Tudo sobre o curso de Pedagogia

moça pedagoga

Aprender para ensinar: esse é um dos lemas para a formação do pedagogo, profissional indispensável para a formação de bases sólidas na sociedade. Por isso, uma boa faculdade de Licenciatura em Pedagogia é fundamental para que cada vez mais profissionais qualificados nessa área adentrem o mercado de trabalho.

Você está pensando em se tornar um pedagogo? Então, a Unopar é a melhor escolha para você. Nós preparamos este post para falar exclusivamente sobre essa carreira e todas as possibilidades que ela traz para nossos alunos. 

Tudo pronto? Então, continue conosco e descubra as principais características da Pedagogia, seu contexto social, as possíveis áreas de atuação de um pedagogo — que vão muito além da sala de aula — e as particularidades e as vantagens do curso de Pedagogia na Unopar (incluindo o semipresencial)! Vamos lá?

Como é a graduação

Aqui, a nossa conversa é sobre um dos cursos mais bacanas das Ciências Humanas: a Pedagogia. Com essa faculdade, o aluno se prepara para o ofício de ensinar, ou seja, de repassar os seus conhecimentos para outras pessoas e ajudar, enfim, na construção de uma nova geração.

Isso é incrível, não é mesmo? No entanto, também é algo que demanda bastante responsabilidade. Formar cidadãos é algo que exige muito estudo, dedicação e vontade de permanecer em evolução.

Em outras palavras, o curso de Pedagogia é uma maneira de continuar sempre estudando, se atualizando e se qualificando. Professores são, em sua essência, eternos estudantes. Eles precisam fazer com que seus alunos desenvolvam o mesmo interesse pelo aprendizado contínuo.

A seguir, vamos falar com mais detalhes sobre o panorama da Pedagogia no Brasil e os desafios que esses profissionais podem esperar para os próximos anos. Assim, você já fica por dentro do que está por vir na sua carreira!

Panorama da área de Pedagogia

O Brasil é um país de proporções continentais e com uma população muito grande: cerca de 208 milhões de pessoas em 2018. Isso faz com que a nossa nação seja uma das mais populosas de todo o mundo e, por isso, uma das que mais precisa de investimentos no setor educacional.

Dito isso, vamos aos números. De acordo com a Pirâmide Etária, projeto desenvolvido pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), cerca de 25% da população brasileira engloba pessoas que se encontram na faixa etária entre 0 e 17 anos, ou seja, em idade escolar.

Sendo assim, pelo menos 52 milhões de pessoas deveriam estar na escola no território brasileiro. Infelizmente, essa não é a realidade para todos no momento. Ainda assim, o número de estudantes ativos no Brasil é muito grande e há uma imensa necessidade de professores qualificados para atender a toda essa demanda — em especial nas regiões mais remotas e carentes do país.

Os desafios da Pedagogia no futuro

No Brasil, a educação sempre foi um desafio. Desde o início da colonização e do processo de desenvolvimento da nossa nação, o ensino era algo destinado a poucos. Assim, surgiram diversas desigualdades, que foram fomentadas ao longo dos séculos por práticas discriminatórias e segregadoras.

Mas recentemente as coisas começaram a mudar. Pouco a pouco é possível notar o avanço, e pessoas de etnias e classes sociais diferentes começam a recuperar o espaço que lhes é de direito na educação brasileira. Esse aumento do número de vagas, tanto nas escolas quanto no ensino superior, faz com que o mercado para a carreira em Pedagogia esteja cada vez mais valorizado.

A ideia, no entanto, é lutar sempre por remunerações melhores — especialmente no setor público —, por mais valorização e por melhores oportunidades de trabalho. É preciso fortalecer o vínculo com os estudantes e possibilitar a inserção de metodologias mais inclusivas de ensino. 

Mas isso só será possível com uma nova geração de profissionais com boa formação pedagógica, engajados e capacitados. Se isso te inspira, provavelmente a carreira combina com o seu perfil!

Além disso, lidar com a tecnologia de forma saudável também é um desafio para os próximos anos. A inclusão de metodologias ativas de ensino, por exemplo, é uma realidade que já vem sendo testada em várias regiões brasileiras. Sendo assim, o profissional do mercado de trabalho no futuro precisará ser flexível, além de lidar com essas diferenças de maneira eficiente em sala de aula.

A Licenciatura em Pedagogia na Unopar

O curso de Licenciatura em Pedagogia oferecido pela faculdade Unopar é uma excelente oportunidade para a formação de profissionais qualificados e realmente prontos para enfrentar o dia a dia de suas carreiras — independentemente de como elas sejam. Temos três modalidades: presencial, semipresencial e 100% online — que acompanham a tendência tecnológica e o crescimento do modelo de ensino a distância no Brasil.

