O que faz um arquiteto no dia a dia de trabalho?

o que faz um arquiteto

Se você chegou até aqui, provavelmente quer saber mais sobre o que faz um arquiteto, não é mesmo? Pois esse profissional cria projetos de construção e reformas pensando no bem-estar das pessoas.

Desse modo, ele considera as condições de estética, luminosidade, acústica, conforto e praticidade durante sua jornada de trabalho. Isso exige criatividade, mas também técnicas, conhecimento de cálculo, de segurança construtiva, entre muitos outros elementos.

A resposta para o que faz um arquiteto é ampla. Quer entender mais sobre essa área disponível para quem faz o curso de Arquitetura e Urbanismo? Então, confira nosso post e descubra agora mesmo!

Afinal, o que faz um arquiteto?

Quando pensamos sobre o que faz um arquiteto, já devemos ter em mente um profissional multitarefa. Isso porque cada projeto requer outros miniprojetos que envolvem clima, temperatura, beleza, segurança, aconchego e funcionalidade.

Por tudo isso, podemos dizer que o arquiteto torna os ambientes mais humanizados. Assim, ele faz com que um espaço atenda a requisitos muito específicos, aumentando consideravelmente a qualidade de vida.

Quais são as principais áreas de atuação nessa carreira?

Independentemente da área que você escolher, saiba que todas elas estão sob forte influência da inovação. Portanto, os novos arquitetos devem ter uma formação robusta em tecnologia para acompanhar as próximas transformações do setor.

Desenhar, calcular e projetar são atividades para se fazer em softwares sofisticados, que ampliam bastante a capacidade do profissional.

Mais um benefício da tecnologia é que ela tem contribuído para a democratização do acesso à carreira com excelentes cursos de ensino a distância. Nesse clima, verdadeiras revoluções acontecem em cada uma das subáreas da Arquitetura. Acompanhe as principais!

Planejamento Urbano

Geralmente, esse especialista atua na esfera pública, passando em concursos ou por livre nomeação de prefeitos e secretários para cargos de confiança. Ele vai planejar intervenções em bairros, regiões, cidades, grandes avenidas etc.

Por isso, tem um papel fundamental na quantidade de área verde, na qualidade dos espaços de lazer, de esporte, entre outros benefícios coletivos.

Paisagismo

Mais uma função para colocar na lista sobre o que faz um arquiteto é o paisagismo. Nesse caso, ele vai inserir de modo harmônico plantas, árvores, flores e afins aos projetos.

Ele pode fazer toda a área verde de uma residência, planejando as melhores espécies a serem colocadas em ambientes externos e internos.

Outra vertente dentro dessa especialização envolve trabalhos em parques, reservas florestais, bosques, praças, grandes jardins e similares.

Arquitetura ecológica

Também chamada de Arquitetura Verde, esse estilo constrói de modo a economizar os recursos naturais. Ou seja, uma casa pode ter um sistema de captação da água da chuva para abastecer toda a hidráulica.

Da mesma forma, é possível usar a energia solar em vez da elétrica ou construir com madeira reciclada, por exemplo.

Restauro de edifícios

Nessa especialidade, o profissional vai recuperar edifícios antigos e históricos. Para isso, precisa respeitar as condições originais da construção. O expert em restauro entrega segurança para o projeto, devolvendo a riqueza cultural ameaçada.

Arquitetura Comercial

Mais uma possibilidade é a Arquitetura Comercial, na qual o arquiteto concebe escritórios, lojas, supermercados, clínicas, entre outros tipos de imóveis feitos para atender o público.

O profissional planeja de acordo com os clientes, os funcionários, o tipo de produto vendido, as necessidades de armazenamento etc.

Arquitetura de Interiores

Já na Arquitetura de Interiores, o profissional se dedica aos arranjos estratégicos dentro dos imóveis e recintos. Ele deixa os ambientes mais agradáveis, equilibrados em termos de estética e sempre com mais praticidade para o dia a dia.

Nesse ramo, são essenciais a sensibilidade e a paciência para compreender as preferências e necessidades dos moradores ou usuários do local.

Acompanhamento e administração de obras

O arquiteto também pode desempenhar a função de gestor de uma obra. Assim, ele atua para garantir a execução dos serviços de acordo com a proposta do projeto de Arquitetura, seja esse cronograma feito por ele próprio, seja por outros colegas de profissão.

Dessa forma, ele chefia engenheiros, pedreiros, pintores, marceneiros etc. Ao mesmo tempo, faz a administração financeira dos procedimentos.

Teste Vocacional Rápido

Como entrar para o mercado de trabalho de Arquitetura?

O primeiro passo é cursar uma faculdade com graduação em Arquitetura, algo imposto por lei para exercer o ofício.

