ter a capacidade de organizar e executar planejamentos concisos e estratégicos. Além disso, ele também precisa gerir vários procedimentos no dia a dia de uma empresa ou outra organização, desde a compra de insumos até a logística empresarial, por exemplo.

Gestão de pessoas

E o capital humano, como fica? O estudante de Administração também aprende a ter essa visão sistêmica a respeito do departamento de recursos humanos. Assim, ele saberá recrutar, selecionar e reter talentos para a sua equipe, bem como desenvolver pessoas e agir em posição de liderança para conquistar as melhores carreiras dentro de uma instituição.

Planejamento Financeiro e Orçamentário

Não dá para entrar nesse curso sem ter uma boa Administração Financeira. Isso porque a gestão financeira é fundamental para a saúde de qualquer empresa. Então, o estudante também vai ter contato com matérias relacionadas com conceitos matemáticos, financeiros e tributários, com capacidade de análise de custos e de investimentos.

Pesquisa e Inteligência de Marketing

Está indeciso sobre Marketing ou Administração?

Pois saiba que não é apenas a Publicidade e a Comunicação que lidam com o marketing: a Administração também usufrui dessa estratégia para potencializar as ações empresariais e, claro, construir e vender uma imagem cada vez mais sólida e positiva perante o público e o mercado.

O Ministério da Educação (MEC) estipula em suas diretrizes curriculares nacionais que, essencialmente, o curso de Administração tenha conteúdos de formação básica, de formação profissional, de estudos quantitativos e complementares. Além das áreas de conhecimento já citadas, então, o aluno pode ver:

  • Planejamento estratégico;
  • Teorias da Administração;
  • Economia para Negócios;
  • Contabilidade Introdutória;
  • Gestão Mercadológica na Era Digital;
  • Legislação Empresarial;
  • Pesquisa Operacional;
  • Comportamento Organizacional e Negociação;
  • Empreendedorismo e Inovação;
  • Responsabilidade Social e Ambiental;
  • Sociedade Brasileira e Cidadania.

O estudante, de fato, tem acesso a um pouco de tudo durante os anos matriculado, construindo um conhecimento multidisciplinar que une teoria e prática, algo bastante útil para lidar com as atividades diárias e os desafios da profissão.

Como é a rotina de estudos durante o curso?

É muito comum ouvir no meio acadêmico e profissional que o administrador precisa “ter chá”. Sabe o que isso significa? Para se destacar no mercado, você deve ter Conhecimento, Habilidade e Atitude — CHA.

Brincadeiras à parte, até agora explicamos vários aspectos do curso e da profissão que, realmente, comprovam essa necessidade. Por isso é que certos fatores são importantes na rotina de estudos do estudante de Administração. Veja alguns!

Gestão do tempo

Em primeiro lugar, como se trata de uma área com um dos mercados mais amplos e repletos de oportunidades, o estudante precisa estar atento a todas as disciplinas. Ou seja, buscar o melhor aproveitamento possível dos conhecimentos técnicos para executar planejamentos, organizar, dirigir e controlar empresas e instituições ao fim do seu curso.

Para que isso seja possível, o aluno deve começar a mostrar que é bom em administrar o seu próprio tempo! Assim, dá para participar das aulas — sejam elas presenciais ou online —, das atividades complementares e ainda buscar conhecimentos extras enquanto se estuda em casa.

Domínio de uma língua estrangeira

Saber inglês não é mais um diferencial, mas uma necessidade para o mercado administrativo. Os profissionais de sucesso lidam com empresas internacionalizadas, equipes diversas e cenários em que uma segunda língua é essencial para que a comunicação aconteça.

Teste Vocacional Rápido

Por isso, o estudante de Administração também deve encontrar maneiras de melhorar suas habilidades em língua estrangeira — seja inglês, espanhol, alemão ou, até mesmo, mandarim, já que a China vem se configurando como uma das maiores potências econômicas do mundo.

Vale estudar por conta própria, assistir a filmes e séries, fazer aulas online e o que mais for possível para absorver e naturalizar a nova linguagem.