Aqui, um dos principais objetivos é preparar os alunos para a compreensão total das práticas pedagógicas da BNCC (Base Nacional Comum Curricular). Você já ouviu falar nesse documento? Ele é utilizado para regulamentar o conteúdo visto no ensino de todo o Brasil. 

Ou seja, trata-se de uma padronização nacional, para que todas as instituições educacionais sigam os mesmos parâmetros na hora de lecionar aos jovens brasileiros. A graduação presencial é o primeiro curso de Pedagogia, no Brasil, com a preocupação de adequar os futuros pedagogos às normas nacionais de educação, desde a sua formação.

Outra vantagem desse curso está na possibilidade de ter aulas com docentes mestres e doutores em suas áreas de experiência. E, claro, tutoria especializada com pessoas que também são altamente qualificadas em seus respectivos campos de atuação. Tudo isso aliado a uma metodologia de qualidade e toda a infraestrutura tecnológica necessária para o aprendizado.

Por fim, não podemos deixar de mencionar o fato de que, na Unopar, a carga horária de atividades práticas presenciais (nas modalidades a distância e semipresencial) é exatamente a mesma daquela do curso exclusivamente ministrado de forma presencial. As atividades acontecem em encontros presenciais cerca de três vezes na semana. Entre elas, podemos citar laboratórios e pesquisas de campo.

As vantagens da Pedagogia EAD

Fazer um curso na modalidade de ensino a distância ou semipresencial é uma incrível oportunidade para qualquer pessoa que deseje alavancar a sua carreira e obter o sucesso sonhado e planejado por tanto tempo. Esse é, afinal de contas, um modelo de ensino em alta no mercado atualmente.

Além de o EAD proporcionar o desenvolvimento de habilidades valorizadas pelo mercado de trabalho — como autonomia e organização — a modalidade traz outras vantagens. Há menos gastos com transporte, alimentação e, até mesmo, com o valor das mensalidades do curso.

Além disso, um curso de Pedagogia a distância oferece a possibilidade de você ter mais controle sobre a própria vida. Conciliar os estudos com o trabalho ou a família, por exemplo, é algo muito difícil de fazer em uma faculdade presencial. Sendo assim, se você não tem tanta disponibilidade de tempo mas tem muita sede e vontade de aprender, essa é uma ótima oportunidade!

Como funciona o curso de Pedagogia a distância

O curso semipresencial oferecido pela Unopar funciona com a união de duas metodologias muito eficientes: o ensino da Pedagogia a distância e o presencial. Dessa forma, o aluno pode desenvolver habilidades únicas, peculiares ao equilíbrio entre presencial e online.

Já o curso a distância é composto por disciplinas que podem ser feitas com o uso da tecnologia e no conforto de sua casa. Você tem uma rotina mais conturbada e precisa balancear os estudos com outras esferas de sua vida? Então essa modalidade é a mais indicada para você.

A premissa dessas modalidades de ensino é o equilíbrio. Aqui, o estudante conduz os próprios estudos em casa e aprende a se conhecer melhor. Mas vale a pena ressaltar que você não estará sozinho. Pode contar com a ajuda de seus professores e tutores sempre que for necessário, além de ter todo o suporte de materiais didáticos de qualidade.

Mas isso não é tudo! Na modalidade semipresencial, você também participa de encontros presenciais que possibilitam a interação com colegas e a prática da Pedagogia. Estágios e atividades variadas também fazem parte da rotina, promovendo uma experiência acadêmica única e personalizada. Você compreenderá melhor essas divisões um pouco à frente em nossa conversa.

Pedagogia é para você?

Está gostando do nosso guia? Então, é muito provável que você esteja se cativando pela área da Pedagogia. Mas será que essa é a profissão mais indicada para o seu perfil? 

Para ajudar você a chegar em uma resposta definitiva sobre isso, precisamos conversar sobre mais alguns pontos importantes. Apenas assim a escolha por essa profissão será consciente.

Afinal, para quem o curso se destina? Quem deveria investir em uma graduação semipresencial em Pedagogia? Confira a seguir algumas dicas que podem mostrar se você está no caminho certo em sua busca profissional!

Estudantes que querem lecionar

Você tem vontade de lecionar? Esse é, sem dúvidas, a força motriz da Pedagogia e é uma das áreas à qual mais profissionais se dedicam depois de terminar a graduação.

No âmbito da educação básica, há vários caminhos que podem ser seguidos e, dentro da Pedagogia, isso não é diferente. A seguir, confira algumas das possibilidades!