Com o diploma em mãos, você vai precisar ainda do registro no CREA (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia). Porém, a inscrição no órgão de classe e a faculdade são obrigatórios, mas não bastam para progredir na carreira. Por isso, preparamos algumas dicas a seguir. Observe!

Aposte em uma graduação em Arquitetura

Além de ser uma obrigação legal, a faculdade de Arquitetura e Urbanismo fornece o conhecimento necessário para trabalhar na área.

Dessa forma, o aluno vai aprender a desenhar, criar plantas, calcular, entre outros detalhes. Ele recebe noções de como fazer todas essas atividades manualmente e em programas de informática modernos e focados.

Com 5 anos de estudos, o curso ensina a gerenciar obras, projetar cidades e bairros e assegurar a segurança técnica dos imóveis.

Para quem leva uma vida corrida, temos uma boa notícia: é possível se formar na modalidade semipresencial na Unopar, que é o meio termo entre o ensino online e o presencial. Veja mais:

Por falar em graduação, outra grande chance para o aluno são as bolsas de estudos. Dá até para passar no vestibular com 100% de bolsa. Além disso, algumas faculdades disponibilizam portais de empregos gratuitos e exclusivos. Aqui na Unopar, contamos com o Canal Conecta, com mais de 400 mil vagas abertas por ano.

Invista em estágios

Os estágios de Arquitetura também são obrigatórios. Eles proporcionam experiências riquíssimas para o estudante e ainda ajudam a ampliar a rede de contatos para futuras oportunidades.

Participe das seleções para trainee

Embora a concorrência para trainee seja alta, trata-se de um investimento que vale muito a pena. Afinal, o objetivo desses programas é moldar novos talentos. Ou seja, quando a empresa realiza um projeto de trainee, as chances de os participantes crescerem nessa organização são enormes.

Mais um benefício é a relação muito próxima com os gestores de cúpula. Geralmente, os trainees são encaminhados rapidamente para o trabalho de campo. Por isso, é uma oportunidade única para enriquecer o portfólio de Arquitetura.

Preste concursos públicos

Na área pública, há bastante espaço para o arquiteto: paisagismo, urbanismo, preservação do patrimônio histórico, reforma e criação de espaços de lazer etc.

Frequentemente, são abertos concursos em prefeituras, autarquias, entidades de classe, casas legislativas etc. Porém, tenha um olhar especial para os órgãos federais, que costumam oferecer salários altos e diversos benefícios.

Quais são os cargos mais bem-pagos dessa área?

Todas as alternativas de trabalho da Arquitetura contam com boa remuneração. Evidentemente, o local de atuação, a experiência do arquiteto e até mesmo o porte do contratante fazem os valores oscilarem.

Entretanto, separamos algumas ocupações com seus respectivos vencimentos médios.

Gerente de projetos em Arquitetura

Trabalha no planejamento, na execução, na correção e na compatibilização de projetos. Nesse cargo, a remuneração para quem está começando é de R$ 4,2 mil*. Além disso, o teto profissional alcança R$ 7,8 mil*, com uma média salarial de R$ 5,3 mil*.

Supervisor de projetos em Arquitetura

O supervisor de projetos em Arquitetura elabora projetos, lidera equipes, gerencia recursos e organiza o andamento dos trabalhos. Com vencimentos iniciais de R$ 3,3 mil* e teto de R$ 7,3 mil*, a média salarial é de R$ 5,1 mil* para esse tipo de especialista.

Arquiteto coordenador

O Arquiteto Coordenador comanda a evolução de uma obra, inclusive de detalhes como as instalações elétricas e hidráulicas. Além disso, a remuneração apresenta piso de R$ 4,6 mil* e máximo de R$ 7,6 mil*, com uma média salarial de R$ 6 mil*.

Arquiteto Urbanista

O arquiteto urbanista é aquele que trabalha em órgãos públicos. Desse modo, participa de intervenções em parques, praças, soluções de trânsito etc. Nesse cargo, o piso é de R$ 5,5 mil*, o teto de R$ 13,4 mil*, com uma média salarial de R$ 6 mil*.

Faça a sua escolha!

E aí? Conseguiu compreender o que faz um arquiteto? Como você já deve ter percebido, é uma área ampla, com remuneração alta. Além disso, trata-se de uma carreira que abre espaço para o desenvolvimento do talento e da criatividade.

Sentiu afinidade com a Arquitetura? Então, para que perder tempo e se inscreva no vestibular da Unopar!

*Sujeito a alterações

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.9 / 5. Número de votos: 8

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Mudança de carreira: o guia prático para dar os primeiros passos

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Skip to content