Pedagogia Hospitalar: entenda tudo sobre essa área

profissional e estudante de pedagogia hospitalar

Muitas pessoas conhecem o curso de Pedagogia pelo seu trabalho mais tradicional: o ensino em sala de aula. No entanto, a área é bem mais dinâmica. Além de trabalhar dando aula em escolas, os pedagogos podem ter cargos na gestão educacional — como coordenador, diretor, supervisor ou orientador.

O profissional também tem a possibilidade de trabalhar em outras instituições, por exemplo, empresas e hospitais. Você sabia disso? A Pedagogia Hospitalar é um caminho muito interessante para quem quer seguir a carreira docente. Essa área pode ser uma das opções mais populares para os formados no curso.

Você quer saber o que é a Pedagogia Hospitalar e o que faz um pedagogo nesse ambiente? Confira as informações que vamos dar neste post:

  • O que é a Pedagogia Hospitalar?
  • O que faz um pedagogo no hospital?
  • Como essa área é vista durante a faculdade?
  • Quais são as vantagens de atuar na área?

O que é a Pedagogia Hospitalar?

A Pedagogia Hospitalar tem o objetivo de unir Ensino e Saúde. Os profissionais formados em Licenciatura que atuam nesse campo acompanham a aprendizagem de alunos que estão internados e não conseguem frequentar a escola normalmente.

Como você provavelmente já sabe, a faculdade de Pedagogia visa preparar professores para ministrar aulas na educação infantil, nos primeiros anos do ensino fundamental e em turmas de alfabetização de jovens e adultos. Ou seja, os pedagogos acompanham crianças e adultos em seus primeiros processos de aprendizagem.

Geralmente, isso é feito nas escolas ou em instituições que prestem algum atendimento social — como Organizações Não Governamentais (ONGs). Mas o que acontece quando os estudantes precisam ser hospitalizados? Em muitos casos, as pessoas não conseguem acompanhar as aulas presencialmente nas escolas.

Então, é preciso garantir que elas tenham acesso à educação mesmo assim. E é por isso, existe esse campo da Pedagogia que atua em instituições hospitalares. Os pedagogos têm média salarial de 3.419,50, mas que pode variar um pouco na área hospitalar.

O trabalho do pedagogo nessa área está especialmente voltado para os processos de alfabetização, já que a leitura e a escrita são habilidades essenciais para as crianças e os adultos atualmente. Assim, a Pedagogia Hospitalar permite que o ensino continue acontecendo durante o período de hospitalização para que não haja grandes atrasos no desenvolvimento.

O professor pode atender pacientes que estejam em internações eventuais ou em processos recorrentes. É claro que o trabalho nos hospitais apresenta várias especificidades em relação ao ensino praticado cotidianamente nas escolas. Logo, é preciso ter conhecimentos específicos para planejar as atividades e adaptá-las para cada caso.

O que faz um pedagogo no hospital?

Como dissemos, quem se forma em Pedagogia pode atuar tanto em escolas quanto em outras instituições onde a educação seja uma necessidade. Mas, afinal, o que faz o pedagogo no hospital? Confira as principais atividades do profissional nesse campo de trabalho.

Garantia do direito à educação

Sem dúvida, a principal tarefa do professor em um hospital é garantir que o direito à educação — previsto na Constituição Brasileira — seja estendido aos pacientes que se encontram impossibilitados de sair do hospital para ir à escola. Toda a organização do pedagogo deve partir desse objetivo.

É papel do Estado e da família promover condições para que a escolarização não precise ser interrompida. Assim, em casos de hospitalização se faz necessário contar com o suporte de um pedagogo. Ele é o profissional capacitado para avaliar a aprendizagem dos pacientes e propor atividades de ensino adequadas para cada um.

Apoio emocional

A função de um professor não é focar apenas no desenvolvimento cognitivo de seus alunos. Os estudantes precisam ser vistos como seres integrais. Portanto, o desenvolvimento emocional também faz parte da preocupação de um pedagogo de sucesso. Nos hospitais, esse aspecto ganha importância ainda maior.

Afinal, a rotina hospitalar, principalmente no caso de internações longas ou recorrentes, gera muitos abalos tanto no paciente quanto na família. Nesse contexto, a atuação do professor de forma lúdica e acolhedora traz elementos positivos. Além disso, a manutenção de práticas escolares oferece um pouco de normalidade à rotina dessas pessoas.

Trabalho conjunto com equipe de saúde e família

Nem todo o trabalho de quem ocupa vagas na Pedagogia Hospitalar acontece diretamente com os estudantes. O pedagogo no hospital também atua em conjunto com os profissionais de saúde e os familiares. Um exemplo de intervenção é compartilhar conhecimentos sobre o desenvolvimento infantil.

O pedagogo estuda bastante as características das crianças, então pode contribuir para que a relação da equipe do hospital e dos familiares com os pacientes seja mais acolhedora e lúdica. O próprio ambiente também é alvo de intervenções — por exemplo, com a ideia de incluir pinturas mais coloridas ou de oferecer materiais divertidos para os pacientes.

Como essa área é vista durante a faculdade?

Ao saber mais sobre a Pedagogia Hospitalar fica evidente que se trata de uma área complexa, não é mesmo? Por isso, é indispensável citar que quem deseja seguir na profissão precisa garantir uma formação de qualidade. A Unopar se preocupa muito com essa questão e oferece professores qualificados, currículo atualizado e infraestrutura eficaz — tanto presencial quanto EAD.

Além de disciplinas específicas sobre o que é Pedagogia Hospitalar, o assunto também é explorado nas diversas matérias ao longo do curso. Dessa forma, os futuros profissionais se preparam para atuar como pedagogos em hospitais. Experiências práticas em estágio são mais um esforço importante durante a formação.

Na Unopar, temos uma ferramenta essencial para prestar suporte à profissionalidade dos alunos e ajudá-los a ocupar vagas de Pedagogia Hospitalar. É o Canal Conecta, que oferece orientações importantes sobre currículo e mercado de trabalho, além de ligar você a empresas que ofertem vagas de estágio e emprego.

Quais são as vantagens de atuar na área?

Não há dúvidas de que o trabalho nos hospitais é atrativo para quem se forma em Pedagogia a distância ou presencial, certo? Provavelmente, uma das maiores vantagens de atuar nessa área é a oportunidade de contribuir para a garantia dos direitos de crianças hospitalizadas.

Acolher os pacientes e intervir na aprendizagem deles é uma função muito gratificante. Além disso, existem benefícios para o pedagogo que explora a dinamicidade da sua profissão e ocupa lugares menos tradicionais no mercado de trabalho. Trata-se de um papel muito importante para a sociedade.

Neste post, você soube o que é a Pedagogia Hospitalar e conheceu mais sobre o trabalho do pedagogo em hospitais. Se tem interesse nesse campo, continue estudando o assunto e se dedique ao curso de Pedagogia. Certamente, seu empenho fará a diferença na vida de muitas pessoas!

Quer ser um pedagogo de excelência? Inscreva-se no vestibular da Unopar! Estamos esperando por você.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.7 / 5. Número de votos: 33

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.