Simpatizantes da Gestão Educacional

A área de Gestão Educacional também é muito atraente para muitos pedagogos. Aqui, eles se tornam, por exemplo, diretores de escola. Esses são profissionais que têm um forte espírito de liderança e gostam de lidar com questões organizacionais e um pouco mais burocráticas, em vez de se encontrarem na linha de frente da educação.

Esse é o seu perfil profissional? Mas, ainda assim, a ideia de participar ativamente da educação básica no Brasil te atrai? Não se preocupe: há muito espaço para você no vasto universo da Pedagogia.

Pessoas que querem desenvolver novos cidadãos desde a infância

Seja por meio da educação direta em sala de aula ou com o uso de outras ferramentas e funções (falaremos sobre isso em breve), uma coisa é fato: o pedagogo precisa sentir, dentro de si, essa necessidade de mudança executada na sociedade por meio da educação. Se esse é o seu caso, já tem meio caminho andado.

Formar o caráter de novos cidadãos logo na primeira infância é, sem dúvidas, uma forma incrível de fazer uma revolução. Sendo assim, todo pedagogo tem, em si, um pouquinho de guerreiro revolucionário. Essa força é fundamental para que a carreira desse profissional seja bem-sucedida.

Perfil do pedagogo de sucesso

Agora que você já sabe a quem esse curso destina, que tal abordarmos algumas das características, habilidades e competências que fazem esse profissional ser melhor no que faz? Confira as principais a seguir:

  • vontade constante de aprender;
  • capacidade de solucionar problemas;
  • criatividade e imaginação;
  • espírito de liderança;
  • responsabilidade;
  • capacidade de ser estrategista;
  • empatia;
  • curiosidade;
  • autoconfiança;
  • inteligência emocional;
  • boa capacidade de comunicação e oratória;
  • boa habilidade de observação;
  • ausência de preconceitos;
  • mente aberta;
  • tolerância;
  • apreço pelas novidades e pelas inovações;
  • adaptabilidade e flexibilidade.

Se identificou? Ótimo! Ficou na dúvida sobre algumas? Não tem problema! É possível desenvolver essas habilidades ao longo da graduação com a ajuda dos professores. Cada uma delas é um incrível diferencial competitivo capaz de colocar você na frente de outros candidatos na busca pelas melhores vagas de emprego. Entrar na graduação já sabendo o que deve ser trabalhado é uma vantagem que poucos têm. Por isso, aproveite as informações e mãos à obra!

O mercado atual da Pedagogia

Agora, precisamos falar sobre as principais áreas de atuação desse profissional. Um pouco mais acima no guia, mencionamos algumas das possíveis indicações dessa profissão. No entanto, agora é a hora de sermos ainda mais detalhistas com esse assunto.

Nas próximas linhas, você vai descobrir quais são as possíveis funções e atribuições de alguém que investe na carreira de pedagogo. Além de te inspirar e mostrar um pouco sobre o dia a dia desse profissional, isso também vai servir para que você descubra toda a amplitude dessa profissão que vai, sem dúvidas, muito além das salas de aula. Confira!

Sala de aula

Novamente, não podemos deixar a sala de aula de fora de nossa lista de possíveis atribuições de um pedagogo. Essa é uma das áreas mais escolhidas por esses profissionais — e é uma das razões pelas quais eles se interessam pela área.

O pedagogo pode atuar como professor para diversas faixas etárias, nos âmbitos privados e públicos (conquistando uma vaga a partir de concursos). O salário médio para esse profissional é de R$ 3.176,54, mas esse valor pode variar muito dependendo da área de trabalho, da instituição a que está vinculado e da região em que mora.

Coordenação pedagógica

Você ainda se lembra de seu tempo de escola? Então, é bem provável que também se recorde da figura dos coordenadores pedagógicos. Esses profissionais atuam diretamente com os alunos, agindo como mentores, inspetores, professores e, claro, gestores de todo o ambiente educacional.

Verdadeiros soldados da educação, os coordenadores pedagógicos recebem em média R$ 3.171,35 por 38 horas semanais nessa função. Mas com as oscilações e mais experiência no mercado, o salário desse profissional pode chegar aos R$ 8.410,64. Tudo depende também de outros fatores, como a região do país e a escola empregadora.

Diretoria de escolas

Ainda falando sobre as escolas, não podemos deixar de dedicar um tempo para falar sobre os diretores escolares, certo? Eles são os profissionais que supervisionam os demais, delegam tarefas e têm, sem dúvida, a maior parte da responsabilidade burocrática da instituição.

É difícil estabelecer uma média para o cargo, mas normalmente a faixa salarial desse profissional gira em torno dos R$ 4.070,03. O teto salarial para a carreira chega aos R$ 10.026,26 em muitas regiões do Brasil. Esses valores se referem aos profissionais que atuam na esfera pública da educação.

