Veja tudo o que você precisa saber sobre a área de Engenharia de Software!

profissional de desenvolvimento

A Engenharia de Software prepara o aluno para se tornar um profissional capaz de desenvolver programas e sistemas de computação. Com a demanda cada vez maior por soluções em tecnologia, quem atua nessa área, é essencial para o mercado de trabalho.

O que é Engenharia de Software?

Esse curso prepara os universitários a criarem sistemas, programas e aplicativos. Assim, tudo isso acontece por meio de ferramentas e técnicas da Ciência da Computação. 

Uma das funções deste profissional é realizar um estudo analítico dos dados, a fim de buscar por eventuais erros nos softwares. Dessa forma, é seu papel também criar soluções para garantir os melhores resultados.

O objetivo aqui é estar sempre por dentro das últimas inovações e conhecimentos da área. Já que, só assim, é possível obter uma boa vaga no mercado de trabalho. Por isso, é essencial estudar em uma instituição de qualidade e renome.

Curso de Engenharia de Software

Nesta graduação, o foco é em manter, gerir, desenvolver e construir projetos e programas de tecnologia. Dessa forma, na grade deste ensino superior, é necessário ter habilidade na área de exatas. Além disso, também são abordados conceitos sobre:

  • Gestão da produção;
  • Arquitetura de programas;
  • Matemática;
  • Engenharia.

Já no começo da graduação, o aluno é introduzido nas matérias de programação, lógica e algoritmos. Assim, no decorrer do curso de Engenharia de Software, o futuro profissional aprende tudo sobre a criação de um sistema de computador, tablet e celular.

Nos últimos períodos, entretanto, o destaque vai para a programação em dispositivos móveis, jogos e para a web. Porém, para concluir o ensino, é essencial apresentar um TCC e fazer um estágio na área.

Duração do curso 

A graduação em Engenharia de Software varia de quatro a cinco anos, segundo a instituição. Portanto, o aluno se torna um bacharel nesta profissão.

Grade curricular

Faz parte desse curso algumas matérias como:

  • Introdução a Sistemas de Operação;
  • Engenharia de Linguagem;
  • Resolução para Problemas de Matemática de TI;
  • Interação e Design;
  • Arquitetura de Software;
  • Estrutura de Dados;
  • Coordenação de Software;
  • Desenvolvimento de Sistemas para a Web;
  • Práticas de Programação.

Veja como está o mercado para essa área

Segundo a ABES, mais de 15 mil empresas estão presentes no ramo de TI no Brasil e dentre elas:

  • 71,5% desenvolvem, distribuem e comercializam softwares e hardwares;
  • 28,5% atuam prestando serviços de informática. 

A região que mais se destaca e emprega profissionais dessa área é o Sudeste. No entanto, no exterior, o apelo por um engenheiro de software também é grande. Portanto, vale a pena investir em um curso de idiomas.

O salário de um engenheiro de software

Como em qualquer setor do mercado, o piso salarial varia bastante de acordo com a função desempenhada, bem como a região do país. O que também interfere é o currículo do profissional. Então, para ter sucesso, é necessário se empenhar.

Para se ter uma ideia, entretanto, a média de salário para um engenheiro de software de nível sênior gira em torno de R$ 9 mil. Ainda, para aqueles que atuam em grandes empresas, é possível faturar até R$ 20 mil.

As funções de um engenheiro de software

No geral, as suas atribuições têm relação com a parte científica e técnica dos sistemas. Ou seja, isso abrange desde a criação até a coordenação. 

O profissional pode atuar tanto na área de layout e navegação de um site, isto é, a parte visível aos usuários (front-end), bem como nos bastidores (back-end).

Também está dentro de suas capacidades criar e desenvolver jogos, tanto para computadores quanto para tablets e celulares. Além disso, quem se forma em Engenharia de Software pode ser responsável por testar sistemas em busca de possíveis falhas.

Pode cuidar da gestão de projetos e da arquitetura de softwares. Assim, pode lidar com a estrutura das aplicações, sempre atento à eficácia e qualidade dos mesmos. 

O que a carreira em Engenharia de Software exige?

Antes de tudo, é essencial buscar uma faculdade de excelência para fazer a graduação em bacharel. Assim, com o diploma, já se torna um profissional preparado para seguir nessa área de tecnologia. 

Só que o conhecimento não para por aí. Logo, é preciso estar em constante atualização, sempre desenvolvendo novas habilidades. 

A profissão exige que o engenheiro desta área atue na carreira de forma legal. Portanto, isso significa tirar um registro no CREA em sua região. Após isso, o profissional estará pronto para trabalhar no setor.

Com isso, vão surgir diversas chances para atuar em diferentes empresas. Então, tem início a sua jornada de carreira rumo ao sucesso.

O perfil para atuar na Engenharia de Software

Para se destacar na área, sem dúvida, um critério importante é ter sede de conhecimento. Isso quer dizer, que o profissional precisa estar por dentro das novidades do setor. Além disso, requer constante aprimoramento pessoal e em suas competências por meio de:

  • Pós-graduações;
  • Cursos livres;
  • Participar de eventos profissionais e também acadêmicos. 

Ter algumas características também é fundamental para quem deseja atuar na Engenharia de Software de modo bem-sucedido. Dessa maneira, possuir ou desenvolver certas habilidades que o mercado exige faz parte, por exemplo:

  • Investir em uma boa comunicação;
  • Ser empático;
  • Possuir a capacidade de lidar com problemas;
  • Desenvolver a inteligência emocional;
  • Ter raciocínio lógico.

Mais do que saber interpretar números e criar algoritmos, um bom engenheiro de software também precisa ser criativo, ter uma visão estratégica, ser dedicado e acima de tudo, responsável. Portanto, são essas soft skills que o mercado busca e você deve oferecer. 

Busque a sua graduação de qualidade na Unopar

Ficou claro até aqui que existem diversos caminhos disponíveis para quem deseja atuar na Engenharia de Software. No entanto, para tal, é necessário ter um bom preparo acadêmico. Dessa forma, investir em um ensino de qualidade é essencial.

Para isso, você pode contar com a Unopar, uma faculdade que oferece todo o suporte, bem como estrutura aos seus alunos. Além disso, os professores são de renome e excelência. 

Nesta instituição privada, o estudante aprende a criar soluções em tecnologia para lidar com as mais variadas situações e problemas presentes no dia a dia desse profissional. 

Com esse mercado em crescimento, é fundamental aprimorar as suas habilidades técnicas e pessoais para se destacar e alcançar o sucesso. Dessa forma, inscreva-se hoje mesmo no vestibular clicando aqui.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 5

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Oops! Invalid captcha, please check if the captcha is correct.