6 atividades complementares para fazer durante a faculdade

estudantes fazendo atividades complementares

O período na faculdade é considerado por muitas pessoas como uma das melhores fases da vida. Lá é possível construir e solidificar amizades, aprender novos conceitos e enxergar o mundo de outra maneira. Assim, quem quer se formar rapidamente é preciso dar o melhor de si, além de cumprir os horários exigidos de atividades complementares.

Obrigatórias na maioria dos cursos, elas são uma excelente oportunidade de ter uma experiência nova e obter mais conhecimento fora da grade das disciplinas da graduação. Para isso, é fundamental optar por uma faculdade de qualidade para que essas oportunidades realmente sejam concedidas aos alunos. Aqui na Unopar é possível encontrar atividades complementares que são excelentes opções para que os estudantes tenham um diferencial competitivo.

Então, continue conosco e veja quais são as possibilidades de:

  • monitoria;
  • voluntariado;
  • cursos extraclasse;
  • estágios não obrigatórios;
  • intercâmbio;
  • pesquisa.

Boa leitura!

Saiba o que são atividades complementares e as suas vantagens

O objetivo das atividades complementares é tornar enriquecedor o processo de ensino-aprendizagem ao privilegiar a complementação da formação profissional e social. Elas apresentam uma carga horária flexível e, assim, o aluno deve controlar e gerir as mesmas.

Além disso, o estudante tem oportunidade de conhecer outro aspecto da sua futura profissão e adquire um conhecimento que, em geral, não é ensinado na sala de aula, e tem a chance de concorrer às melhores vagas de emprego. As atividades complementares são divididas em dois grupos: as realizadas externas à faculdade e aquelas que são feitas dentro da própria instituição.

Os exemplos de atividades complementares externas incluem os estágios não obrigatórios, os cursos de extensão, os congressos, as conferências e os workshops. Em relação às internas, temos as participações em palestras, as semanas acadêmicas, a monitoria e a iniciação científica.

Os principais benefícios das atividades complementares são:

  • preparo para a futura especialização;
  • aumento do conhecimento sobre a área de atuação;
  • oportunidade de fazer atividades práticas;
  • networking;
  • contato com várias realidades;
  • aperfeiçoamento das habilidades.

Assim, ter atividades complementares currículo é um grande diferencial.

6 possibilidades de atividades complementares

1. Monitoria

Dar monitoria é uma excelente alternativa para as pessoas que querem ficar mais envolvidas com o mundo acadêmico e pretendem obter uma formação pedagógica. Por meio dela, é possível auxiliar os alunos de outros períodos em uma disciplina. Além disso, ela reforça para si os conteúdos e desenvolve uma habilidade de relacionamento e comunicação.

Um ponto positivo da monitoria é que ela é praticada dentro da faculdade, o que se torna mais simples encaixá-la na rotina sem ter que se deslocar muito. A carga horária também é flexível, já que se entende que os estudantes têm outros compromissos acadêmicos.

2. Voluntariado

O trabalho voluntário é uma boa opção para quem deseja adquirir experiência, contribuir com a comunidade e está precisando de horas complementares grátis com certificado para o término do curso. As causas sociais e os projetos sempre estão abertos para receber quem está interessado em ajudar.

Assim, busque por um projeto social que seja importante para você e entre em contato. Você pode ser voluntário de projetos culturais, ONGs para crianças carentes, animais, entre outros. De maneira geral, essas causas sempre estão disponíveis para receber ajuda.

Ainda que a atividade de voluntariado não seja relacionada à profissão que o estudante vai se graduar, a ação é bem avaliada, já que é uma boa experiência para a formação cultural e social dos jovens profissionais.

3. Cursos extraclasse

Os cursos extraclasse são boas alternativas principalmente por serem a distância. Logo, a rotina do aluno é flexível, e ele pode criar o próprio horário para estudar e, com essa autonomia, é possível ser mais responsável quanto aos estudos.

Além de ser bastante prática, outra boa razão para optar por essa atividade complementar é o custo-benefício. Os cursos extraclasse podem apresentar um investimento muito reduzido, se comparados a palestras, workshops etc.

4. Estágios não obrigatórios

Passar pela experiência dos estágios é fundamental para todos os estudantes. Ao passar por essa vivência, o aluno consegue conquistar um conhecimento maior sobre a área em que deseja atuar, além de desenvolvimento interpessoal e maturidade.

Por essa razão, o estágio não obrigatório é uma atividade muito enriquecedora. Além disso, trata-se de uma boa opção para um currículo diferenciado para quem está em busca de um bom emprego — principalmente para os estudantes que estão nos últimos períodos, pois diversas companhias têm o hábito de efetivar os estagiários após eles se formarem.

5. Intercâmbio

Fazer um intercâmbio é uma experiência agregadora, contribui para o preenchimento das atividades complementares e é uma excelente opção para os estudantes que desejam ser fluentes em outros idiomas e querem conhecer novas culturas e países.

Se você tiver a oportunidade, tente optar por um programa de intercâmbio entre faculdades, pois, assim, é possível cursar um semestre ou um ano em outro país. Também existem alternativas de programas de estudo e trabalho em que o estudante participa de cursos, além de trabalhar por meio período para custeá-los.

6. Pesquisa

Colocar no currículo a experiência da pesquisa acadêmica é uma maneira de torná-lo mais chamativo para o recrutador. Isso demonstra comprometimento e interesse por parte do estudante, que colocou em prática os conhecimentos que foram adquiridos em sala de aula.

Também é um modo efetivo de criar um engajamento com o professor, aprender a desenvolver o trabalho científico e participar de eventos acadêmicos, como seminários e congressos. Caso você esteja interessado nesse campo, muitas faculdades apresentam um grupo de pesquisa coordenado pelos professores, que são os responsáveis pela seleção de estudantes de graduação para bolsa de iniciação científica.

Como vimos, as atividades complementares são excelentes opções para adquirir novos conhecimentos e ter um currículo diferenciado. Por isso, lembre-se de realizá-las durante a faculdade e entre no Canal Conecta para procurar vagas de emprego. O portal, inclusive, tem uma série de dicas sobre como estruturar o currículo da melhor forma com essas atividades. Confira o vídeo abaixo:

Lá é possível encontrar oportunidades em empresas reconhecidas no mercado e que podem aproximar você da primeira chance de mostrar todo o seu potencial.

Gostou deste post e quer complementar a sua leitura? Então, confira 8 dicas de como se concentrar nos estudos!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.5 / 5. Número de votos: 4

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.