Conheça as 7 principais matérias de Gestão de RH

estudantes de curso de gestão de rh

Você já deve ter ouvido falar que as pessoas “são o ativo mais importante de toda organização próspera”. Esse pensamento tem muito sentido, afinal, sem colaboradores engajados, bem-qualificados e produtivos, nenhum negócio anda. Nesse sentido, o profissional de RH é uma figura central em qualquer empresa visionária.

Por isso, muito mais que se debruçar sobre tarefas burocráticas, a eficácia de seu trabalho está em fornecer orientações claras para todos os trabalhadores, bem como estruturar um ambiente de ambiente corporativo positivo e encorajador.

Por isso, na graduação em Gestão de Recursos Humanos você vai estudar matérias que possibilitem a compreensão de todas as relações que envolvem trabalhadores e empresas. Essas disciplinas abordam questões de administração, recrutamento e seleção, desenvolvimento profissional, comunicação interna, políticas de benefícios, gestão de conflitos, economia, ética e legislação, entre outras.

Então, as matérias do curso de Gestão de Recursos Humanos ensinam os alunos a se tornarem especialistas para trabalhar em uma área abrangente, que exige diferentes habilidades e pensamento crítico para compreender o complexo cenário em que estão inseridos os colaboradores, nos mais diferentes tipos de organização.

Para que isso fique mais claro, fizemos um resumo com as 7 principais matérias da faculdade de RH. São elas: 

Gestão de Pessoas 

A gestão de pessoas está no centro das atividades de RH em todos os tipos de negócio, portanto é a primeira entre as principais disciplinas de Recursos Humanos. Afinal, toda organização precisa de uma força de trabalho forte e integrada, sob a orientação de uma gestão eficiente.

Nesse sentido, é preciso entender os mecanismos essenciais ao gerenciamento de pessoas, o que envolve o desenvolvimento de inúmeras habilidades, como liderança, capacidade de interagir com diferentes tipos de personalidade e reconhecimento de talentos.

Ainda, o aluno vai aprender como a gestão de pessoas também envolve a compreensão do direito do trabalho, o treinamento e a motivação dos funcionários, bem como a importância do feedback construtivo para impulsionar o desenvolvimento dos negócios e o crescimento pessoal e profissional.

Gestão de Projetos 

A gestão de projetos é a prática de planejar, executar, monitorar e concluir o trabalho de uma equipe para atingir objetivos específicos e atender a critérios de sucesso dentro de um prazo tempo especificado ― o que envolve uma série de desafios, especialmente neste momento em que o trabalho de equipes multidisciplinares está em alta.

Dessa forma, o profissional de RH precisa estar atento ao funcionamento de projetos e às fases que envolvem seu desenvolvimento, além de saber como tornar os colaboradores mais produtivos e estimulados, para a melhor tomada de decisão.

Mais que atividades pontuais, esse também é um modelo de trabalho que vem substituindo a natureza das operações mais usuais nos negócios, com atividades funcionais repetitivas, permanentes ou semipermanentes para produzir produtos ou serviços.

Logo, para acompanhar esse modelo operacional o RH precisa estar integrado à nova abordagem, o que requer habilidades técnicas e estratégias de gerenciamento distintas.

Gestão do Conhecimento

Além do capital humano, o conhecimento também está entre os principais ativos de uma organização, sobretudo na Era Digital, que foi batizada de Quarta Revolução Industrial. Por definição, gestão de conhecimento é o processo de criação, compartilhamento, uso e gerenciamento de conhecimentos e informações de uma organização

Em outras palavras, refere-se ao desenvolvimento das formas mais adequadas para um negócio alcançar seus objetivos, fazendo o melhor uso do conhecimento. Como é um estudo amplo e que envolve um número muito grande de áreas, como Administração de Empresas, Ciências da Computação e até Políticas Públicas, naturalmente a área de Recursos Humanos está atrelada aos esforços para a Gestão do Conhecimento.

Isso por que eles concentram em objetivos organizacionais, como vantagem competitiva, inovação, educação continuada, treinamentos, integração de pessoal e melhoria contínua da organização. Sendo assim, um dos focos do chamado RH estratégico.