Atividades complementares e autodidatas

Um grande erro ao ingressar na faculdade é achar que somente a grade curricular basta para garantir um bom emprego. É claro que um diploma de Administração abre muitas portas, e o “feijão com arroz” é fundamental. No entanto, sem o interesse pessoal por aprender além disso, a pessoa não vai conseguir se destacar positivamente no mercado.

Desse modo, vale a pena desenvolver um perfil autodidata, que muito se aproxima do caráter multidisciplinar já destacado aqui neste guia. A ideia é buscar conhecimento prático também fora da sala de aula, lendo jornais, assistindo a noticiários ou, simplesmente, buscando indicações de livros valiosos para a área.

Toda essa bagagem colabora para que o profissional saia da faculdade muito mais preparado para a realidade que o espera. Somado a isso, também podemos destacar cursos, oficinas, palestras e o que mais for possível participar para agregar mais conhecimento à formação.

Quais são as áreas de atuação possíveis?

Somente pelas disciplinas citadas e pelo perfil esperado de um estudante da área, já deu para perceber que a Administração é um curso cheio de possibilidades de atuação, não é mesmo? Por mais que seja um segmento concorrido, seu leque amplo de oportunidades garante que os profissionais encontrem seu lugar ao sol. Veja, agora, quais são as opções!

Administração de empresas

A Administração de empresas é a função mais comum, tanto as públicas quanto as privadas. Nesse caso, o profissional se torna responsável pela organização e pela gestão dos recursos materiais, financeiros e humanos, podendo atuar com mais especialização em outros setores, dependendo do nicho de mercado.

Administração esportiva

Se você gosta de esportes, saiba que clubes, equipes e associações esportivas também precisam de uma boa administração. Por isso, contratam profissionais capacitados para definir e gerir suas atividades, das finanças ao marketing, considerando políticas de captação de recursos, parcerias etc.

Administração financeira e econômica

O administrador responsável por esse segmento é capaz de organizar e coordenar atividades de natureza financeira e econômica, mantendo tudo em ordem: capital de giro, fluxo de caixa, análise de orçamentos, patrimônio empresarial, entre outros aspectos diretamente ligados à parte contábil, tributária e de auditoria de empresas e outras organizações.

Administração hoteleira

Caso você não saiba, os antigos cursos de Turismo se transformaram em uma ênfase do curso de Administração. Logo, temos também administradores do setor, prontos para gerenciar hotéis, pousadas, parques temáticos, spas e resorts.

Eles cuidam não só da supervisão e do funcionamento desses estabelecimentos, mas também fazem a gestão dos serviços, de pessoal, da área financeira e demais processos que o ramo vive diariamente.

Administração hospitalar

A área da saúde também requer bons administradores para funcionar de forma otimizada. Nesse sentido, os hospitais, prontos-socorros e demais clínicas e empresas de convênio médico ou de seguro de vida e saúde também dão boas oportunidades aos profissionais formados em Administração.

Administração pública

Geralmente, essa área da Administração também é conhecida como Gestão Pública (ou Administração Pública). Ela se diferencia por se tratar da coordenação, do planejamento e da gestão de instituições públicas. Vale destacar que um profissional formado e devidamente capacitado para essa função contribui de forma muito positiva no funcionamento do país!

Gestão da produção

Ao contrário do que muitos pensam, essa não é uma função apenas dos engenheiros de produção. Na verdade, para coordenar os processos produtivos em indústrias, bem como fazer análises, aquisições e estocagens de matéria-prima, você pode ser um profissional formado em Administração.

Gestão de Recursos Humanos

Como mencionamos, o administrador também pode atuar frente ao departamento de pessoal, cuidando das relações entre a empresa e os seus colaboradores. Todos os processos de seleção e admissão de funcionários, bem como a gestão dos planos de carreira e de salários e programas de incentivo podem ser realizados por quem cursou Administração.

Comércio exterior

Você se lembra da dica sobre aprender inglês? Ela pode ser muito útil para quem deseja administrar negociações de compra e venda em indústrias e grandes companhias do exterior. Assim, muitas empresas nacionais encontram nesses profissionais uma porta para expandir os negócios até mesmo fora do país.