Políticas públicas

Outro papel possível para o pedagogo na sociedade é o de criação de políticas públicas. Aqui, o profissional pode atuar de um modo particular na educação da população infantil e adolescente do país. Essa é outra ótima maneira de realizar pouco a pouco uma revolução nesse setor.

Esse profissional atua em conjunto com pessoas de outras áreas, e sua faixa salarial é de cerca de R$ 2.512,59. O teto salarial pode beirar os R$ 6.233,11, mas é possível superar bastante esse valor caso o pedagogo seja concursado ou tenha um cargo em uma empresa renomada ligada à educação. Mais uma vez, tudo depende de uma série de fatores.

Pedagogia Hospitalar

Você já ouviu falar sobre a Pedagogia Hospitalar? Infelizmente, é provável que não. Essa é uma área carente de divulgação e, claro, de profissionais capacitados para lidar com os desafios do cotidiano dessa carreira. Aqui, o pedagogo cuida da educação de crianças que, por razões de saúde, não podem frequentar a escola regular.

Por ser uma área relativamente nova, ainda é difícil mensurar a faixa salarial desse profissional. Mas uma coisa é certa: com as tendências de humanização e inclusão social na educação, é muito provável que esse seja um campo de destaque nos próximos anos. Vale a pena ficar de olho!

Desenvolvimento de metodologias de ensino

Fugindo ainda mais dos cuidados diretos com a educação (ou seja, aqueles que lidam diretamente com estudantes), vamos falar agora sobre o profissional que atua no desenvolvimento de metodologias de ensino eficazes.

Não há nome para essa profissão, já que essa atribuição faz parte de várias outras atividades do pedagogo no geral. Mas é importante ressaltar que o profissional pode atuar no desenvolvimento direto de métodos para tornar a educação mais inclusiva, prática e atraente para os estudantes brasileiros.

Editoras

Outra possibilidade de carreira para o pedagogo que também não é muito conhecida é a do trabalho em editoras. É isso mesmo! Os livros didáticos, as revistas e outros tipos de materiais impressos para crianças e adolescentes passam pela revisão de pedagogos, que também podem participar de sua criação.

Também não há uma faixa salarial específica para esse profissional. Mas podemos pensar neles como editores de livros, que têm uma média de remuneração de cerca de R$ 5.234,10. O teto do salário, por sua vez, pode chegar a incríveis R$ 13.403,62. Sendo assim, essa é uma carreira bastante promissora para os profissionais da Pedagogia.

Educação Continuada

Você já ouviu falar em Educação Continuada? O conceito é relativamente recente, mas tem mostrado ser um grande sucesso em muitas áreas. Em palavras simples, ele diz respeito ao ato de continuar aprendendo mesmo após, teoricamente, ter “completado os estudos”. Esse termo é comumente aplicado a empresas, mas pode ser utilizado em qualquer contexto.

Aqui, o papel do pedagogo é criar metodologias e auxiliar seus estudantes com a Educação Continuada. Nesse processo, também são trabalhadas habilidades fundamentais, como a inteligência emocional — que não pode ser deixada de fora em qualquer contexto educacional, seja de crianças, jovens ou adultos.

Educação autônoma

O pedagogo ainda tem a possibilidade de atuar sozinho, fornecendo aulas de maneira autônoma. Elas podem ser tanto presenciais, com o deslocamento de uma das partes (ou de ambas) ou online, com o uso da tecnologia a favor de todos os envolvidos.

Aqui, a remuneração depende de uma série de fatores, como o valor da hora cobrada pelo professor, a quantidade de aulas dadas por semana e muito mais. Normalmente, essa é uma opção interessante para complementar a renda do pedagogo, mas também pode ser uma escolha de carreira se você tiver espírito empreendedor.

Pesquisa

Para fechar a nossa conversa, que tal discutirmos uma possibilidade de carreira que raramente é associada com qualquer profissão da área das Ciências Humanas? A pesquisa também é uma parte fundamental de todo esse processo! O pedagogo vai trabalhar em conjunto com outros profissionais, como os sociólogos, para entender o contexto social de seus alunos.

Esse profissional é indispensável não só para a descoberta de padrões e informações que podem ser cruciais para outros pedagogos (como os encarregados de criar metodologias de ensino), mas também para melhorar o cenário geral da educação no Brasil. Afinal, para uma revolução ser feita, precisamos atuar em várias frentes!

Gostou de conhecer mais sobre o curso de Pedagogia? Tem interesse por essa carreira? Então, não perca tempo: comece a se preparar o quanto antes, faça a sua inscrição para o vestibular Unopar e inicie essa nova e empolgante fase em sua vida. Certamente, essa graduação vai render ótimos frutos para você!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.3 / 5. Número de votos: 17

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.