Homem, Cultura e Sociedade

Psicologia ou RH? Essa é uma grande dúvida de estudantes que se deparam com disciplinas como “Homem, Cultura ou Sociedade”, a qual aparece em inúmeros cursos de graduação. O ser humano, por natureza, é complexo e traz em sua bagagem inúmeras referências advindas do ambiente em que nasceu e cresceu — o que determina comportamentos, hábitos, crenças e formas de convívio em sociedade.

Como a diversidade cultural passou a ter um foco relevante para a produtividade ― digamos, múltiplas mentes trazendo as mais distintas experiências de vida para o trabalho ―, isso facilita o diálogo dentro do ambiente corporativo e as próprias relações de negócio.

Mas é preciso treinar os talentos da empresa para uma abertura a esse tipo de convivência, já que o respeito mútuo é prerrogativa para um equilíbrio no ambiente. Para tanto, o profissional de RH precisa saber desenvolver estratégias que valorizem as possíveis particularidades de cada colaborador, por meio do entendimento de tais conceitos, para garantir o respeito e o aprendizado com as diferenças.

Caso você já seja formado em um desses cursos, que tal investir em uma segunda graduação?

Legislação Social e Trabalhista

Embora não seja da área jurídica da empresa, o RH precisa conhecer a legislação trabalhista, que define direitos e obrigações de trabalhadores e empregadores, a fim de evitar problemas com a Justiça e garantir que todos cumpram normas comuns.

Com essa premissa, a disciplina de Legislação Social e Trabalhista vai discorrer sobre o progresso social e a melhoria das condições de vida e trabalho, bem como a própria evolução da legislação até a atualidade.

Além disso, vale lembrar que as relações de trabalho estão mudando a passos largos. Por exemplo, têm se tornado mais flexíveis, com novos tipos de contratos de prestação de serviço, jornada, horários etc. ― mudanças estas que foram enfatizadas, no Brasil, sobretudo após a Reforma Trabalhista de 2017, que alterou a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

Práticas Trabalhistas 

Compreender as práticas trabalhistas é fundamental para que o profissional de RH promova, sob conduta ética e responsável, a identificação, a análise, o planejamento e a resolução de situações típicas das atividades da gestão de pessoas como forma de promover a cultura empresarial em consonância com as expectativas da sociedade e do negócio. 

Como os estudos dessa disciplina, os alunos adquirirão o conhecimento e a experiência necessários para exercer sua profissão em equilíbrio com os campos jurídico e organizacional de Recursos Humanos, principalmente com uma abordagem multidisciplinar das relações de trabalho e emprego. Porém, sem descartar a dimensão social e psicológica que envolve os profissionais.

7. Responsabilidade Social e Ambiental 

Sustentabilidade é uma das palavras-chaves do século XXI, o que envolve Responsabilidade Social e Ambiental. A Responsabilidade Social se debruça sobre a discussão de um sistema de pautado pela ética, no qual as decisões e as ações devem ser eticamente validadas antes de prosseguir ― já que causam impactos dentro da empresa, na sociedade e no próprio meio ambiente. 

A Responsabilidade Ambiental, por sua vez, complementa-se à Social, ao passo que compreende o uso sustentável de matérias-primas e recursos naturais, para a promoção do respeito ao meio ambiente, com medidas para reduzir a poluição e a degradação de habitats. O objetivo é garantir que a empresa execute suas operações com o mínimo impacto ambiental possível. 

Por exemplo, como uma indústria pode ser altamente impactante no ambiente onde está inserida, o profissional de RH precisa ter conhecimento sobre a implantação das políticas e das posturas de responsabilidade social e ambiental da empresa, a fim de alinhar os colaboradores às melhores práticas de trabalho.

Como você pôde perceber, o curso de Gestão de Recursos Humanos traz matérias que dão cancha uma atuação múltipla. Ainda, o mercado está cada vez mais em alta, em busca de profissionais qualificados, capazes de trabalhar nas mais diferentes frentes e contribuir para a boa reputação e a alta competitividade das empresas diante do cenário atual. 

E a boa notícia é que na Unopar é possível cursar a graduação em Recursos Humanos Semipresencial, assim você consegue estudar com toda a flexibilidade que deseja, alcançando o desempenho que o mercado exige.

Empolgou-se para começar logo o seu curso superior em Gestão de Recursos Humanos? Então, conheça todas as formas de ingresso e seja um aluno Unopar!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4 / 5. Número de votos: 18

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Skip to content