Empreendedorismo

O que não comentamos ainda é a possibilidade de trabalhar como empreendedor e abrir a sua própria empresa, sem ter que, necessariamente, administrar os negócios de outras pessoas. Assim, você mesmo vai definir as estratégias de criação e direção, avaliando as melhores oportunidades, estudando o mercado, analisando a concorrência e fazendo a gestão dos recursos financeiros, humanos e materiais do seu próprio negócio.

Quais são as principais funções administrativas?

Se você chegou até aqui, percebeu que a Administração envolve todas as atividades de uma empresa aplicadas para alcançar seus objetivos, certo? Existem algumas funções indispensáveis para todo profissional que atua em áreas administrativas, e sem elas seu trabalho ficaria incompleto. Veja quais são logo abaixo.

Planejamento

Todo processo administrativo começa com um bom planejamento. Nessa função, estão incluídas quatro ações simples: definir a missão do processo, formular objetivos, programar atividades e estipular planos.

Organização

Com base no planejamento, a função de organização tem o objetivo de dividir o trabalho, designar e agrupar atividades em cargos, órgãos e membros de uma equipe e alocar recursos.

Direção

A direção envolve a coordenação do grupo durante a execução das atividades planejadas e organizadas. É o momento de colocar em prática habilidades de comunicação, motivação e liderança.

Controle

O controle é a função que envolve o monitoramento do processo administrativo, comparando as metas planejadas e os resultados obtidos. É o momento de definir padrões, monitorar, avaliar o desempenho e propor ações corretivas.

Onde estão as melhores oportunidades da área?

Como deu para notar, o campo de trabalho da Administração é vasto e, apesar de termos muitos profissionais se formando anualmente, um bom bacharel não vai ter grandes dificuldades para conquistar a sua vaga no mercado — afinal, o Brasil tem, hoje, mais de 20 milhões de empreendimentos.

E as oportunidades são atrativas. No cargo de administrador de empresas, o salário médio é de R$ 4.171,17*, de acordo com dados do CAGED. Veja, a seguir, algumas das boas apostas no setor!

Comercial

Vale lembrar que um administrador pode atuar em inúmeros setores, principalmente quando apresenta capacidade e propriedade em sua formação. A área comercial, por exemplo, é uma boa ideia, uma vez que o segmento vem mudando seus processos devido às inovações tecnológicas e, até mesmo, às mudanças de comportamento dos clientes.

Consultoria

Uma alternativa em alta é a consultoria administrativa, algo bastante viável em se tratando do cenário atual: 70% dos empreendimentos brasileiros que citamos são de pequeno porte. Eles carecem, provavelmente, de um serviço de assessoria em Administração para solucionar vários problemas e garantir mais competitividade perante a grande concorrência.

Concursos

A carreira pública é um forte concorrente para quem ainda não decidiu qual caminho seguir. Apesar de ser necessário estudar de forma eficiente para conquistar as vagas em concursos e processos seletivos, o retorno é gratificante, tanto em relação à remuneração e à estabilidade, quanto ao serviço prestado para a população — seja qual for a instituição ou órgão público.

Programas de trainee

Uma das formas de conquistar espaço no mercado é ingressar em programas de trainee em grandes empresas, assim que terminar o curso de Administração. Algumas oportunidades recrutam estagiários que ainda estão trilhando os períodos na faculdade. Se o seu desempenho for satisfatório e a sua atuação for de destaque, as chances de acontecer uma contratação são altas!

O que esperar do futuro da Administração?

Profissionais da área da Administração são criativos e precisam antecipar cenários para evitar que empresas tenham prejuízos. A evolução das ferramentas digitais segue facilitando cada vez mais a vida de empresários e reinventando o papel do administrador.

Então, nada melhor que saber qual será o futuro da própria Administração, não é mesmo? A seguir, vamos explorar duas tendências que já são fortes no mundo corporativo e vão se fortalecer daqui para frente.

Sustentabilidade e responsabilidade social

Os consumidores cobram cada vez mais o posicionamento das marcas diante dessas questões. Nesse cenário, muitos empresários ainda não sabem como abraçar o compromisso com a sustentabilidade sem que isso prejudique o crescimento do negócio.

As funções administrativas ocupam um papel central nesse desafio. São os administradores que garantem o bom funcionamento das empresas, sem esquecer os compromissos ambientais e sociais.

