O que faz um biomédico em seu dia a dia de trabalho?

estudantes de biomedicina

Os segmentos da saúde são bastante diversificados. Além dos médicos, existem uma série de profissionais que atuam na pesquisa, desenvolvimento, análise, tratamento, etc. Entre as mais importantes, estão as áreas da Biomedicina. Por falar nisso, você sabe o que faz um biomédico?

Quando precisamos de um exame de sangue, por exemplo, a mágica só acontece porque há biomédicos cuidando da coleta, análise e apresentação do diagnóstico laboratorial. Embora muitas pessoas pensem que a tarefa é conduzida apenas por enfermeiros ou médicos, na verdade, temos um campo especializado da saúde para cuidar desses assuntos.

Logo abaixo, apresentamos o que faz um biomédico e qual é o mercado do graduado no curso superior de Biomedicina. Continue a leitura e conheça uma faculdade com excelentes perspectivas de emprego!

Quais são as áreas de atuação do biomédico?

O biomédico é um profissional com formação extensa nas áreas de saúde e Ciências Biológicas. Ele tem conhecimento profundo em assuntos como Fisiologia Humana, Anatomia, Bioquímica Microbiologia, Genética, Embriologia, Imunologia, entre outros. Além disso, domina as metodologias de pesquisa científica, práticas laboratoriais, identificação, classificação e análise de microrganismos.

No mercado de trabalho, os graduados conseguem oportunidades de emprego em diversos segmentos da saúde humana e animal, bem como na área de Estética. Bancos de sangue, laboratórios de pesquisa, instituições de ensino, hospitais, clínicas de estética, laboratórios de análises clínicas são exemplos dos possíveis interessados nos serviços desse profissional.

O biomédico é valorizado em todas essas áreas, tendo em vista que está bastante alinhado às tendências da saúde. A partir da coleta de amostras e análises de laboratórios, são obtidos os dados de que os médicos e demais profissionais necessitam para realizar o diagnóstico clínico e tratamento dos pacientes. Além disso, os conhecimentos são aplicáveis à pesquisa de doenças, medicamentos e terapias.

Vale ressaltar que a média salarial é R$ 2.713*, embora quanto ganha um biomédico possa variar de acordo com a localidade e área de atuação. Além disso, existem opções de concurso, por causa da necessidade de profissionais no sistema público de saúde.

Como é a rotina de biomédico na prática?

Embora tenhamos variações conforme a função e área de atuação, o que faz um profissional da Biomedicina geralmente engloba, ao menos, algumas das atividades abaixo:

  • realizar o diagnóstico de doenças;
  • verificar resultados de exames;
  • fazer o processamento do sangue e suas sorologias;
  • assinar os laudos técnicos;
  • atuar no desenvolvimento de medicamentos.

A seguir, explicamos cada uma dessas atividades para você conhecer um pouco mais sobre a profissão.

Realizar o diagnóstico de doenças

O biomédico cuida dos exames e análises que são utilizados para identificar diversas doenças. Nas equipes de saúde, ele está inserido no diagnóstico complementar e laboratorial, coletando amostras, realizando análises e emitindo os resultados.

Verificar resultados de exames

O profissional também é o responsável pela análise dos resultados de diversos exames. Com o auxílio da tecnologia, o biomédico consegue determinar a presença de vírus, bactérias, tecidos cancerígenos, anormalidades nas composições químicas, entre outras questões.

Fazer o processamento do sangue e suas sorologias

Um dos trabalhos mais recorrentes são os testes realizados com o sangue para verificar a presença de doenças, como HIV, Hepatite B e C, Sífilis, HTLV 1 e 2, Chagas e Malária. Esses exames são essenciais nos bancos de sangue para garantir a segurança das transfusões, além da própria credibilidade da instituição responsável pelo procedimento.

Assinar os laudos técnicos

A formação de nível superior também possibilita a assinatura de laudos técnicos, que geralmente comprovam informações ligadas às amostras e insumos analisados pelo profissional –– com exceção daqueles que a lei exige a atuação de médico ou outro especialista. Além disso, a perícia judicial é uma das áreas mais interessantes da Biomedicina.

Atuar no desenvolvimento de medicamentos

O trabalho pode ser realizado na área de pesquisa, como fazem os cientistas. Aqui, destacam-se as atividades para o desenvolvimento de novos remédios, especialmente as fases de testes que vão desde da comprovação da eficácia em laboratório até a testagem em humanos. Em todas as etapas, o que faz o biomédico é bastante valoroso, cuidando de análises clínicas, coleta de amostras, interpretação de resultados etc.

Como trabalhar na área?

O primeiro passo é realizar o curso superior em Biomedicina. Durante o Bacharelado, o aluno realiza aulas teóricas e práticas. Por isso, é importante contar não apenas com bons professores, mas também com uma infraestrutura adequada com os laboratórios, equipamentos e insumos empregados na área.

Além disso, o graduando realiza estágios obrigatórios, que são disponibilizados pela própria instituição de ensino e compõem a carga horária do curso. Ao lado deles, que não são remunerados, muitos estudantes buscam os estágios facultativos, dando início a carreira profissional já faculdade.

Perceba que a área exige uma formação bastante especializada e ligada à prática profissional. Consequentemente, você deve ficar muito atento ao escolher a instituição de ensino, a fim de ter todos os elementos necessários para se graduar e inserir no mercado.

Conheça o curso de Biomedicina da Unopar!

Aqui na Unopar, montamos a estrutura necessária para que você tenha uma excelente formação. O corpo docente é formado por especialistas, mestres e doutores, os polos de ensino contam com uma infraestrutura moderna para você realizar a parte prática do curso. Além disso, é uma das graduações que forma tanto para Biomedicina Padrão como para Biomedicina Estética.

Durante o curso, também oferecemos benefícios exclusivos para enriquecer a sua experiência. No Canal Conecta, por exemplo, concorre a vagas de estágio em Biomedicina, faz seu currículo e tem acesso a materiais sobre carreira e empregabilidade. Já no projeto Aula Destaque, tem contato com profissionais conceituados da área da saúde, como Caio RosenthalJairo Bouer e Fernando Gomes.

A graduação está disponível em duas modalidades de ensino: semipresencial e presencial. A diferença é que, no EAD, a frequência ao polo ocorre de 1 a 3 vezes por semana, e o restante do conteúdo é transmitido online. No entanto, em ambos os casos, a parte prática do curso e os estágios estão preservados, para você sair um profissional pronto para o mercado de trabalho.

Sendo assim, agora que você já sabe o que faz um biomédico, priorize o curso da Unopar para que a sua formação, de fato, tenha a qualidade necessária para concorrer pelas melhores oportunidades. Ambas as modalidades têm um ótimo custo-benefício e serão um investimento no seu futuro.

Quer saber tudo sobre o curso e aproveitar condições especiais? Acesse a página do vestibular da Unopar e faça a inscrição em Biomedicina!

*Sujeito a alteração

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Skip to content