Crescimento de micro e pequenas empresas

O número de pequenas e micro empresas cresce em um cenário de crise econômica, e muitos empresários ainda não sabem como usar ferramentas e programas de gestão. Esses empreendimentos precisam de profissionais qualificados e antenados nas melhores tendências tecnológicas da administração.

No vídeo abaixo, veja um bate-papo sobre as oportunidades e desafios para os profissionais de Administração nos tempos atuais. A conversa foi mediada pelo Jefferson Schroeder com a participação dos acadêmicos Regiane das Graças, Ivan Ferreira e Daniel Pillmann.

Devo fazer Administração presencial ou EAD?

Se você chegou até aqui, é provável que tenha grande interesse em cursar Administração, certo? Realmente, é uma escolha bastante promissora! Mas, qual tipo de curso seguir: presencial, semipresencial ou 100% online? Aqui, também fazemos questão de explicar melhor sobre isso, a fim de que você opte pela melhor modalidade de ensino.

Antes de tudo, pesquise bastante até encontrar uma instituição de ensino séria, comprometida com a formação dos seus alunos e que esteja em constante atualização para acompanhar o mercado, independentemente da modalidade.

O segundo ponto é que não precisa cair naquele velho erro de escolher a faculdade que esteja mais próxima da sua casa, por comodidade. Apesar de os cursos presenciais terem sido sinônimo de excelência por muito tempo, aqui na Unopar, sabemos que é igualmente possível garantir um currículo invejável tendo cursado modalidades em formato EAD — seja no modelo semipresencial, seja no 100% online.

O segredo, então, é unir a sua pesquisa pela melhor instituição às suas necessidades do momento. Se você trabalha e tem filhos, por exemplo, talvez seja uma boa ideia optar por uma faculdade de Administração EAD, que dê a flexibilidade que essa realidade de vida precisa.

Somado a isso, confira também a qualificação do corpo docente e a estrutura curricular: veja se tudo está dentro dos parâmetros estabelecidos pelo MEC e de acordo com a demanda atual do mercado. Se conseguir conversar com alguém que estuda ou que já tenha se formado na instituição, pergunte como foi a experiência.

Escolha a Unopar!

Depois de saber tudo sobre Administração, fica mais fácil descobrir qual caminho seguir, não é verdade? O mais importante é fazer uma escolha pautada nos seus sonhos e no aproveitamento das suas melhores habilidades — lembrando que é possível desenvolver cada uma delas antes, durante e depois do curso!

Outro fator essencial é que o profissional dessa área nunca para de estudar. Isso mesmo, ele continua lendo, buscando novos conhecimentos, fazendo especializações e demais capacitações para se tornar cada vez mais bem preparado para os cenários sociais, políticos e econômicos que o mundo vive. Por isso, vale a pena nutrir essa atitude desde os primeiros passos, antes mesmo de entrar na faculdade.

networking nessa área também faz muita diferença, principalmente quando sabemos exatamente onde buscar conexões de valor.

Aqui na Unopar, você já começa a estudar tendo contato com os melhores nomes do mercado e da academia. Mas também é interessante desenvolver essa relação profissional com outros estudantes e aproveitar canais elaborados justamente para essa prática.

Isso sem falar dos benefícios que você só encontra por aqui:

  • acesso ao Canal Conecta, com vagas exclusivas de emprego e estágio nas melhores empresas do país;
  • encontros online e gratuitos para aprender com experiências de profissionais conceituados na área, como é o caso da Aula Destaque;
  • formas de ingresso facilitadas, com possibilidade de bolsas de estudo e descontos para tornar a mensalidade ainda mais acessível.

Agora é com você!

Agora você já sabe tudo sobre Administração, não é mesmo? Então, viu como a área é promissora e oferece oportunidades para diferentes perfis profissionais. Para aproveitar todas as vantagens de escolher essa carreira, invista na sua qualificação e construa diferenciais competitivos no mercado.

Que tal não perder mais tempo e começar hoje mesmo a definir o seu futuro? Agende já o seu vestibular e dê início à sua carreira em Administração com a parceria da Unopar!

*Sujeito a alterações

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.3 / 5. Número de votos: 144

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.